LFBR

[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau!

Página 6 de 22 Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 14 ... 22  Seguinte

Relembrando a primeira mensagem :





Evento - A Reunião Anual do Hunter's Bureau!




Introdução


Todos os anos, entre os dias 23 de Julho a 26 de Julho, a organização mais forte do mundo reúne os melhores caçadores, os maiores líderes e as mais influentes figuras em um só lugar, em Washington D.C, em um único evento: A Reunião Anual do Hunter's Bureau dos Estados Unidos da América!

Os caçadores rank S de todo o mundo se unem, junto aos líderes das guildas, representantes de países e figuras influentes, a fim de deliberar sobre as ameaças globais e traçar planos de ações. Ao menos, é o que está escrito no papel. A verdade é que o Hunter's Bureau promove uma fantástica festa de gala, aberta a todos os caçadores, em um único dia, onde todos podem interagir! Um local onde formam-se grupos, guildas e, também dizem para as más línguas, onde se bajula, se estabelece contatos importantes e se compra ou vende influência. É a oportunidade perfeita para todos, do menor ao maior, agarrarem novas oportunidades ou até mesma criá-las!

Nesta ocasião, a Cúpula Suprema do Hunter's Bureau se reúne para discutir assuntos confidenciais, mas também abre ao público alguns assuntos de grande relevância nacional, no fito de mostrar seu poder e angariar popularidade.

Ademais, Guildas de todo o mundo montam “bases” nesta festividade, a fim de promover a sua imagem e contratar novos e talentosos reforços, contando-se com diversos estandes das mais variadas guildas, além das Associações Nacionais, que também aproveitam a ilustre oportunidade para expor seus benefícios e atrair novos colaboradores.

Esta data tão importante também compartilha outra causa comum: o aniversário funerário da Dungeon Break que abalou o mundo, a qual ganhou mais notoriedade no calendário nacional que o evento de 11 de setembro.

Neste dia, todos os caçadores se reúnem, primeiramente, para prestar as condolências aos nobres guerreiros que sacrificaram as suas vidas naquela empreitada, oportunidade em que se deixam flores sob os túmulos dos mortos e se escuta o hino de seus países, seguido de uma homenagem aos atuais caçadores Nacionais, que se arriscaram contra a maior calamidade que pisou na Terra.

Dito isso, está aberta a Reunião Anual do Hunter's Bureau! Aproveitem bem esta oportunidade de uma vida, pois vocês receberam um convite especial para este evento de gala, com tudo pago, após diversos caçadores terem sido sorteados aleatoriamente para participar desta honraria. Vistam seus melhores ternos e vestidos; tragam suas melhores cartas, pois se não agarrarem esta oportunidade, apenas o farão no próximo ano!

Regras


  • O evento é de roleplay livre e os jogadores podem postar à vontade, independente da localização da ficha, a qual é necessária para a participação no evento, sendo proibido postagens duplas.
  • Os NPCs listados podem ser narrados pelos jogadores, desde que se limitem às funções e restrições destinadas a eles neste tópico.
  • NPCs não listados neste tópico podem aparecer, os quais serão exclusivamente narrados pela staff, sendo completamente proibido que os jogadores o façam. Esses posts serão ocasionais, apenas para introduzir uma nova situação ou informações a todos os participantes do evento.
  • O desrespeito às regras do evento podem levar às seguintes punições: anulação ou/e expulsão da participação do evento, anulação de determinados posts, cassação dos ganhos e banimento do(s) próximo(s) evento(s), sem prejuízo de outras penalidades, de acordo com a gravidade da conduta.
  • O evento durará 3 (três) dias, contando do dia da abertura do evento, 23/07/2020 (quinta-feira) até 26/07/2020 (domingo) às 23:59.
  • Os jogadores podem ingressar no evento a qualquer momento, enquanto este durar.
  • As relações construídas neste evento serão mantidas, devendo ser adicionadas na ficha, sendo um evento canônico que deverá ser adequado à linha cronológica in-game do jogador, o qual terá a responsabilidade de orientar o narrador no que for pertinente.


Deve usar o seguinte code, para fins de controle, nas postagens:

Código:

[b]Posts:[/b] 01 (Página X); 02 (Página Y)
[b]Localização:[/b] Funeral/Hall/Externo
[b]Interação NPC:[/b] [i]com que NPC listado ou introduzido pela staff está interagindo[/i]
[b]Interação players:[/b] [i]com que players está interagindo[/i]
[b]Relações:[/b] [i]registrar os players e NPCs que interagiu e que irão para a ficha[/i]
[b]Ganhos:[/b]

Recompensas





  • As relações construídas neste evento serão mantidas, devendo ser adicionadas na ficha, sendo um evento canônico que deverá ser adequado à linha cronológica in-game do jogador, o qual terá a responsabilidade de orientar o narrador no que for pertinente;
  • 10 Perk Point’s para todos que participarem, possuindo ao menos um post;
  • Prêmio surpresa para aqueles que participarem com ao menos 5 posts!


NPCS presentes no Evento




Louis August III, “The Mentalist” - Presidente do Hunter’s Bureau

Ações permitidas: tentar abordá-lo à distância ou pelos poucos segundos que ele passar na área comum, para caçadores abaixo do Rank A, sendo ignorado.

George Kant, “The Graviton” - Co-GM da Scavenger’s Guild

Ações permitidas: tentar abordá-lo, o que só conseguirá ser feito por caçadores de Rank B ou superior; no mais, ele não terá tempo para tratar do assunto diretamente; pode apoiar e incentivar o recrutamento de caçadores de Rank B ou superior.

John Abdullah-Azah, “The Avenger” - GM da Lightbringer’s Guild

Ações permitidas: tentar abordá-lo, o que só conseguirá ser feito por caçadores de Rank B ou superior; no mais, ele não terá tempo para tratar do assunto diretamente; pode apoiar o recrutamento de caçadores de Rank B ou superior; se você tiver a perícia Oratória e fizer um discurso eloquente sobre justiça, ele te apoiará mesmo que seja um Rank C; o mesmo vale caso você tenha passado por uma situação de imigração e ele saiba disso.

Jack Brimstone, “The Raging Bull” - GM da Bulldozer’s Guild

Ações permitidas: tentar abordá-lo, o que só conseguirá ser feito por caçadores de Rank B ou superior, ou de forma ortodoxa, para qualquer rank; no mais, ele não terá tempo para tratar do assunto diretamente; pode apoiar o recrutamento de caçadores de Rank C ou superior; se você falar mal de Annabelle Kant, ele irá te intimidar e te tornará um inimigo pessoal; se você for alguém que está reconstruindo a sua vida e começou mal, tentando seguir um bom caminho agora, ele irá apoiar o seu ingresso na guilda, ainda que seja um Rank C, sendo um Rank D ou E, ele irá te incentivar a fazer os testes.

Matsuda “Taka” Koto - Presidente da JDSF

Ações permitidas: tentar abordá-lo, o que só conseguirá ser feito por caçadores de Rank C ou superior; no mais, ele não terá tempo para tratar do assunto diretamente; pode apoiar o recrutamento de caçadores de Rank B ou superior; se você for um patrocinador em potencial, ele irá te escutar e te dar o seu contato pessoal.

Hana “Kunoichi” Yotsubari - GM da Draw Shield Guild

Ações permitidas: tentar abordá-la, o que só conseguirá ser feito, normamelmente, por caçadores de Rank C ou superior; no mais, ela não terá tempo para tratar do assunto diretamente e só terá tempo para você caso cative a sua atenção de alguma outra forma ortodoxa; pode apoiar o recrutamento de caçadores de Rank B ou superior, sendo homem; sendo mulher, de caçadoras de qualquer rank.

Kensei “Hiken” Sakuraba - GM da Draw Axe Guild

Ações permitidas: tentar abordá-lo, o que só conseguirá ser feito normalmente por caçadores de Rank B ou superior; no mais, abordá-lo requer que chame muito a atenção, caso seja de rank inferior; pode apoiar o recrutamento de caçadores de Rank B ou superior; porém, se você for um descendente ou ex-morador da região de Jenju, ou possuir sentimentos em relação ao ocorrido, ele apoiará o seu recrutamento, independentemente de seu Rank; se você demonstrar nacionalismo, ele apoiará o seu recrutamento, ainda que seja um rank C.

Swoo O-jin, “The Chairman” - Presidente da ACC

Ações permitidas: tentar abordá-lo, caso seja um caçador de rank B ou superior, do contrário, ele não terá tempo para recebê-lo pessoalmente; pode apoiar e incentivar o ingresso na Associação Coreana de Caçadores, para caçadores de Rank B ou superior.

Haeseon Mwaan-Zuei , “O Mestre das Feras” - Vice-Presidente da ACC

Ações permitidas: tentar abordá-lo, caso seja um caçador de rank C ou superior, do contrário, ele não terá tempo para recebê-lo pessoalmente; pode apoiar e incentivar o ingresso na Associação Coreana de Caçadores, para caçadores de Rank B ou superior; caso o jogador tenha alguma perícia relacionada à arte ou ao cinema e o impressione, poderá obter o seu contato pessoal.

Kang Dae, “O Eterno Caçador” - GM da Hunter’s Guild

Ações permitidas: tentar abordá-lo, caso seja um caçador de rank C ou superior, do contrário, ele não terá tempo para recebê-lo pessoalmente; pode apoiar e incentivar o ingresso na  guilda, para caçadores de Rank B ou superior; caso você tenha mais de 1.000.000 de Kek’s, ele te apoiará na guilda, independentemente do seu rank.

Chee Gwon-Ni, “A Dama de Aço” - GM da Knights Guild

Ações permitidas: tentar abordá-la, caso seja um caçador de Rank C ou superior, do contrário, ele não terá tempo para recebê-lo pessoalmente; pode apoiar e incentivar o ingresso na guilda, para caçadores de Rank B ou superior; caso você seja uma pessoa leal e bondoso, ela apoiará o seu ingresso na guilda, ainda que seja Rank C.

Taek Monjii, “O Monstro” - GM da Fiend Guild

Ações permitidas: tentar abordá-lo, caso seja um caçador de Rank B ou superior, do contrário, ele não terá tempo para recebê-lo pessoalmente; pode apoiar e incentivar o ingresso na guilda, para caçadores de Rank B ou superior; caso você declare ser uma pessoa de moral duvidosa, ele apoiará o seu ingresso na guilda, ainda que seja um Rank C.

Min Kaa-Jhun, “All Star” - GM da Fame Guild

Ações permitidas: tentar abordá-lo, caso seja um caçador de Rank C ou superior, do contrário, ele não terá tempo para recebê-lo pessoalmente; pode apoiar e incentivar o ingresso na guilda, para caçadores de Rank B ou superior; caso você o bajule ou tenha a terceira categoria de fama ou superior, ele apoiará o seu ingresso na guilda, ainda que seja Rank C.

Gojo Saeun, “O Tigre Branco” - GM da White Tigers Guild

Ações permitidas: tentar abordá-lo, caso seja um caçador de Rank B ou superior, do contrário, ele não terá tempo para recebê-lo pessoalmente; pode apoiar e incentivar o ingresso na guilda, para caçadores de Rank B ou superior; caso você o desafie, ele irá aceitar, independente do seu rank - o que acabará com a sua derrota, mas ele irá apoiar o seu ingresso na guilda, desde que você tenha sido honesto e seja um bom competidor, no desafio (o que deve ser coerente com a ficha, senão ele verá através de seu coração e te deixará em uma enrrascada).

OBS: Quando se fala em apoiar o ingresso, significa que, na aventura do jogador, ele não precisará fazer um teste exaustivo, apenas assinar a papelada necessária, pois ele já “se provou” para o NPC e este deu a ordem para que “facilitassem” o ingresso deste. Quando se fala de incentivar o ingresso, se refere ao NPC te estimular a fazer o teste para ingressar na guild/ACC dele.







Última edição por ADM.Kekzy em 23/7/2020, 14:24, editado 7 vez(es)
ADM.Kekzy
ADM.Kekzy
Créditos : 6

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Admin


_________________
[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 6 Chibis-naga-final2-Copia

Trinity

[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 6 Akira_11

"Talento, Honra e Lealdade"




POST

2


A Reunião Anual do Hunter's Bureau!
--




O Funeral


Ananke como sempre preocupada com as opiniões alheias, talvez ela esteja certa e essa bronca que recebi é justificável, devo então fazer um esforço para deixar uma boa imagem diante dos presentes.


- Eu não esqueci, só não quis colocar mesmo – Falo enquanto pego uma taça de bebida de um garçom que passava por perto, Ananke olha para os lados preocupada que alguém tivesse ouvido a conversa entre nós, apenas dou um leve sorriso achando graça na preocupação dela enquanto levo a taça a boca.


- Ok, irei colocar a maldita flor. – Eu me virava para ir em direção ao memorial, mas em minha frente aparece um homem bem alto, um ocidental segurando um charuto, levei um pequeno susto e fiquei meio sem palavras quando ele perguntou se tinha fogo, Ananke logo tomou a frente sendo atirada como sempre, eu permaneço mas reclusa olhando para ele.


Ele se apresenta como Leon, Ananke logo responde dizendo seu nome e depois é a minha vez; – Hana – é tudo que digo enquanto encaro o sujeito o olhando fixamente nos olhos, eu não sei se Ananke sentiu mas há algo nele, algo que não me deixa olhar para ele como olho para a maioria dos homens, como uma presa.


- Irei até o memorial. – Saiu deixando os dois a sós, deixo a taça que segurava em qualquer lugar e depois pego uma flor e me aproximo do memorial, presto as devidas homenagens me curvando, como uma típica japonesa, olho para uma das fotos me perguntando o quão perigoso esse mundo de caçadores realmente é.





------------


ADICIONAIS :

ADICIONAIS :

Posts: 01 (Página 3); 02 (Página 6)
Localização: Funeral
Interação NPC: -x-
Interação players: @ANANKE, @LEON
Relações: Ananke
Ganhos: -x-





CRÉDITOS Roevs
Tanaka
Tanaka
Créditos : 0
G$ 8.192

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Designer




»» Hunter's Bureau ««

- Llyz Chevalier -




De origem? Sim, mas presumo que seja um pouco mais complicado do que pareça. - a resposta vinha num tom suave e direto. Após prestar minhas homenagens apenas observava o homem e o rapaz que o acompanhava, o loiro não parecia ter notado muito de mim. - Presumo também que terei de melhorar meu japonês. - o comentário vinha com uma acidez bem medida, deixando claro que embora usasse o idioma, não queria que notassem minha origem com aquilo. Uma troca de olhares ocorreu, uma seriedade incomum passou a residir naquele pequeno diálogo, tinha a minha disposição um leque de possibilidades, mas optei por manter a cortesia e cortar o possível clima ruim. - Não são muitos os militares que identificam outros com tamanha facilidade, embora acho que possa concordar que estamos tratando de ex-militares. - sorria, ouvindo o jovem Gwyn se apresentar antes de prestar um sutil reverência a ele e seu pai. - Llyz Chevalier. É um prazer conhecê-los. - dizia antes de seguir, em companhia da dupla até a área do coquetel.

Esperava realmente não ter que ficar presa em conversas desnecessárias, mas o jovem Talbot parecia determinado em manter-se perto de mim com o afastamento de seu pai. Em posse de uma taça de espumante, bebericava com muita sutileza o líquido ao contrário do rapaz que empilhava uma montanha de canapés e salgados. - São reservados, comprometidos e leais. Entregam muito pouco de si para tecer qualquer avaliação relevante sobre como são fora das Dungeons. - respondia enquanto observava os arredores. - Seu pai não me é estranho, acho que já o vi em um ou outro evento quando era mais nova. - olhei diretamente nos olhos do rapaz, notando pelo canto do olhar suas mãos. - Espero que a gordura dos salgados não danifique o metal. - comentei, em um misto de dúvida e brincadeira, antes de uma terceira figura surgir e para minha não tão surpresa, outro japonês.

Não. - disse de forma seca, mas ela era insistente nos questionamentos. - Se houver algum Deus, sou grata por não ser daqui. - bebia o vinho. - São de alguma guilda do Japão?



Posts: 01 (Página 2); 02 (Página 6)
Localização: Funeral/Hall/Externo
Interação NPC:
Interação players: Yami (Gwyn Talbot), Over (Kurono Bradley)
Relações:
Ganhos:






Llyz
Llyz
Créditos : 0
G$ 1,000
Localização : Córsega - França

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Rank C


_________________
[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 6 48yZaoi

[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 6 EgC46E



Irmãos Jurados

A caminhada foi satisfatória e Jetsun pode conhecer muito mais o seu novo irmão jurado, ele não se ofendeu pelas piadas de Van apenas manteve um sorriso caloroso no rosto e assentiu.

Após sua pergunta Jetsun pensou momentaneamente e respondeu.

- Não são muito espertos, claramente ignoram a capacidade infinita de evolução humana.


Diria entreolhando Van e os figurões.

Ele assentiria após escutar as claras intenções de abrir sua própria guilda, e continuaria com um leve sorriso.

- Você parece não gostar de ser considerado uma pessoa inteligente, mas veja, acho que prefere caçadores de Rank E esforçados e sedentos por crescimento do que Rank B acomodados não? Aliados acomodados para mim não oferecem ajuda alguma.

Ele se manteria pensativo após trocar algumas palavras com Van, deixando o silêncio reinar por algum tempo até que o árabe continuasse o diálogo.

- O monstro da White Tigers?


Jetsun ergueria as sobrancelhas um pouco surpreso e voltaria a observar aquele poderoso caçador, respondendo após ponderar por alguns momentos com um leve sorriso.

- Acho que meu irmão jurado sabe o caminho que quer seguir, e esse homem parece ser um guerreiro que tem, de fato, alguma honra. Boa escolha.

Finalizou olhando na direção de Van e assentindo.

- Como eu disse antes, agora somos Irmão Jurados, foi um prazer conhece-lo Van. Quero dizer, Irmão.


Acenou com a cabeça sorrindo e dando um passo para trás logo em seguida.

- Agora eu vou me retirar, ainda espero encontrar pessoas tão interessantes quanto você por aqui.


Jetsun se inclinou respeitosamente para a frente, um cumprimento de artistas marciais e se virou.

Ele caminharia de volta ao Funeral, curioso, a procura de mais pessoa interessantes, a curta conversa com Van realmente abriu sua mente para novas possibilidades, e chegou a conclusão de que o mundo na verdade não havia mudado tanto, só recebeu alguns aditivos mágicos a sua estrutura egoísta.

A humanidade ainda é dividida entre pessoas honrosas, humildes e seguidoras da lei, da mesma forma que tem sua contraparte bestial, egoísta e preguiçosa. Era bem possível de se encontrar um caçador de baixo rank com grandes objetivos.

E se forem caçadores de Rank S? todos não tem a mesma missão no final? Sua mente nadava em um vazio de pensamentos enquanto ele tentava tomar algumas decisões importantes para o seu futuro.

Seus olhos azuis antes vazios pararam ao observar uma jovem senhora, vestia um vestido preto bem adornado e que valorizava suas curvas, o vestido possuía uma abertura atrás o que dava um ar ainda mais sensual e ao mesmo tempo elegante, ele não hesitou muito, da mesma forma como abordou Van antes, tinha uma intuição, e ele valorizava isso.

Seus passos seriam leves, ele se aproximaria e ficaria lado a lado com a mulher, seus olhos azuis avaliando-a como um scanner de supermercado, de cima a baixo, conferindo o código de barras por completo.

Ele observaria a flor em suas mãos e daria um leve sorriso, se abaixaria ao seu lado para prestar respeito aos falecidos, e sua voz soaria suavemente próxima a jovem.

- Todas essas pessoas homenageadas aqui...

Ele indagou, respirando fundo antes de continuar.

- Elas morreram protegendo a todos nós, não acha isso surpreendente?

Daehan olharia na direção da jovem de soslaio, trocando olhar entre a imagem dos caçadores e ela enquanto esperava sua resposta.

- Você é uma mulher interessante.
Diria com um sorriso de canto.

- Senhorita, qual o seu nome?

Ele foi educado em uma academia rígida que exigia modos e não poderia tratar uma dama mal, principalmente tendo em vista que se considerava um homem de um respeito oque não o permitia fazer tal coisa.

- É um prazer conhece-la então.

Ele continuaria, abrindo a palma esquerda e o punho direito logo em seguida e fazendo uma reverência marcial para a foto do caçador, levantando-se logo em seguida ele continuaria.

- Você ainda vai ficar por aqui? eu vou voltar ao hall, bem, ainda não comi nada e nem provei o Champanhe, que tal me acompanhar?

Jetsun sorriria suavemente após falar, caso ela aceitasse ele a ajudaria quando fosse se levantar, apoiando-a ou mesmo dando-lhe a mão.

Caminharia ao seu lado na direção do do hall e procuraria por uma das mesas com comida e Champanhe.



Posts: 01 (Página 3); 02 (Página 4); 03 (Página 6)
Localização:Hall (Páginas: 03,04,06) Funeral (Páginas: 6)
Interação NPC:N/A
Interação players:Mustafa Ál Van. Tanaka.
Relações:
Mustafa Ál Van
Ganhos:N/A
X
X
Créditos : 0
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________
[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 6 GkgIprt
Gojo estava parado, prestando seus respeitos as pessoas honradas e homenageadas neste funeral. Byul conseguia ver, vagamente, algum tipo de emoção em seus olhos escuros conforme o mesmo prestava homenagem, entretanto, era incapaz de compreender de onde estas emoções vinham. Já estava decidido em conversar com o homem mais velho, estivesse interrompendo ou não o seu momento de solenidade. Nada de se estranhar, quando era uma pessoa parcialmente impulsiva. Sorrindo, não deu importância para os olhares de irritação e desdém que as pessoas lhe davam em razão de não demonstrar o comportamento e atitude adequados a situação. Ao contrário do esperado, ria alegremente e saltitava, correndo, aproveitando a brisa gélida e o cenário agradável. Como alguém que sempre havia gostado de interagir com os outros, multidões como essa eram um de seus lugares favoritos.

Conforme se movia ele abanava para seus arredores, cumprimentando pessoas que não conheciam e que não eram tão animadas e amigáveis quanto ele. Não demorou muito para que se aproximasse de seu alvo – e não era como se um homem como Gojo teria guarda-costas para o proteger, graças a isso, ninguém o parou. Os membros da guilda provavelmente estavam muito ocupados prestando suas homenagens aos falecidos.

“Mister, mister!” Byul chamou, inconscientemente, em inglês. O homem pareceu não lhe entender, ou apenas não havia escutado – mais provavelmente, estava o ignorando. “Senhor fera~ eu estou the chamando! Go...ro, senhor?” Hm? Byul fez uma cara estranha. Era esse seu nome mesmo? Chacoalhando sua cabeça decidiu não pensar nisso, certo de que havia acertado em cheio. Porém, contrario as suas expectativas, o homem apenas lhe olhou por um instante antes de perder o interesse e retornar a observar as tabulas funerárias. “Chato,” Byul brincou, sem se importar nenhum pouco com a atitude fria. Porém, ao invés de se afastar, se aproximou do homem mais velho e parou ao seu lado, recebendo outro olhar de relance.

As pessoas já estavam começando a notar e murmurar entre elas – talvez por causa da fama de Gojo, ou talvez por Byul parecer realmente estupido. O rapaz, porém, meramente sorria perante a atitude dos outros, pensando que não era novidade. Sempre havia sido bom em ler as pessoas e saber o que pensavam e sentiam, mas, nunca havia se importando com elas. A muito tempo, havia se questionado por que ele era assim, mas, incapaz de compreender, simplesmente aceitou os fatos como era – que não dava a mínima para eles.

“Preste homenagens apropriadamente.” Depois de algum tempo, e vendo Byul balançar seus braços quase que hiper-ativamente com um belo sorriso no rosto, o mais velho finalmente falou. Não havia muitas emoções em sua voz, mas, ela era afiada e poderosa, rouca e profunda – facilmente deixando uma impressão. Byul inclinou sua cabeça para o lado e encarou as tabulas funerárias. “Hai, sir!” Ajeitando sua postura, Byul fez uma reverencia militar perfeita – como as que havia uma vez feito em um filme. Desta vez ele acertou em cheio, fazendo o movimento com elegância sem uma única falha – quase que como um verdadeiro soldado. “Agora, que tal você brincar comigo?” O homem não respondeu à pergunta ambígua the Byul; ao invés disso, o rapaz viu alguns homens começarem a se aproximar. Os desconhecidos tinham em suas roupas o mesmo símbolo de um Tigre Branco que o homem velho com aparência selvagem ao seu lado.

“Ei, eu só quero brincar um pouco, por que é tão difícil?” Byul fez uma careta, achando as coisas chatas. Dando um tapa amigável no braço do homem mais velho, continuou, “apenas me deixe ver o quão forte você é, Mister Beast. Eu perdi completamente para aquele cachorro na última vez, então eu quero realmente lutar com você agora!” Era difícil de ver a relação entre as duas coisas, mas, estas palavras eram o suficiente. Isso é, as palavras ‘lutar com você’ eram o suficiente. Gojo levantou um braço e parou seus subordinados onde estavam, apenas então olhando apropriadamente para Byul. “Você sabe o que estas palavras significam?” Seria orgulho ou teimosia que desencadeavam seu interesse? Byul não sabia, assim como não sabia muitas outras coisas.

“Hm? Não é obvio?” Falou com um pouco de um estranho sotaque. “Nós vamos tem um pouco de diversão neste lugar chato~~”


Posts: 01 (Página 1); 02 (Página 2); 03 (Página 6)
Localização: Funeral
Interação NPC: Gojo
Interação players: x
Relações: x
Ganhos:N/A
Nue
Nue
Créditos : 0
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Designer


_________________
[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 6 FfRrSFc



[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 6 D78fECX

Akira Hikoji
 


[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 6 M8ocZKXIrmãos? Não, não tem c- - olhava bem para Jin. Na verdade, ela tinha altura para ser minha irmãzinha e também era ruiva — É, até que faria sentido, mas não somos... - observei, comentando com Naga — Recém-despertado? Quanto tempo? - a curiosidade batia — E já esteve em uma dungeon? - questionava.

[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 6 M8ocZKXVoltava-me à extrovertida garota — Sim, ele mesmo! Acho que o vi de relance aqui, tive a impressão... pera! Você estava com ele?! - exclamei. Que tipo de background alguém tinha que ter para entrar em contato com estes monstros? "É claro que já ouviu falar muito dele... ele está em todas as redes sociais, mas nunca ouvi falar da Jin... quem será ela?" - ponderava — Jin, me desculpe pela falta de educação, mas qual o seu sobrenome? - indaguei — E não! Não sou gago! Não que eu veja problema em ser... - coçava a cabeça. Como alguém podia ser assim?!

[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 6 M8ocZKXAcho melhor irmos entrando, então... - sugeri, olhando desconfiado para Naga. Haviamos nos conhecido por acaso, mas Jin tinha vindo ao nosso encontro. Seria inocência pensar que foi coincidência? O que ela queria conosco? Por alguma razão, meu sexto sentido me dizia que ela era encrenca - e das grandes.

Controle

Posts: 01 (Página 3); 02 (Página 5); 03 (Página 6)
Localização: Funeral
Interação NPC:
Interação players: Nagashi e Jin Miao
Relações:
Ganhos:

OBS: é só a postagem do meu perso, nada oficial.



ADM.Kekzy
ADM.Kekzy
Créditos : 6

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Admin


_________________
[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 6 Chibis-naga-final2-Copia

Trinity

[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 6 Akira_11

"Talento, Honra e Lealdade"

[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 6 EJJN6So


Ryuga olhava para o garoto ali que usava um gorro na cabeça para cobrir uma parte de seus cabelos ruivos, porem o mesmo garoto parece não ter escutado quando Ryuga se apresentou, provavelmente não escutou ou não entendeu as palavras de Ryuga.

-Bem, tentei, vou ficar aqui por um tempo, a comida parece ótima ao menos. Disse Ryuga em sua mente enquanto direcionava sua comida e dava de ombros,ele pegou um pouco de cada porem a variedade era tanta que ele deixou de provar vários itens ali, provavelmente iria provar os restantes mais tarde.

Apos alguns minutos uma jovem mulher apareceu ali na mesa, ela mesma estava pegando alguns aperitivos para ela mesma, Rouya demorou apenas alguns segundos para identificar quem ela era, Chee Gwon-Ni, lider da guilda Knights. Naquele instante Ryuga poderia escolher entre falar com ela ou deixar ela ali, porem a mulher olhou para ele com um pequeno sorriso no rosto, aquilo foi como um sinal para Ryuga ao menos se apresentar.

-O-Olá, você é Chee Gwon-Ni certo? Oh desculpe, eu devia me apresentar primeiro me chamo Matsuda Ryuga, sou um Invocador, despertei faz poucos anos mas sou inexperiente ainda. Ryuga falou calmamente olhava para ela. Enquanto Ryuga falava ela continuava a pegar alguns salgadinhos e ia colocando no prato que agora se tornava uma pilha enorme de comida.

-Ryuga você disse? Ela perguntou. -Sim, talvez você não me conhe- Ryuga foi interrompido pela mulher porem não bruscamente, mas sim porque ela agora olhava fixamente nos olhos de Ryuga com uma expressão meio triste porem feliz ao mesmo tempo. -Não eu não conheço você como pessoa, mas eu soube sobre os seus pais, eu sinto muito pelo o que aconteceu com eles.. Ela falou olhando para Ryuga.

-Não não, está tudo bem, mesmo sem eles por perto eu tive uma criação boa, assim que eles despertaram eu pude sentir que um dia eles talvez não voltassem, mas eu aproveitei o máximo que pude com eles. Enquanto ele falava a mulher sorria, estava apreciando as palavras de Ryuga gentilmente.

-Fico feliz de ouvir isso, como você deve saber eu também perdi entes queridos, e assim como você não fiquei abalada com minha perca, eu segui firme como ele. Ela falou enquanto se manteve em uma postura firme. -Pois bem, vejo que é jovem, deve ter perguntas, vamos lá me acompanhe ao menos enquanto estamos aqui.

Ryuga sorriu e acenou com a cabeça positivamente voltando a pegar alguns salgadinhos para seu próprio prato. -Bem minha pergunta é algo mais pessoal, ela não envolve guildas, e sim o que torna um caçador um caçador. No seu caso, o que te torna uma Healer? Ryuga perguntou sem demorar muito, a mulher sorriu e olhou para ele por alguns segundo, pensando.

-Esta é uma pergunta que não me fazem a muito tempo. Ela riu. -Bem, tirando o fato de eu ter despertado com capacidades de curar, o que me torna uma healer é o fato de eu ter vontade de ajudar os outros, ajudar aqueles em necessidade. Ela continuou. -Muitas pessoas não tiveram o mesmo privilegio de nascer em uma família firme e capaz de manter tudo de bom e do melhor para seus filhos, as vezes pais.

Ryuga apenas ouvia atentamente cada palavra daquela mulher, concordando com tudo que ela falava. A conversa se estendeu por vários minutos, ela explicou varias coisas sobre suas convicções e motivos de continuar trabalhando. Apos isso eles se despediram, um seguindo para cada lado.

-Bem, se estiver interessado em conversar de novo algum dia, você já sabe qual é a minha guilda. Ela falou acenando para Ryuga, ele também acenou de volta e agora se viu sozinho ali, porem dessa vez com uma prato cheio de salgadinhos e doces para comer.

-Ainda bem que eu não comi nada ainda. Disse Ryuga olhando para o prato e indo em direção a um lado do hall, voltando praticamente para o garoto de cabelos ruivos usando um gorro na cabeça, o mesmo parecia imóvel. -Olá de novo, alguma coisa errada? Disse Ryuga olhando para o garoto.

_____________________________

Posts: 01 (Página 1). 02 (Página 5). 03 (Página 6).
Localização: Hall.
Interação NPC: Haeseon Mwaan-Zuei. Chee Gwon-Ni.
Interação players: Henry ( Faktor ).
Relações: -X-
Ganhos: -X-


[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 6 51vWHhl
Kouya
Kouya
Créditos : 2
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Game Master


_________________


--Meus Personagens--

[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 6 MLOzDcw[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 6 YTWtgpD[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 6 Giphy


Quando menos esperava o animadinho aparecia e me abraçava enquanto citava como estava com medo daquele povo. Nisso pelo menos eu e ele eramos mais normais, afinal mais fracos... já a minha prima e a minha irmã, que tinham chances reais de se juntarem a um grupo acabavam simplesmente ou falando que não tinham chances reais, ou que queriam entrar na mesma guilda do que eu.

Enquanto eu fazia força, em vão, para me desvencilhar do abraço do Evgeny, acabava comentando. - Mikaela, não é muito realista imaginar eu numa guilda grande igual as que existem aqui. - A sinceridade podia doer, mas ainda era a verdade. - Vocês duas conseguem entrar em guildas que eu nem mesmo posso sonhar. - Falava olhando em volta. - E olá Evgeny, poderia me soltar? - Perguntava querendo um pouco de espaço. - Acho que podemos entrar sim, mas antes, vamos tentar uma coisa diferente. - Falava ao finalmente encontrar um japonês ali.

Não havia tantos assim e por isso achar um já era digno de uma tentativa. - Tem poucas guildas do Japão aqui, podemos começar vendo se podemos falar com alguma delas. - Eu não sabia realmente quais eram as guildas que estavam ali, mas não parecia ter japoneses em si, então meu chute acabava indo por esse lado. O primeiro homem que eu via que parecia japonês era um ruivo com tapa-olho.

- É o seguinte. - Falava puxando a atenção das duas apesar que eu imagino o Evgeny ouvindo tudo e preparado para fazer alguma loucura. - Vocês são caçadoras rank B, não são qualquer coisa. Não concorda Evgeny? - Perguntava para o animado, certeza que com a felicidade constante dele acabaria elogiando elas mais do que o necessário para convencê-las minimamente. - Então... - Eu pegava a mão de cada uma delas e começava a arrastá-las na direção que eu queria. - Precisam ser mais decididas e demonstrar essa força que vocês tem. Vamos lá. Tentem falar com ele e descobrir se poderiam entrar na guilda dele.


Posts: 01 (Página 2), 02 (Página 6)
Localização: Externo
Interação NPC: N/A
Interação players: Mikaela Silverstone - Vincent, Hasegawa Risa - Noskire, Evgeny - Mirutsu
Relações: N/A por enquanto
Ganhos:

Última edição por Pepe em 24/7/2020, 22:02, editado 2 vez(es) (Motivo da edição : tinha cor da fala onde não era fala :sadpepe:)
Pepe
Pepe
Créditos : 0
G$ 1,000
Localização : Sapporo - Japão

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________
[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 6 CumUV0n
Byul podia sentir seus instintos gritando enquanto o homem lhe encarava, pois tanta era a diferencia de poder entre as duas partes. Com movimentos brincalhões e leves, o rapaz estalou seus dedos e pescoço como um verdadeiro lutador profissional, nem sequer por um segundo tirando seus olhos dos do mais velho. Os pelos de seu corpo se eriçavam e seu corpo tremia levemente por causa da excitação, seu coração batendo enfurecidamente em seu peito e fazendo os hormônios da adrenalina serem liberados em seu corpo. Era por isso que vivia – pela excitação e jubilação do prazer e diversão. “Nós podemos começar a qualquer momento, sir.” Suas palavras eram arteiras e divertidas como sempre, fazendo aqueles ao redor balançar suas cabeças em desaprovação. Talvez estivessem se perguntando o que havia de errado com sua cabeça.

Gojo não respondeu. Ao invés disso, pisou firme contra o solo e, imediatamente, apareceu metros à frente. Os olhos de Byul se abriram em espanto conforme tentava desviar para o lado, porém, o soco do homem mais velho voou em sua direção como um míssil teleguiado – lhe acertando com tudo ao lado das costelas e o fazendo voar longe. Felizmente, os membros da guilda do Tigre Branco o seguraram, ou teria sido jogado ainda mais longe. “Wow~” Tinha que admitir, estava impressionado pelo poder e velocidade do albino. Porém, também tinha certeza de que ele não havia ido com tudo. Massageando suas costelas aonde havia sido acertado, Byul tinha certeza de que havia quebrado pelo menos uma costela ou duas – porém, isso era algo com que conseguia lidar sem pestanejar.

Apontando uma mão para frente, decidiu fazer as coisas direito dessa vez. A mana dentro de seu corpo começou a fluir através de seu braço estendido para frente, então por sua mão e... *Puff, se dissipou como fumaça no ambiente. Byul coçou sua nuca com uma face embaraçada e um sorriso torto. “Desculpa, eu ainda não peguei o jeito dessa coisa de invocação.” Rindo tolamente, encarou Gojo. Suas costelas quebradas doíam, mas era como se fosse incapaz de sentir a dor – de forma que, sem hesitação, se moveu com toda sua força, ainda que não chegasse nem perto da velocidade do homem mais velho.

*Bang!

A próxima coisa que Byul viu foi o céu conforme girava em uma espiral através do ar – somente parando quando caiu ao chão com tudo, a parte de trás de sua cabeça batendo contra o concreto e fazendo uma onda de vertigem se espalhar por seu corpo. Havia sido acertado por um perfeito lariat... ou talvez, havia se jogado contra o mesmo? Nem sabia mais. Demorou um pouco, mas, eventualmente foi capaz de se levantar sem colocar o conteúdo de seu estomago para fora. Com a cabeça inclinada para o lado, confuso, pensou brevemente sobre o ocorrido – sequer havia sido capaz de ver o outro se mexer. “Bem...” Começou, esfregando a área entre seu nariz e boca, apenas então dando-se conta de que sangue estava fluindo de suas narinas, “por que nós não continuamos?” Yup, estava confirmado, certamente tinha algo de errado com sua cabeça.

Gojo chacoalhou sua cabeça em negação. “Eu venci, você não conseguira nem me acertar.” Ele se virou para deixar o local. “Não pense estupidamente que conseguirá atravessar o vão que existe entre os nossos ranques.”Seu tom de voz de voz era severo enquanto criticava Byul, porém, o rapaz notou, não era arrogante. Era mais como alguém mais experiente e forte aconselhando alguém mais novo e fraco. E ainda assim, não era como se Byul fosse dar ouvidos. “Bem, foi divertido, não? Por que eu não faria algo assim?” Seus olhos estranhos brilhavam com uma luz honesta e pura. Byul não era uma pessoa exatamente boa, mas, era honesto – honesto como nenhum outro jamais seria. Sua mente era simples, e era estranho, mas suas atitudes não tinham um pingo sequer de segundas intenções ou pensamentos maliciosos. Porém, seria alguém, algum dia, capaz de entender sua linha de pensamento?

“Se você quer me desafiar, fique mais forte primeiro.” Enquanto se afastava, Gojo falou estas exatas palavras. O que elas significavam, e o que ele queria indicar, isto era para Byul descobrir. O que era certeza é de que o mais velho tinha deixado uma forte impressão. “Então, o que eu devo fazer agora?” O evento parecia longe de terminar ainda e, com isso em mente, o rapaz decidiu passear mais um pouco. Quem sabe, encontraria mais alguma situação interessante.

Posts: 01 (Página 1); 02 (Página 2); 03 (Página 6); 04 (Página 6)
Localização: Funeral
Interação NPC: x
Interação players: x
Relações: Gojo Saeun
Ganhos:N/A
Nue
Nue
Créditos : 0
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Designer



[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 6 Top-Post-1
RANK {B} FIGHTER
Annual Meeting
#3 THE ANNUAL HUNTER'S MEETING



— É um prazer garotas.

— Então, você é americana?


Perguntei sem a menor pressa de uma resposta, percebendo os traços ocidentais da bela morena. Depois, deixei que ela tocasse o meu peito e me aproximei um pouco mais, abaixando vagarosamente minha cabeça para que ela pudesse acender o meu charuto. Permanecia olhando-a nos olhos, apesar de que minhas pálpebras se inclinavam de leve, sem que pudesse controlá-las, pois os meus olhos fitavam a sua boca linda com um desejo quase irresistível de tocá-la. Poderia parecer um pouco rude, mas não era a intenção, apenas não sentia vergonha em expressar os meus desejos e ser quem eu era de fato.

Como bom texano acostumado a lidar com laçadas, apoiei com a mão esquerda meu charuto enquanto a minha mão direita passou por baixo da mão de Ananke, tocando-a com uma certa pressão enquanto ajustava a altura do fogo, pois eu era um homem alto e também gostava de entrar no jogo da sedução. Ananke podia perceber o tamanho da minha mão que dava quase duas da dela. Muito diferente talvez dos japoneses baixinhos e estranhos, que gostavam de coisas esquisitas.

Dei então um primeiro trago e soltei uma sutil fumaça sem que sentisse necessidade de desviar por educação, felizmente ela subiu e não foi para o rosto belo de Ananke. Meu olhar ainda cruzava com o dela, e, seu corpo parecia mexer comigo.

— Darei algo muito melhor do que cigarros. Tome, experimente.

Ofereci um charuto que guardava no interior do meu sobretudo, e estendi minha mão para que ela oferecesse o isqueiro, para então acender o charuto em sua boca. Obviamente, deixei minha mão bem aberta e disponível ao toque. Se ela concordasse em eu acender o esqueiro, a puxaria sutilmente pela cintura, escorregando suavemente minhas mãos pelas suas costas, quase que cobrindo-a de um lado ao outro, colocando seu corpo próximo do meu. Então, aproximaria a chama devagar até ascender o cigarro, olhando-a fixamente nos olhos.

—  O que acha de tomarmos um drink?






@ANANKE , @TANAKA


Spoiler:

Posts: 01 (Página 1); 2 (Página 4); 3 (Página 6)
Localização: Funeral
Interação NPC: Nenhum
Interação players: @ANANKE , @TANAKA
Relações: Nenhum
Ganhos: Nenhum

Leon
Leon
Créditos : 0
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________

[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 6 Fighter-Icon-35px[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 6 FLAG-PA [Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 6 SIG-FLAG

[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 6 SIG-3-Final-Leon

"Scars are marks of overcoming that only a true warrior has."


#ffffff Narração
#c50e0e Fala
#870d0d Pensamento
Skill



EVENTO SOLO LEVELING
Festa de Gala²



Naquele salão existia diversos tipos de pessoas, eram conhecidas e fortes, caçadores renomados que davam suas vidas para trazer o bem para sociedade. A influência do evento tinha conexões mundiais desde que estrangeiros de vários países se reuniam para prestar respeito e procurar estabelecer contatos neste meio, para mim, só estava ali por obra de uma garotinha que não deixou quieto a ideia de perder uma festa de gala. Os ornamentos dos vestidos faziam os olhos da criança brilharem como estrelas, não deixava de abrir a boca impressionada para cada moça que passava trajando seus trajes formais. Se não segurasse sua mão, ela estaria se agarrando em algumas pernas ou tentando bater papo com alguma caçadora. – Não aponte Inoue, também é falta de educação. – Ela retraia seu indicador, se também fosse uma desperta dispararia facilmente uma das minhas técnicas favoritas, o reigan do Yusuke enquanto estava com o dedo estirado. – Está com fome? – Perguntei observando sua feição, ela se negava balançando a cabeça para os lados, porém fazia tempo desde nossa última refeição, acho que foi ainda no aeroporto assim que chegamos.

Tem certeza? – Tentei arrancar a verdade, mas a meliante não dava trela mostrando em seus olhos a determinação de uma guerreira. – Certo então. – Caminhei um pouco pelo salão observando uma mesa de petiscos, havia um jeito certo de fazê-la abrir a boca, literalmente. – Preciso de algo chamativo. – Resmunguei para mim mesmo, captava entre os pratos o favorito da garota, a omelete. Ela ainda não tinha altura o suficiente para enxergar o prato em tantos outros, faria meus próximos movimentos serem impecáveis. – Hum.. Já que não está com fome. O papai vai comer sozinho, olha só..! – Pegava em um prato a refeição. – Omelete! Meu favorito! – Os olhos da garota se arregalavam, com uma garfada trazia a comida até minha língua e mastigava lentamente absorvendo o sabor. – Nossa! Que delícia! Melhor que a minha! Nhau, nhau. – Minha habilidade de atuação não era das melhores, porém o gosto da omelete ajudou bastante, tudo estava tão requintado que quase babei diferente de Inoue que babava realmente. – Quer um pedaço? – A garota enxugava sua bochecha e o canto da boca, agitava-se afirmando que queria. – Certo, mas tem que prometer que vai comer tudo, nada de birra.

Era uma promessa feita e não podia ser quebrada, sendo assim abaixei e fiquei de joelhos, estaria dando de comer para minha filha. – Abra a boca e.. – Deixando o talher até seus lábios, Inoue abocanhava a colher feito uma fera. – Nhau! – Sorri apreciando a fofura de minha filha, já havia batido tantas fotos antes do evento, poderia tirar muitas mais no evento. Terminando a refeição, ela parecia estar bem satisfeita já que havia repetido o prato algumas vezes. Com o estomago forrado poderíamos ficar apreciando o ambiente. – Gostou? As omeletes são boas mesmo não? – Indaguei limpando as beiradas de sua boca com um assoalho. – Sim, mas não são melhores que a do papai. – Fui acertado com um bom golpe bem na minha cara de felicidade, fiquei estático por alguns segundos enquanto ela se agarrou e me deu um abraço sorrindo, correspondi lhe apertando forte, mesmo sendo uma mentira da pequenina já que as vezes queimo os ovos e não sei fazer tarefas domésticas direito, fiquei agradecido por suas palavras, um sentimento caloroso transbordou pelo meu corpo.

Por mais que o clima fosse fúnebre, não gostava de transmitir este sentimento, não deixaria a tristeza e melancolia estragar minha estrela mais brilhante. – Quando vamos dançar? – Ela me perguntou após o abraço, não sabia dizer a resposta, não havia nenhuma musica tocando e pensei seriamente se haveria algum momento propenso para isto já que o evento em si se consiste em um funeral. – Temos que esperar o toque da música, vamos esperar até lá, ok?


Posts: 02 (Pag 3, 7)
Localização: Hall
Interação NPC: Inoue
Interação players: Nenhum diretamente nesse post
Relações: NA
Ganhos:

Última edição por Takamoto em 24/7/2020, 20:31, editado 1 vez(es)
Takamoto
Takamoto
Créditos : 0
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Rank C


_________________
[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 6 9o5cWo8

Página 6 de 22 Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 14 ... 22  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Layout desenvolvido por Roevs, Remenuf e Mizzu
SOLO LEVELING RPG (2018 - 2020)