LFBR

[Evento]Ilha das bolhas

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

13/8/2020, 16:41
Relembrando a primeira mensagem :

Um relâmpago cortava os céus e adentrava pelas bolhas até chegar nas bolhas de cor azuladas diferentes das rosadas do resto da ilha. Um clarão, um estrondo e Sarah Lazo estava no chão no local onde o raio acertou, tudo que ela sabia é que estava vivendo sua vida normalmente quando sentiu como se um gancho a tivesse puxado, no minuto seguinte ela estava ali.

Sarah sentia vontade de tossir, mas a cada tossida bolhas saiam de sua boca, algo que parecia existir aos montes ali, seja lá onde diabos ela estava, aparentemente ela estava numa bolha azul grande, com várias bolhas azuis menores ao redor, podia se ver que o chão embaixo de seus pés era grama, mas a bolha azulada e semi transparente era resistente e firme como uma borracha, impedindo assim o toque, não havia muito o que ver ainda, ela estava sozinha ali, mas algo podia lhe chamar a atenção, onde as bolhas menores se tocavam, a divisória entre elas tinha o formato de uma mão desenhado que brilhava em um azul fluorescente, inclusive uma das bolhas tinha uma marca dessas no ponto que tocava a bolha maior, ao alcance de Sarah poder tocar a marca se quisesse ir ali. Mas a calmaria era interrompida por outro relâmpago, este adentrava a exata bolha com a marca de mão tocável por Sarah, onde o raio tocava o chão, um homem de cabelos brancos aparecia.

Thomas Torres estava no chão naquele lugar estranho e desconhecido, ele se sentia engasgado e tossia bolhas rosadas, assim como Sarah ele apenas lembrava de estar cuidando da sua própria vida, quando sentiu um puxão no umbigo e apareceu aqui, ao olhar ao redor ele poderia ver a estranha bolha azul que estava, uma bolha de uns três metros de raio com toque parecido com borracha, bolhas de tamanho igual estavam acopladas a ela pela esquerda e direita, nas quais ele podia ver desenhos de mãos brilhantes, um desenho em cada bolha, inclusive na direção a sua frente para uma bolha central de cerca de 7m de raio, outro desenho de mão estava na película entre as duas bolhas, assim como ao olhar bem, poderia ver através da bolha semi-transparente que uma bela mulher estava ali parada olhando para ele.

Um zumbido alto era ouvido, outro raio caia, desta vez na bolha a esquerda de thomas, um rapaz de moicano aparecia lá tossindo bolhas azuis. Era matsuda Ryuga, mesma história de como chegou aqui que os outros, mesma bolha que o Thomas, única diferença é que não havia marca de mão entre a bolha dele e a central.

-OOOOOOOOOLÁAAAA JOGADOREEESSS… Bem vindos a my little fiesta…


Flutuando acima dos dois, aparecia um holograma que se assemelhava ao rosto de um homem gorducho e careca.

-Pois bem senhoras e senhores… Eu sou o boss dessa ilha de joguinhos e os atrai até aqui para nossa diversão… Só que não… Na real eu queria me divertir, estava entediadinho ohhh… Azar de vocês Hahaha, enfim, vou trazer mais uns trouxas pra cá e já libero vocês na minha ilha, enquanto isso podem ir apreciando suas gaiolas… Pode ter algum segredo escondidinho ai… Ou talvez não… HAHAHA… De qualquer forma, meu nome é Deep, o narrador, volto mais tarde pra falar com vocês… PUFT

Com essa última fala a imagem da cabeça sumia, tão rapidamente quanto apareceu, deixando os dois livres para entender o que ocorria e explorar o local.
Deep
Deep
Créditos : 0
G$ 5,300

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Narrador


Tudo estava acontecendo muito rápido e eu n estava entendo direito como exatamente, pq quando pisei na marca, n senti nada mas vi os outros ao meu redor com expressões estranhas, como se estivessem ficando mais fortes, pensei comigo mesmo -Por que eu n senti nada?. até q aquele careca apareceu e explicou, isso me deixava aliviado, afinal não estava sendo injustiçado

De repente eu estava em outra bolha e pensei -.DENOVO NÃAAAO, mas aparentemente eu sairia rápido dali, escolhi a letra E que estava diante de minhas opções

Mesmo com minha velocidade n entendi como sequer eu cheguei tão rápido até lá foi como um daqueles teletransportes  de si-fi, quando sai de minha bolha olhei ao meu redor para entender aonde eu estava e comecei a tentar sentir alguma presença forte ao meu redor
Thomas Torres
Thomas Torres
Créditos : 0
G$ 1,000
Localização : São Paulo
Humor : Feliz (é isso?)

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Rank C

Ryuga observou todos os outros participantes o suposto evento a qual ele foi arrastado para participar, ele viu cada um deles pegando diferentes tipos de armas, de cajados a espadas indo de facas ate metralhadoras. -Porque eu quer fui o único que ganho um anel?.. Será que o boss quer algo comigo?! Ele se perguntou em seus pensamentos enquanto olhava para o anel em seu dedo, ele balançou a cabeça para os lados fugindo de tais pensamentos e voltou a olhara para limbo, que estava dessa vez voando ali pela bolha, apreciando o vento ali de dentro.

-Limbo não vá para tão longe assim, não sabemos se ninguém aqui é amigo ou inimigo, alem do mais vai que cai outro raio em ti porque você está alto?! Disse Ryuga na língua humana, procurando fazer sua invocação escutar suas palavras e consequentemente todos ali poderiam escutar isso.

Limbo apenas olhou para Ryuga e logo voltou a descer altitude e ficar ao seu lado, ele segurava suas mãos atras enquanto se curvava olhando curiosamente para a mão que Ryuga colocou o anel, talvez Limbo estivesse interessado no objeto ou era só porque ele sentia algo de la? Ryuga ate cogitou essas hipóteses mas decidiu não falar nada, apos isso ele caminhou ate a marca de pés com sua summon ao seu lado, de repente cada um foi envolvido em uma bolha própria outra vez e lançados para cima.

-Mas oqu-! Disse Ryuga olhando para a bolha que estava meio apertada com sua summon atras dele porem ele decidiu desfazer sua summon naquela hora com um estalo, e então ela se desfez em ar, desta vez a bolha era mais rígida e grossa que as anteriores, e em vez de mãos ele via algo que remetia a rosa dos ventos.

-Norte, Sul, Leste e Oeste. Disse Ryuga enquanto olhava para aquilo, ele olhou para os lados e viu que cada um dos participantes escolheu suas opções, elas provavelmente diferentes umas das outras, então Ryuga olhou para as opções mais um vez e escolheu N, Norte. -Talvez seja para o polo norte? Talvez eu encontre o papai noel? Ele falou em seus pensamentos se seria uma ótima ideia, afinal ele queria saber o porque o papai noel nunca mais deu presentes para ele depois que seus pais sumiram.

Apos escolher o simbolo Ryuga viu o mesmo brilhar e emanar uma energia que contornava a bolha, essa agora se moveu tão rápido que Ryuga perdeu noção de direção e espaço pro um momento, a pressão da velocidade era tanto que tudo do lado de fora da bolha agora eram só cores borradas, e então ele agora se via em outro lugar, saindo de sua bolha sozinho e olhando para os lados procurando analisar o local onde estava e se por alguma sorte teria vida inteligente ou inimigos por perto, ele olharia para cima, para baixo, para os lados e então invocaria sua summon Limbo mais uma vez, a fazendo aparecer ao seu lado rapidamente através de uma fenda de vento.

-Vai pra cima um pouco e tenta avistar qualquer animal ou coisas que se mecham, porem não se mova para perto, desça ate mim e me aponte os lugares assim que achar. Diria Ryuga para sua summon na língua rúnica, a unica língua que talvez Limbo conseguisse entender melhor que humana.
Kouya
Kouya
Créditos : 2
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Game Master


_________________


--Meus Personagens--

[Evento]Ilha das bolhas - Página 3 MLOzDcw[Evento]Ilha das bolhas - Página 3 YTWtgpD[Evento]Ilha das bolhas - Página 3 Giphy

Sarah perante a escolha dos botões, apertava o botão para o oeste, este ficava vermelho e a bolha mudava de direção voando para oeste em alta velocidade.

Thomas então apertou o botão de leste em sua bolha e este ficou vermelho ao mesmo tempo que uma risada como a de um boneco começou a soar, então o conjunto de botões se moveu uma vez no sentido horário, jogando o botão do norte no lugar do botão vermelho, em seguida sua bolha acelerou rumo ao norte.

Matsuda por sua vez apertava o botão norte, este ficava vermelho, mas em seguida uma risada aparecia ecoando na bolha, e girava os botões duas vezes no sentido horário, trocando suas posições e deixando o botão sul no lugar onde Matsuda apertou, nesse momento sua bolha acelerou pro sul.

Naga por sua vez apertava o norte, a risada vinha para ele também, os botões giravam quatro vezes e voltavam ao lugar inicial antes de o mandar ao norte.

Akira também apertava o norte, a risada girava os botões cinco vezes fazendo com que o botão oeste aparece apertado fazendo o homem ser levado pela bolha em tal direção.

A garota Miao parecia meio surpreendida com a velocidade da bolha e não conseguia apertar os botões, estes giravam loucamente até que paravam e brilhava o botão oeste, fazendo a bolha voar nessa direção.


Norte- Esquife de ossos( Thomas e Naga)

As bolhas de Thomas e Naga se aceleravam até se chocar com uma bolha rosa enorme no extremo norte da ilha, esta bolha por sua vez lhes dava passagem de forma que suas bolhas de viagem os aterrissaram de forma segura no que parecia ser um cemitério de terra muito escura, um mar de lápides se estendia ao redor dos dois, eles pareciam estar no centro da bolha e ela parecia ser inteira recheada de lápides, haviam no mínimo umas dez mil, mas pelo menos ao longe eles podiam ver o rosa da bolha, então o fim dela era pelo menos visível.

-Olá senhores, eu sou o seu mini-deep pessoal…

Miniaturas do rosto flutuante apareciam falando em seus ombros esquerdos.

-Perceberão que em seus bolsos se encontraram uma moeda de ouro e três de prata cada um, moedas de ouro permitem a quem gastar ela, ser teleportado para a última bolha rosa de local que esteve, as de prata podem ser dadas a mim para se ter direito a uma pergunta sobre a bolha que se está. Adicionalmente os diremos os desafios para cruzarem as bolhas em cada direção. Nesta bolha aqui, para ir pro sul e oeste, vocês podem apenas tocar as mãos na marca de mãos, para o leste no entanto a bolha só se abre para passar pessoas em duplas.

Oeste- A ponte(Sarah, Akira e Jin)

As bolhas dos três viajavam e se chocavam com a bolha rosa no extremo oeste da ilha, a bolha adentrava tranquilamente e os soltava sem problema numa plataforma de cinco metros de raio no centro da bolha, da plataforma brotavam três passarelas, todas as passarelas e a plataforma eram feitas de ouro e estavam acima de um mar calmo de cor escura. As passarelas levavam para os extremos  norte, leste e sul da bolha e deviam ter uns dois quilômetros de extensão cada, enquanto sua grossura não passava de um metro e meio no máximo.

-Olá senhores, eu sou o seu mini-deep pessoal…

Miniaturas do rosto flutuante apareciam falando em seus ombros esquerdos.

-Perceberão que em seus bolsos se encontraram uma moeda de ouro e três de prata cada um, moedas de ouro permitem a quem gastar ela, ser teleportado para a última bolha rosa de local que esteve, as de prata podem ser dadas a mim para se ter direito a uma pergunta sobre a bolha que se está. Adicionalmente os diremos os desafios para cruzarem as bolhas em cada direção. Nesta bolha aqui, para ir pro norte precisarão que um rosa toque a bolha, para o leste  vocês podem apenas tocar as mãos na marca de mãos, no entanto a bolha do sul… Bem… Vocês podem só tocar, mas será que terão coragem?

Se eles olhassem para o sul, veriam o brilho longínquo do que devia ser a marca de mão e acima dele, um enorme letreiro de fogo, feito para ser visto de longe, este exibia as letras A D M.


Sul- Hipotermia do náufrago (Matsuda)

A bolha do Homem de moicano atravessava a bolha do extremo sul e o depositava sobre uma vasta crosta de gelo semi-transparente, aparentemente todo o chão da bolha era recoberto dessa camada, apesar que se olhasse bem, veria que ele estava acima de um bloco de gelo mais escuro e não transparente bem no centro da bolha.

-Olá senhores, eu sou o seu mini-deep pessoal…

Miniaturas do rosto flutuante apareciam falando em seus ombros esquerdos.

-Perceberão que em seus bolsos se encontraram uma moeda de ouro e três de prata cada um, moedas de ouro permitem a quem gastar ela, ser teleportado para a última bolha rosa de local que esteve, as de prata podem ser dadas a mim para se ter direito a uma pergunta sobre a bolha que se está. Adicionalmente os diremos os desafios para cruzarem as bolhas em cada direção. Nesta bolha aqui, para ir pro norte, oeste e leste basta tocar nas bolhas, mas será que vai encarar o leste?

Se ele olhasse para o leste, veria o brilho longínquo do que devia ser a marca de mão e acima dele, um enorme letreiro de fogo, feito para ser visto de longe,  este exibia as letras A D M.
Deep
Deep
Créditos : 0
G$ 5,300

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Narrador

A primeira coisa q eu fiz foi olhar em meu redor, vendo como era o local, vemdo se existia algum monstro próximo, e ativando meu sensor de poder para ver se existia algo ou alguém poderoso próximo a mim.

Automaticamente após ouvir aquela peste em meu ombro eu fiquei assustado, mas depois de ouvi-lo consegui entender melhor a situação, olhei para o homem ao meu lado e disse:

-Bom, imagino que cada um de nós deva seguir seu caminho agora não é mesmo, até uma outra hora, mas se vc quiser me seguir sinta-se livre

Me viraria e seguiria até o Oeste, pegaria uma moeda de prata e diria para o meu assistente pessoal:


[Evento]Ilha das bolhas - Página 3 Tumblr_np6oolnI2c1td4t64o1_500

-Me diga, Mini-Deep seguindo até o Oeste irei me deparar com desafios, alguns dos quais são extremamente difíceis, tenho absoluta certeza disso, então , me responda com objetividade e clareza sem fazer enigmas, aonde em que exato local acho um tesouro nesta bolha? Não grite

Ao dizer isso em um tom de voz baixo, de modo que apenas eu e meu assistente escutasse, poderia realizar duas ações, uma delas, continuar seguindo meu caminho ao Oeste desde que o tesouro estivesse lá, já a outra ir até o local dito pelo Mini-Deep

Estaria sempre com grande atenção a quaisquer tipos de ameaças, sendo elas vindo de algum ataque surpresa ou até mesmo de frente, principalmente se fosse algum ataque vindo do meu novo connecido
Thomas Torres
Thomas Torres
Créditos : 0
G$ 1,000
Localização : São Paulo
Humor : Feliz (é isso?)

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Rank C

Assim que Ryuga chegou ao local seus olhos escanearam procurando encontrar qualquer tipo de referencia visual que se assemelhasse a criaturas de Dungeon com a ajuda de seus conhecimentos em monstrologia, ele não procuraria apenas ver que tipo de criaturas teria ali, mas também entender suas características e ate tentar ler o quão fortes elas eram, afinal agora que ele tinha ganhado um upgrade sua aura estava mais forte e mais sensível ao seus arredores.

Apos conseguir ou não informações ele iria invocar sua Summon Limbo rapidamente ao seu lado esquerdo com um pequeno e sutil movimento das mãos, e então ele iria se apoiar nela, colocando seu braço esquerdo atras das costas da criatura enquanto instintivamente a criatura seguraria Ryuga com sua mão direita na cintura dele do lado direito mantendo os dois firmes e juntos, ele olharia para cima vendo a distancia do solo com o teto da bolha.

-Vamos voar um pouco, vamos subir ate um ponto bem alto. Disse Ryuga para sua invocação, uma aura fina e azulada iria cobrir as silhuetas dos dois indivíduos e logo eles iriam voando para cima, ganhando distancia do solo ate ter a visão completa da região, procurando achar qualquer coisa alem de gelo e neve, Ryuga iria tentar por determinar pontos de interesse da região assim como pontos de perigo caso avistasse algo estranho.

Enquanto subiam para o céu Limbo procuraria tomar cuidado com ataques iminentes caso algum chegasse a acontecer, ataques onde projeteis fossem lançados contra dos dois. Eles ficariam ali em cima ate Ryuga achar algo que possa chamar sua atenção, ele olharia para todos os lados do solo e também para cima onde provavelmente agora pudesse ver melhor o letreiro de fogo, ali ele tentaria ler oque estivesse escrito.
Kouya
Kouya
Créditos : 2
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Game Master


_________________


--Meus Personagens--

[Evento]Ilha das bolhas - Página 3 MLOzDcw[Evento]Ilha das bolhas - Página 3 YTWtgpD[Evento]Ilha das bolhas - Página 3 Giphy

Norte- Esquife de ossos( Thomas )

Após falar com seu companheiro de bolha, Thomas decidia por se separar logo antes de fazer uma pergunta ao mini-deep.

-Eu teleportei chefes de diversas dungeons junto com suas principais salas, obviamente o prêmio está em abatê-los… Talvez existam coisas úteis espalhadas pelas bolhas que foram teleportadas para cá, mas ai não foram colocadas por mim nem são de meu conhecimento…

O som de terra dura rachando, chamava a atenção de Thomas, que olhava a tempo de ver o outro participante ser puxado para dentro de uma sepultura através de um buraco recém aberto por um braço ossudo, seus gritos saíam de debaixo da terra, meio abafados e tenebrosos, até cessarem num silêncio mortal.

Tal silêncio se prolongou alguns segundos, então se ouviu mais uma mão ossuda brotar do chão, depois outra, mais uma, mais outra, o som aos poucos se tornou constante e foi acompanhado do grunhido e rastejar para fora da tumba daquelas criaturas, era o som de dez mil esqueletos saindo da tumba, era a marcha de um exército profano se levantando, era o som da morte. Thomas ainda estava praticamente no centro do cemitério, um mar de mortos-vivos separava ele de qualquer saída.

Sul- Hipotermia do náufrago (Matsuda)

Matsuda olhava ao seu redor, mas tudo que via era a vastidão gélida, ele então invocava Limbo e seu anel reagiu de imediato, era como se um relâmpago se enrolasse em seu dedo, não doía, nem o feria, mas a sensação era de puro poder bruto contido naquele anel, ele conseguia sentir que se permitisse sua mente a liberar o mínimo que fosse o controle, o anel liberaria a energia no ambiente na forma de ataque.

O invocador então começava a voar com Limbo, ele subia bons cinquenta metros no ar e então podia ver três seres humanoides vestindo armaduras medievais saírem de dentro do gelo, aparentemente abaixo do gelo que devia ser uma camada até fina, devia ter muita água gélida, esses seres vinham das profundezas dali e deviam ter uns cinco metros de altura cada.

Uma das criaturas usava uma katana, outra um porrete e a última usava uma âncora com corrente, todos os três olhavam pra Matsuda no ar e o acompanhavam com os olhos.

No letreiro, ao reparar melhor, Matsuda continua vendo apenas “ADM” escrito na parede da bolha.

Deep
Deep
Créditos : 0
G$ 5,300

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Narrador


_________________
[Evento]Ilha das bolhas - Página 3 M7ELFaF
Ao olhar aquela cena fiquei aterrorizado, um companheiro acabou de ser morto?! Não tinha tempo de pensar então fiz a única coisa que poderia em um momento de desespero ativei minha habilidade Sangue Fervente

A primeira coisa que eu fiz foi ir para cima do exército me defendendo de quaisquer ataques corporais, sejam eles feitos por espadas, lanças, clavas, manguais e etc. ataques que fossem vindos de projéteis, como arcos e bestas seriam defendidos pela minha espada, espada essa que seria usada para atacar monstro por monstro, de cima pra baixo, faria um ataque giratório com a minha espada visando destruir o maior número possível de monstros

Me defendendo de possíveis ataques vindos de quaisquer lados, um ataque que eu usaria seria o de dar um pulo enorme e descer com minha espada visando fazer uma onda de choque para derrubar e matar uma grande parte dos monstros próximos, os ataques seriam cortes tentando acertar de 2 a 3 monstros por ataque, se algum monstro tentasse pular em cima de mim eu pegaria com uma mão e eu usaria ele para atacar outros montros em sentido de relógio.

Caso algum grupo de monstros tentasse fazer um ataque em grupo, eu colocaria minha espada no chão atacaria um deles enquanto me defenderia de outro, pularia e atacaria os dois com dois chutes

[Evento]Ilha das bolhas - Página 3 E34c64c18799d2a314411d3a931fab165fe1b6a0r1-400-225_hq

Pegaria minha espada e continuaria atacando, sem parada e pulando entre os pontos do campo de batalha, cortaria as cabeças deles com minha espada me defendendo de possíveis ataques corporais

Se houvesse algum inimigo oculto eu usaria meus sentidos para tentar encontrá-lo, se eu encontrasse eu faria minha espada de lança e correria até ele, caso ele desviasse eu manteria a frequência de ataques, cortes e tentativas de esmagamento com minha espada seriam os ataques mais comuns

Se houvessem muitos arqueiros, eu iria até eles sempre tomando cuidado com minha proteção, eu mataria os monstros em fila, um por um.

Caso houvessem armas pesadas no exército inimigo, como catapultas, canhões, balestras e etc. eu mataria o condutor da arma e roubaria a arma para mim, tomando sempre um cuidado com minha guarda e quaiquer ataques pesados

Caso eu detectasse algum inimigo mais forte correira até ele pularia e tentaria perfurar sua cabeça, caso algum inimigo tentasse me atacar pelas costas eu daria um chute para minhas costas viraria e daria um corte giratório com a espada, caso algum inimigo que tivesse uma habilidade especial e ele usasse ela perto de mim ou no meu campo de visão, eu iria até ele usando minha agilidade para tentar perfurar seu tronco, e destruiria os seus aliados derrubando um tentando derrubar os outros para matá-los com apenas um golpe

Caso eu não conseguisse me defender de algum ataque,  eu me esquivaria dos ataques deles, se eu continuasse sem conseguir, eu atacaria eles em resposta, um contra-ataque poderia ser a melhor defesa em uma situação como essa, eu repetiria esta ação para quaiquer ataques desferidos contra mim.

Caso existisse algum inimigo no ar, voando ou com um balão ou algo do tipo mesmo que não estivesse usando nenhum auxílio, e eu conseguisse atingí-lo ou até mesmo chegar nele,  eu subiria no balão ou no meio de transporte, e se o inimigo estivesse voando sem auxílio eu me agarraria nele com uma mão enquanto eu mirava minha espada para o chão, independente das situações eu dirigiria o veículo ou o inimigo para o chão, visando atingir o maior número possível de inimigos

Se algum inimigo tentasse me atingir de modo furtivo e eu percebesse eu esquivaria do ataque, seguraria o braço do inimigo com uma mão e jogaria ele nos outros, se eu não tivesse visto ele e ele tivesse me atingido eu receberia o ataque e me viraria até ele, agarraria ele e jogaria nos outros membros
 
Skill:

Nome da Skill: Sangue Fervente
Tipo:Buff(50pp's)
Rank / Valor:C [um rank inferior ao do personagem(15pp's)
Alvo:Pessoal(0pp's)
Distância:N/A
Efeito:Buff em agilidade (100)
Condição:Após ser ativada a skill drena vitalidade do usuário(30% da vida)(-10pp's)
PP's 55pp's
Consumo:220 MP
Descrição:O meu sangue ferve correndo mais rápido em cada extremidade do meu corpo, que dói muito e a água presente em meu organismo começa a evaporar pelos poros de minha pele devido a aceleração em meu organismo, meus olhos ficam completamente brancos apenas com a pupila vermelha, o meu corpo esquenta , minha pele se torna vermelha, minha alma queima e meu coração grita, quando a skill acaba cuspo sangue devido aos leves ferimentos internos e pode ser que escorra sangue do meu nariz mas todo esse sacrifício de acelerar meu organismo serve exatamente para acelerar meus movimentos, no tudo ou nada aonde devido o dreno de vitalidade posso perder o combate e a vida, tudo isso é para defender os meus companheiros!
Thomas Torres
Thomas Torres
Créditos : 0
G$ 1,000
Localização : São Paulo
Humor : Feliz (é isso?)

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Rank C

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ir para o topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos
Layout desenvolvido por Roevs, Remenuf e Mizzu
SOLO LEVELING RPG (2018 - 2020)