LFBR

Quem precisa de mapas?

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

24/7/2020, 01:18
Relembrando a primeira mensagem :





Aventura

Aqui ocorrerá a aventura do Caçador Klaus Ehrenberg, a qual não possui narrador definido.

ADM.Kekzy
ADM.Kekzy
Créditos : 6

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Admin


_________________
Quem precisa de mapas? - Página 2 Chibis-naga-final2-Copia

Trinity

Quem precisa de mapas? - Página 2 Akira_11

"Talento, Honra e Lealdade"


Clima: Agradável
De manhã
Ao entrar a curiosidade atacava Klaus. Ele queria entender tudo ali dentro. Mas primeiro ele precisava responder a simples pergunta do tank do grupo. Sem se importar com o que o Healer iria falar acabou por falar para irem em frente. O suporte parecia dar de ombros concordando. O grupo começava a andar e o alemão curioso como era acabava por passar a mão nos cristais de mana.

Era difícil imaginar o que ele queria sentir ali, mas a textura era a mesma de qualquer cristal, até mesmo a temperatura não parecia muito diferente do que poderia se imaginar de um cristal comum. A única diferença entre aquele que tocava e os cristais que existiam no planeta "normal" seria não só a aura de mana que esse transmitia, como a luz azulada que era proveniente dessa.

Aos poucos começavam a entrar no servidor, que era quando o jovem aproveitava para passar as mãos na parede. Mais uma vez o sentimento comum o atingia. Parecia simplesmente uma parede de pedra, igual qualquer parede que ele poderia ver em qualquer castelo medieval na Europa. Será que estavam mesmo em uma dungeon? Bem, obviamente os cristais de mana e o portal que atravessou denunciavam isso.

O corredor que escolhera não era muito longo e por isso não conseguiu despistar para tocar o chão no tempo de atravessá-lo. Bom, talvez nem fosse necessário, seus pés pisavam naquele chão e sentiam exatamente esse mesmo sentimento de coisa mundana. Era perceptível pelas paredes que se não fossem os cristais de mana nas paredes, que poderia se passar facilmente por uma construção humana, uma ruim pela falta de janelas e até mesmo pelos cômodos meio ilógicos em questão de posicionamento, mas uma construção humana mesmo assim.

Mas o motivo de Klaus ainda não ter checado o chão não era meramente o pequeno corredor, o jovem prestava atenção a sua volta em geral, principalmente na maga. Esta parecia bem tranquila naquele corredor, difícil falar se era por causa do tank estar logo a frente impedindo o único caminho até ela, ou se simplesmente por ela não sentir nenhuma hostilidade a sua volta. Ela conversava algo com o Healer sobre um autógrafo que ele aparentemente havia pedido. Isso, no entanto, parecia durar só por alguns poucos passos no corredor. Pois reparara que o cômodo a frente era muito mais iluminado do que o anterior. Quanto mais se aproximava, percebia que a maga aos poucos parava de falar com o healer e começava a ficar mais atenta aos arredores.

Quando entraram no salão perceberam algumas coisas interessantíssimas. Os cristais de mana eram absurdamente maiores do que os que haviam no outro cômodo. Não só isso, como havia diversos pequenos também espalhados pela sala e em um canto havia tantos que a luz ficava realmente forte naquele ponto. Porém, no meio disso tudo, talvez o que mais chamasse a atenção de Klaus fossem os dois tipos de monstros bem parecidos que haviam naquele salão. Ambos eram meio cilíndricos, um verde e outro rosa, ambos com um chifre em sua possível "cabeça" por assim dizer.

Quem precisa de mapas? - Página 2 HopiQuem precisa de mapas? - Página 2 Cuepi

Eram ao todo mais de doze deles, eles "andavam" em pequenos pulos e estavam indo na direção deles. Mas algo ali parecia simplesmente errado. Não só o tank, como até o reaper olhavam para aqueles monstros meio curiosos. - Isso é novidade. - Falava o tank entrando em posição de batalha, mas aquilo não era necessário. Klaus viu um mero movimento de mão de Ran, ela colocava a mão a frente do peito dela por um instante, como se estivesse se concentrando e esticava sua mão para frente abrindo-a e várias flechas de fogo surgiram magicamente num pequeno espaço na frente das pontas dos dedos dela. As flechas acertaram todos os dez monstrinhos que simplesmente caíram no chão mortos.

- Essa dungeon é rank B mesmo? - Perguntava o reaper meio intrigado e confuso enquanto se aproximava do cadáver do monstrinho e o chutando. - Esse monstro aqui é rank E ou D. - Falava ele começando a ficar nervoso. - Sim... - Concordava a maga. - Isso está estranho.

Quem precisa de mapas? - Página 2 Parte_11

- Tenho certeza que é uma dungeon rank B. - Falou o tank meio irritado com a possibilidade de ter caído em algum tipo de trote. - Não podemos gastar a noss mana com monstros fracos. - Falou ele virando a cabeça e olhando para todos ali. - Vocês rank C irão cuidar destes monstrinhos rosas e verdes. Com certeza existem monstros mais fortes por aqui. - Tirando aqueles dez monstrinhos fofos que foram mortos, acabavam os monstros daquele local, e abriam-se diversas opções de onde poderiam ir daquele ponto em diante. Só aquela sala possuía mais quatro corredores. Três na parede logo a frente e outro indo para a esquerda. - Se eu não estiver enganado, provavelmente ir para a esquerda acabara comunicando com o portal. Vamos nos certificar disso. - Falou ele apontando com seu braço para irem para a esquerda.

O grupo consentia e aos poucos se dirigia para o cômodo a esquerda. Klaus que ainda observava muito a sala notou algo interessante saindo dos diversos cristais pequenos que havia a direita do primeiro corredor que havia passado. Daqueles vários cristais menores saíam diversos insetos e todos iam em direção aos cadáveres dos monstros. Se isso foi notado por algum dos outros, foi ignorado, mas era difícil dizer qual era o caso, pois já estavam se aproximando do corredor da esquerda.

Quem precisa de mapas? - Página 2 Parte_10

Quando chegou no terceiro cômodo repararam que o tank estava certo e este cômodo era ligado ao cômodo que poderiam ter partido anteriormente. Mas Klaus não podia simplesmente apreciar esse tempo, pois nestes novos cômodos havia mais desses fofos monstrinhos. Três verdes e dois rosas. Será que eles eram realmente tão fracos quanto aparentavam? Ou será que Ran era absurdamente forte?


Legenda:
O Insano - Imagem Dele
Muto Fumio- Imagem Dele
Ogata Ran - Imagem Dela
Hirata Ryo - Imagem Dela
Ohta Rinji - Imagem Dele
Ohno Zeshin - Imagem Dele


Civis sem importância

Party:
Tank:
Nome: Muto Fumio
Rank-B
Quem precisa de mapas? - Página 2 12dbd45586bd252289c1258436831af7

Reaper:
Nome: O Insano
Rank-B
Quem precisa de mapas? - Página 2 9192dabf6e599f0f7cf19fb0010e1a02

Maga de Fogo:
Nome: Ogata Ran
Rank-B
Quem precisa de mapas? - Página 2 B1c4560109dbe2845679c71741467609

Fighter:
Nome: Hirata Ryo
Rank-C
Quem precisa de mapas? - Página 2 96dc8fe84590856557981f2497d5ab48

Ranger:
Nome: Ohta Rinji
Rank-C
Quem precisa de mapas? - Página 2 3c8171fc27facaf212b1c9d6fe8fa7fb

Healer:
Nome: Ohno Zeshin
Rank-C
Quem precisa de mapas? - Página 2 554df466a83fe3e6cbe31df82e1456aa


Pepe
Pepe
Créditos : 0
G$ 1,000
Localização : Sapporo - Japão

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________
Quem precisa de mapas? - Página 2 CumUV0n


Quem precisa de mapas? - Página 2 GyTW4grt


Ou algo em meu tato estava errado ou aquele lugar era surpreendentemente comum. Se eu excluísse o fator portal esse poderia muito bem ser qualquer castelo mediano da baixa Europa, dos tipos que foram refeitos de qualquer maneira e sem muito apreço pela história. Até mesmo os cristais, eles tinham um certo brilho e emitiam a mesma aura que os caçadores, mas ainda assim eram um tanto quanto comuns demais. ~ Comuns sim, decepcionantes não. A normalidade em excesso de tudo isso é mais um fator a ser ponderado. É quase como se essa realidade estivesse tentando replicar a nossa. ~

Entretanto o que aconteceu em seguida interrompeu qualquer análise superficial, cristais gigantes pelo novo cômodo e dois monstros, os meus primeiros monstros! Discretamente erguia minha cabeça e de olhos arregalados admirava aquelas criaturas. Elas não pareciam tão ameaçadoras assim e dada a facilidade com que Ran eliminou elas e o clima que tinha ficado era nítido que havia algo errado. ~ Estão testando a gente? ~ Pensei em silêncio com receio de dizer alguma bobagem.

Seguindo as ordens do tank logo entrávamos em uma nova sala e tínhamos a confirmação de que era um caminho interligado. No meio disso eu cuidava para fazer um mapa mental de tudo e escrever algumas anotações por cima quando as coisas se acalmassem. Mas isso iria esperar, mais alguns deles apareciam e era hora de eu entrar em ação pela primeira vez.

Se o tank abrisse caminho eu tomaria a frente passando por ele, se não, eu apenas permaneceria sob sua defesa e assumiria posição de combate. A ponta dos dedos começariam a dançar suavemente como um cowboy prestes a sacar sua arma e então uma esfera branca e brilhante envolveria minha mão. Olharia para os outros caçadores rank C sinalizando que estava pronto. - Quando quiserem. - Se ninguém se movesse eu tomaria a dianteira e daria duas rajadas no rosto das criaturas mais próximas, uma com cada mão. Se eu percebesse que o ataque de luz tinha causado algum tipo de efeito de confusão nelas eu dispararia mais algumas na parte de baixo do seu corpo tentando as derrubar e por consequência tornando-as alvos fáceis pros outros caçadores.

Se elas se aproximassem de mim eu esperaria seu ataque para me esquivar e logo em seguida disparar um ataque de luz em seu corpo. Depois que o confronto acabasse eu permaneceria no cômodo por mais algum tempo e simplesmente observaria parado. Analisaria o corpo daqueles monstros, seus pelos, seus chifres, mas principalmente se aqueles insetos se aproximariam de novo. Se eles fizessem eu carregaria uma forte rajada de luz e dispararia uma única vez. - Esses insetos buscam os monstros derrotados... É quase como se estivéssemos fazendo o que eles querem. - Olharia para todos ou quem estivesse me dando atenção. - Deveríamos checar os outros corpos. - Dessa vez iria atento e preparado para reagir, meu radar de explorador dizia que as coisas iriam se complicar.

Histórico:
Personagem: Klaus Ehrenberg
Post: 06
Ganhos: Caderno, caneta e lápis
Perdas: -10 keks
Relações:
Extras:
Axell
Axell
Créditos : 0
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________

Clima: Agradável
De manhã
A situação era animadora para Klaus. Ele não sabia exatamente porque tudo parecia ser tão normal. Um teste? Aquilo era o normal de ocorrer? As várias ações que ocorreram em sequência foram bem rápidas para o aspirante a mago. Não só a introdução de monstros, como a força clara de Ran. Tudo ali era uma novidade muito interessante para o jovem que anotava as pressas algumas informações em seu caderno.

Apesar da ordem para os ranks C cuidarem de tudo, o tank em si não havia saído da frente, claramente aquele homem era bastante responsável com o seu trabalho. O aspirante a mago preparou para a luta que estava por vir. Até incitando que os outros fizessem alguma coisa. A primeira pessoa que fez o movimento foi a Fighter, que retirou a sua espada e se preparou para a luta. Mas o primeiro a atacar foi o ranger que rapidamente atirou três vezes no verdinho mais próximo. Era interessante notar que só no terceiro tiro dele que o monstro acabava por cair no chão. Não que Rinji houvesse realizado disparos absurdamente mágicos como ranger, mas claramente os monstros não eram absurdamente fracos para eles de rank C. O que mostrava a força de Ran ainda mais.

Foi a vez de Klaus que disparou duas rajadas de mana no focinho do mais próximo. O monstro não caiu até verem Hinata Ryo cortá-lo e aí sim o monstro cair morto. - São três golpes de qualquer rank C? - Perguntou o ranger meio embasbacado com a ideia ao lembrar da facilidade que a maga de fogo queimara diversos e os eliminara.

Foi então que algo interessante ocorreu, como o tank ainda estava na frente, um deles acabou por chegar nele. O monstro o atacou, mas ele pareceu simplesmente ignorar. O bicho batia nele mas não parecia o machucar de forma alguma. A maga começava a rir da situação, pois o monstro fazia um baita esforço com aquele corpo para atacar. Era um impulso complicado para tentar dar uma cabeçada com aquele chifre e após isso simplesmente não ser efetivo, sinceramente, poderiam ficar com dó. Ao observar a maga rindo, Klaus notava algo interessante. O Insano havia desaparecido por completo.

Como não havia sido todos os monstros que haviam caído ainda, a situação era um pouco mais complexa do que Klaus imaginara e por isso ainda não podia analisar os monstrinhos inimigos. Só que o interessante era ver que naquele cômodo também haviam insetos e eles pareciam se aproximar dos cadáveres mesmo com os outros monstros ainda vivos. Ao ver que os insetos se aproximavam, o mago não perdeu seu tempo e disparou uma rajada de luz neles. O resultado era absurdamente interessante. Os insetos simplesmente se esquivaram com uma facilidade absurda do golpe dele. E quando chegaram aos cadáveres começaram a comer a carne dos monstros.

Ehrenberg contou a sua teoria para todos ali e quando falou de voltarem para o salão anterior ouviram um golpe ocorrendo nos dois monstros rosas que estavam ali. O Insano aparecia. - E esses insetos não são a única coisa interessante. - Falava ele olhando para o único monstro verde que continuava atacando o tank do grupo. Com a citação aos insetos, era a vez de Ran fazer a mesma coisa que Klaus, mas aí a surpresa poderia aumentar ainda mais, pois eles também desviavam do golpe dela. Os insetos não se importavam com os ataques, se focando simplesmente em comer a carne dos monstros.

Aquilo surpreendia principalmente os três rank B. O que fez o reaper voltar a falar. - Não encontrei nenhum salão onde seria o possível boss. Até existe um monstro parecido com esses aqui maior, com uma tonalidade mais escura. Mas ele não transmite a força de um boss de rank B. - Ao terminar de informar ele parecia querer indicar o caminho que teriam que andar.

A Fighter começava a atacar o último monstro e após alguns cortes acabava por matar o monstro. O Healer pela primeira vez curava alguém, curando o tank. Apesar dele ter ignorado o monstro, após vários golpes acertando o mesmo ponto de seu braço, um pequeno ferimento havia sido feito, nada grave. Sobre o monstro que "conseguira" ferir o tank, foram necessários mais de três cortes da Fighter para matá-lo, então ela claramente era mais fraca do que o Ranger do grupo. E era difícil estimar em comparação com Klaus, mas algo indicava para o mago que ele também era mais forte do que ela. - Eles aparentam deixar os ossos dos monstros. - Falava a maga olhando pelo corredor na direção do salão maior que era o que estavam para se aproximar.

Aquela informação batia um pouco com o que estavam fazendo no salão menor. Ao retornarem para o salão maior todos viram que realmente só haviam sobrado os esqueletos das criaturas anteriormente tão fofinhas. Os insetos em si haviam desaparecido. - Todos fiquem de olhos bem apertos e atentos a qualquer coisa diferente do usual. - Informava o tank pela primeira vez em um tempo, tomando as rédeas da situação novamente. - Precisamos encontrar o salão do Boss ou toda a raid irá por água abaixo. - Ele parecia olhar para os três caminhos, meio desanimado com as escolhas já que o Insano não havia encontrado nada. E por ter andado por aí, era natural que o próprio reaper indicasse. - Os três caminhos dão basicamente no mesmo salão. Bom... - Ele apontava para o caminho mais isolado. - Aquele ali cai num salão e esses dois aqui caem em outro, mas os dois são interligados por um corredor maior. - Informou. - Deles existem dois caminhos, um reto onde vi o maior monstro e um ao sul onde só vi esses menores.

O tank avaliava as opções mentalmente por um tempo e quando chegava a sua decisão informava. - Ok. Ranks C, vocês ficam responsáveis por limparem todos esses salões com monstros menores enquanto nós vigiamos essa criatura maior. Ela provavelmente é o boss, então não podemos entrar em um combate com ela ainda. - Respondia ele. - Vamos andando. - Falava ele indicando para seguirem pelo caminho mais "ao sul", por ser o mais próximo de onde já estavam ao entrarem no salão maior.

Uma breve caminhada e "o mapa" do local era completo. Por terem seguido no caminho mais ao sul, acabaram por simplesmente caírem em um salão menor e outro corredor. Esse salão menor se unia a um salão maior. O corredor dava em outro corredor, onde para um lado chegaria na sala com o monstro maior e para o outro acabariam numa sala menor onde teria mais monstrinhos. Pelo que viram, havia pelo menos três nos dois salões menores e apesar de não irem no salão ligado ao menor, o Insano informara que haviam sete deles lá. - Se organizem como quiserem. - Falou o tank. - Só protejam o healer e tudo provavelmente ficara bem. Nós vamos vigiar o possível boss enquanto isso. - Informou ele já começando a sair.

Quem precisa de mapas? - Página 2 Dungeo10

Se a descrição da situação ficou confusa me pergunta aí beleza


Legenda:
O Insano - Imagem Dele
Muto Fumio- Imagem Dele
Ogata Ran - Imagem Dela
Hirata Ryo - Imagem Dela
Ohta Rinji - Imagem Dele
Ohno Zeshin - Imagem Dele


Civis sem importância

Party:
Tank:
Nome: Muto Fumio
Rank-B
Quem precisa de mapas? - Página 2 12dbd45586bd252289c1258436831af7

Reaper:
Nome: O Insano
Rank-B
Quem precisa de mapas? - Página 2 9192dabf6e599f0f7cf19fb0010e1a02

Maga de Fogo:
Nome: Ogata Ran
Rank-B
Quem precisa de mapas? - Página 2 B1c4560109dbe2845679c71741467609

Fighter:
Nome: Hirata Ryo
Rank-C
Quem precisa de mapas? - Página 2 96dc8fe84590856557981f2497d5ab48

Ranger:
Nome: Ohta Rinji
Rank-C
Quem precisa de mapas? - Página 2 3c8171fc27facaf212b1c9d6fe8fa7fb

Healer:
Nome: Ohno Zeshin
Rank-C
Quem precisa de mapas? - Página 2 554df466a83fe3e6cbe31df82e1456aa
Pepe
Pepe
Créditos : 0
G$ 1,000
Localização : Sapporo - Japão

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________
Quem precisa de mapas? - Página 2 CumUV0n

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ir para o topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos
Layout desenvolvido por Roevs, Remenuf e Mizzu
SOLO LEVELING RPG (2018 - 2020)