LFBR

[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau!

Página 20 de 22 Anterior  1 ... 11 ... 19, 20, 21, 22  Seguinte

Relembrando a primeira mensagem :





Evento - A Reunião Anual do Hunter's Bureau!




Introdução


Todos os anos, entre os dias 23 de Julho a 26 de Julho, a organização mais forte do mundo reúne os melhores caçadores, os maiores líderes e as mais influentes figuras em um só lugar, em Washington D.C, em um único evento: A Reunião Anual do Hunter's Bureau dos Estados Unidos da América!

Os caçadores rank S de todo o mundo se unem, junto aos líderes das guildas, representantes de países e figuras influentes, a fim de deliberar sobre as ameaças globais e traçar planos de ações. Ao menos, é o que está escrito no papel. A verdade é que o Hunter's Bureau promove uma fantástica festa de gala, aberta a todos os caçadores, em um único dia, onde todos podem interagir! Um local onde formam-se grupos, guildas e, também dizem para as más línguas, onde se bajula, se estabelece contatos importantes e se compra ou vende influência. É a oportunidade perfeita para todos, do menor ao maior, agarrarem novas oportunidades ou até mesma criá-las!

Nesta ocasião, a Cúpula Suprema do Hunter's Bureau se reúne para discutir assuntos confidenciais, mas também abre ao público alguns assuntos de grande relevância nacional, no fito de mostrar seu poder e angariar popularidade.

Ademais, Guildas de todo o mundo montam “bases” nesta festividade, a fim de promover a sua imagem e contratar novos e talentosos reforços, contando-se com diversos estandes das mais variadas guildas, além das Associações Nacionais, que também aproveitam a ilustre oportunidade para expor seus benefícios e atrair novos colaboradores.

Esta data tão importante também compartilha outra causa comum: o aniversário funerário da Dungeon Break que abalou o mundo, a qual ganhou mais notoriedade no calendário nacional que o evento de 11 de setembro.

Neste dia, todos os caçadores se reúnem, primeiramente, para prestar as condolências aos nobres guerreiros que sacrificaram as suas vidas naquela empreitada, oportunidade em que se deixam flores sob os túmulos dos mortos e se escuta o hino de seus países, seguido de uma homenagem aos atuais caçadores Nacionais, que se arriscaram contra a maior calamidade que pisou na Terra.

Dito isso, está aberta a Reunião Anual do Hunter's Bureau! Aproveitem bem esta oportunidade de uma vida, pois vocês receberam um convite especial para este evento de gala, com tudo pago, após diversos caçadores terem sido sorteados aleatoriamente para participar desta honraria. Vistam seus melhores ternos e vestidos; tragam suas melhores cartas, pois se não agarrarem esta oportunidade, apenas o farão no próximo ano!

Regras


  • O evento é de roleplay livre e os jogadores podem postar à vontade, independente da localização da ficha, a qual é necessária para a participação no evento, sendo proibido postagens duplas.
  • Os NPCs listados podem ser narrados pelos jogadores, desde que se limitem às funções e restrições destinadas a eles neste tópico.
  • NPCs não listados neste tópico podem aparecer, os quais serão exclusivamente narrados pela staff, sendo completamente proibido que os jogadores o façam. Esses posts serão ocasionais, apenas para introduzir uma nova situação ou informações a todos os participantes do evento.
  • O desrespeito às regras do evento podem levar às seguintes punições: anulação ou/e expulsão da participação do evento, anulação de determinados posts, cassação dos ganhos e banimento do(s) próximo(s) evento(s), sem prejuízo de outras penalidades, de acordo com a gravidade da conduta.
  • O evento durará 3 (três) dias, contando do dia da abertura do evento, 23/07/2020 (quinta-feira) até 26/07/2020 (domingo) às 23:59.
  • Os jogadores podem ingressar no evento a qualquer momento, enquanto este durar.
  • As relações construídas neste evento serão mantidas, devendo ser adicionadas na ficha, sendo um evento canônico que deverá ser adequado à linha cronológica in-game do jogador, o qual terá a responsabilidade de orientar o narrador no que for pertinente.


Deve usar o seguinte code, para fins de controle, nas postagens:

Código:

[b]Posts:[/b] 01 (Página X); 02 (Página Y)
[b]Localização:[/b] Funeral/Hall/Externo
[b]Interação NPC:[/b] [i]com que NPC listado ou introduzido pela staff está interagindo[/i]
[b]Interação players:[/b] [i]com que players está interagindo[/i]
[b]Relações:[/b] [i]registrar os players e NPCs que interagiu e que irão para a ficha[/i]
[b]Ganhos:[/b]

Recompensas





  • As relações construídas neste evento serão mantidas, devendo ser adicionadas na ficha, sendo um evento canônico que deverá ser adequado à linha cronológica in-game do jogador, o qual terá a responsabilidade de orientar o narrador no que for pertinente;
  • 10 Perk Point’s para todos que participarem, possuindo ao menos um post;
  • Prêmio surpresa para aqueles que participarem com ao menos 5 posts!


NPCS presentes no Evento




Louis August III, “The Mentalist” - Presidente do Hunter’s Bureau

Ações permitidas: tentar abordá-lo à distância ou pelos poucos segundos que ele passar na área comum, para caçadores abaixo do Rank A, sendo ignorado.

George Kant, “The Graviton” - Co-GM da Scavenger’s Guild

Ações permitidas: tentar abordá-lo, o que só conseguirá ser feito por caçadores de Rank B ou superior; no mais, ele não terá tempo para tratar do assunto diretamente; pode apoiar e incentivar o recrutamento de caçadores de Rank B ou superior.

John Abdullah-Azah, “The Avenger” - GM da Lightbringer’s Guild

Ações permitidas: tentar abordá-lo, o que só conseguirá ser feito por caçadores de Rank B ou superior; no mais, ele não terá tempo para tratar do assunto diretamente; pode apoiar o recrutamento de caçadores de Rank B ou superior; se você tiver a perícia Oratória e fizer um discurso eloquente sobre justiça, ele te apoiará mesmo que seja um Rank C; o mesmo vale caso você tenha passado por uma situação de imigração e ele saiba disso.

Jack Brimstone, “The Raging Bull” - GM da Bulldozer’s Guild

Ações permitidas: tentar abordá-lo, o que só conseguirá ser feito por caçadores de Rank B ou superior, ou de forma ortodoxa, para qualquer rank; no mais, ele não terá tempo para tratar do assunto diretamente; pode apoiar o recrutamento de caçadores de Rank C ou superior; se você falar mal de Annabelle Kant, ele irá te intimidar e te tornará um inimigo pessoal; se você for alguém que está reconstruindo a sua vida e começou mal, tentando seguir um bom caminho agora, ele irá apoiar o seu ingresso na guilda, ainda que seja um Rank C, sendo um Rank D ou E, ele irá te incentivar a fazer os testes.

Matsuda “Taka” Koto - Presidente da JDSF

Ações permitidas: tentar abordá-lo, o que só conseguirá ser feito por caçadores de Rank C ou superior; no mais, ele não terá tempo para tratar do assunto diretamente; pode apoiar o recrutamento de caçadores de Rank B ou superior; se você for um patrocinador em potencial, ele irá te escutar e te dar o seu contato pessoal.

Hana “Kunoichi” Yotsubari - GM da Draw Shield Guild

Ações permitidas: tentar abordá-la, o que só conseguirá ser feito, normamelmente, por caçadores de Rank C ou superior; no mais, ela não terá tempo para tratar do assunto diretamente e só terá tempo para você caso cative a sua atenção de alguma outra forma ortodoxa; pode apoiar o recrutamento de caçadores de Rank B ou superior, sendo homem; sendo mulher, de caçadoras de qualquer rank.

Kensei “Hiken” Sakuraba - GM da Draw Axe Guild

Ações permitidas: tentar abordá-lo, o que só conseguirá ser feito normalmente por caçadores de Rank B ou superior; no mais, abordá-lo requer que chame muito a atenção, caso seja de rank inferior; pode apoiar o recrutamento de caçadores de Rank B ou superior; porém, se você for um descendente ou ex-morador da região de Jenju, ou possuir sentimentos em relação ao ocorrido, ele apoiará o seu recrutamento, independentemente de seu Rank; se você demonstrar nacionalismo, ele apoiará o seu recrutamento, ainda que seja um rank C.

Swoo O-jin, “The Chairman” - Presidente da ACC

Ações permitidas: tentar abordá-lo, caso seja um caçador de rank B ou superior, do contrário, ele não terá tempo para recebê-lo pessoalmente; pode apoiar e incentivar o ingresso na Associação Coreana de Caçadores, para caçadores de Rank B ou superior.

Haeseon Mwaan-Zuei , “O Mestre das Feras” - Vice-Presidente da ACC

Ações permitidas: tentar abordá-lo, caso seja um caçador de rank C ou superior, do contrário, ele não terá tempo para recebê-lo pessoalmente; pode apoiar e incentivar o ingresso na Associação Coreana de Caçadores, para caçadores de Rank B ou superior; caso o jogador tenha alguma perícia relacionada à arte ou ao cinema e o impressione, poderá obter o seu contato pessoal.

Kang Dae, “O Eterno Caçador” - GM da Hunter’s Guild

Ações permitidas: tentar abordá-lo, caso seja um caçador de rank C ou superior, do contrário, ele não terá tempo para recebê-lo pessoalmente; pode apoiar e incentivar o ingresso na  guilda, para caçadores de Rank B ou superior; caso você tenha mais de 1.000.000 de Kek’s, ele te apoiará na guilda, independentemente do seu rank.

Chee Gwon-Ni, “A Dama de Aço” - GM da Knights Guild

Ações permitidas: tentar abordá-la, caso seja um caçador de Rank C ou superior, do contrário, ele não terá tempo para recebê-lo pessoalmente; pode apoiar e incentivar o ingresso na guilda, para caçadores de Rank B ou superior; caso você seja uma pessoa leal e bondoso, ela apoiará o seu ingresso na guilda, ainda que seja Rank C.

Taek Monjii, “O Monstro” - GM da Fiend Guild

Ações permitidas: tentar abordá-lo, caso seja um caçador de Rank B ou superior, do contrário, ele não terá tempo para recebê-lo pessoalmente; pode apoiar e incentivar o ingresso na guilda, para caçadores de Rank B ou superior; caso você declare ser uma pessoa de moral duvidosa, ele apoiará o seu ingresso na guilda, ainda que seja um Rank C.

Min Kaa-Jhun, “All Star” - GM da Fame Guild

Ações permitidas: tentar abordá-lo, caso seja um caçador de Rank C ou superior, do contrário, ele não terá tempo para recebê-lo pessoalmente; pode apoiar e incentivar o ingresso na guilda, para caçadores de Rank B ou superior; caso você o bajule ou tenha a terceira categoria de fama ou superior, ele apoiará o seu ingresso na guilda, ainda que seja Rank C.

Gojo Saeun, “O Tigre Branco” - GM da White Tigers Guild

Ações permitidas: tentar abordá-lo, caso seja um caçador de Rank B ou superior, do contrário, ele não terá tempo para recebê-lo pessoalmente; pode apoiar e incentivar o ingresso na guilda, para caçadores de Rank B ou superior; caso você o desafie, ele irá aceitar, independente do seu rank - o que acabará com a sua derrota, mas ele irá apoiar o seu ingresso na guilda, desde que você tenha sido honesto e seja um bom competidor, no desafio (o que deve ser coerente com a ficha, senão ele verá através de seu coração e te deixará em uma enrrascada).

OBS: Quando se fala em apoiar o ingresso, significa que, na aventura do jogador, ele não precisará fazer um teste exaustivo, apenas assinar a papelada necessária, pois ele já “se provou” para o NPC e este deu a ordem para que “facilitassem” o ingresso deste. Quando se fala de incentivar o ingresso, se refere ao NPC te estimular a fazer o teste para ingressar na guild/ACC dele.







Última edição por ADM.Kekzy em 23/7/2020, 14:24, editado 7 vez(es)
ADM.Kekzy
ADM.Kekzy
Créditos : 6

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Admin


_________________
[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 20 Chibis-naga-final2-Copia

Trinity

[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 20 Akira_11

"Talento, Honra e Lealdade"


FALAS PENSAMENTOS Tecnicas

Poderia ser um plano, ou algo arquitetado por aqueles 3 ali? Não sabia até então, mas mais uma pessoa chegava na mesa, era nada mais que aquela mulher que agora eu sabia seu nome, hana. ~ Mizzu, novamente! ~ Diria para a mesma, agora todos ali já sabiam meu nome, e com apenas um sorriso de canteboca eu em seguida dava um gole naquele whisky.

Em meio as conversas tudo começava a se ajeitar, eu entendia que realmente foi tudo um mal entendido, desde o assedio a mulher, até o assedio a mim, mas isso me deixava um pouco constrangido com tudo aquilo, eu realmente tinha julgado uma pessoa pela sua aparência, sem ao menos deixar ele se defender, ou ter um opinião formada sobre a mesma, foi por isso que não titubiei quanto a proposta do mesmo sobre fazer parte de sua irmandade. ~ Irmão jurado é? Se isso é normal em sua terra, ok então! ~ Diria levantando o copo e brindando com aqueles dois ali. Tudo parecia ser muito rápido, e em um momento aquele que atendia pelo nome de jetsun estava me querendo para sua irmandade, agora estava me jogando em meio aquela leoa, interessante, mas isso poderia não seguir para um caminho bom.

Não perdia muito a deixa, realmente eu queria desfrutar aquele evento, e mesmo que não fosse do meu eu ser namorador, uma dança ou algo assim não seria nada ruim. ~ Você aceitaria? ~ Estendia minha mão. ~ Vamos, vou me arrumar ok! ~ Diria caso ela aceitasse, e assim me levantaria da messa. ~ Desculpa pelo inconveniente Jetsun, Adiciona meu número, mais tarde nos falamos ok? 906070! ~ Diria enquanto levava pela mão a linda hana ali.

Tentaria convencê-la de nos encontrarmos próximo ao baile, assim iria me arrumar e depois aparecer no mesmo para dançar com ela. Não saberia qual seria sua roupa, mas sei que ficaria encantado pois qualquer roupa nela deixaria a mesma estupidamente linda logo a elogiando, e assim a levaria para o baile, ficaria próximo a mesma conversando coisas banais, rindo e até trocando alguns olhares, mas nada que fosse tão romântico, pois eu era muito lerdo para romances. No momento da dança a puxaria para uma valsa e assim mostraria meus dotes de dança e assim tentaria não pisar no pé dela, caso pisasse, apenas sorriria e levaria novamente a dança. ~ Gostei da noite hoje, obrigado! Meu numero é esse, você parece uma pessoa confiável para ser uma amiga! Hehehehe ~ Diria logo após mostrar o numero do meu celular para ela e assim seguiria com a noite não tentando nada fora da caixa com ela, e após o fim a deixaria onde pedisse sem mais, voltando para meus aposentos



Ponto-Situação do Evento:
Posts: 01 (Página 8); 02 (Página 8); 03 (Página 10); 04 (Página 18); 05 (Página 18);
Localização: Hall/Baile
Interação NPC: N/A
Interação players: @Tanaka (Hana Takeda) @X (Jetsun Daehan) @Van (Mustafa Ál Van)
Relações:
Hana Takeda - Mulher de cabelos longos, lisos e negros. Tem uma aura parecida com a minha, que acho ter os mesmos poderes que eu, não soube seu nome pois apenas ajudei a fugir de um assédio. Depois se tornou uma amiga minha, quiçá algo mais (mas Mizzu é tapado para isso), após ser seu par para o baile daquele evento.
Jetsun Daehan - Homem que em primeira impressão parecia ser um assediador, em segunda impressão um homossexual que queria algo estranho com Mizzu, mas que em terceira impressão se tornou algo como um grande amigo, ou como diz o mesmo, um irmão Jurado.
Mustafa Ál Van - Irmão jurado de Jetsun, poucas ideias com Mizzu, mas não pareceu ser muito estranho, apenas era mais um membro da irmandade de Jetsun.

Ganhos: N/A


ADM.Mizzu
ADM.Mizzu
Créditos : 6
G$ 1,000
Localização : Coreia

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Admin


_________________

Evento
A REUNIÃO ANUAL DO HUNTER'S BUREAU!

4° Lição
Nada de desgosto, nem de desânimo; se acabas de fracassar, recomeça

TOC-TOC!Não acredito, ele chegou! – Ao abrir a porta vislumbrava uma montanha de calças, eram tantas variedades que me deixavam assustado, porém eu era bem fixo no meu gosto e escolhia a calça branca. – Valeu, cupade! – Mudava meu semblante de desespero para um grande sorriso. – Eu sou GCB: GREAT CHASER BLUM. TAMU JUNTO! – Dava um sinal de positivo ao salvador, que logo se despedia com um ar bem cool.

Finalmente minhas energias estavam revigoradas. – Esse cheiro de uma nova caçada é bom demais, bem, não tão bom assim... – Já que um infeliz tinha acabado de meter um barrão e não deu a descarga. – Maldito! Talvez um dia eu pegue esse cara. – Olhava ferozmente a cabine amaldiçoado pela bomba de fedor.

Como estava no banheiro não podia deixar de esquecer de dá aquela ajeita. – Bafo tá de boa. Sorriso branquinho. Cabelo na reta. Relatório: pronto para a caçada. – Não podia ficar desapontada com o resultado negativo, havia outras mais no evento. Para mim era só questão de tempo para conseguir uma belezura. – E então... Hehehe! Certo. Vamos lá!

Ao sair do banheiro percebia que havia começado o baile. – Perfeito. Hora de entrar no clima. – Misturava alguns passos de danças com as artes marciais e ia seguindo um ritmo até encontrar uma joia rara. – Ali! – Meus olhos não podiam negar, a moça que chamava minha atenção só podia ser um pitéu, apesar de está vendo apenas suas costas. – Hehehe... – Ela tinha lindos cabelos brancos e, provavelmente, bem sedosos.

Agora só faltava visgar o alvo, para isso usaria uma das estratégias do meu mestre, no qual era chegar por trás, assim a vítim-, digo, a moça já ficaria surpreendida e, então não teria escolha ao não ser aceitar ficar com você. – Ei, gata. Você não é cardiologista, mas mexe com meu coração! – Encantaria a mesma com minhas lindas prosas.

Histórico:
Posts: 01 (Pag - 07), 02 (Pag - 11), 03(Pag - 16), 04(Pag - 20)
Localização: Banheiro
Interação NPC: -x-
Interação players: Tidus
Relações: Nagashi e Kekzy - caras que não deram o bote
Lady - uma adorável dama ruiva
Taka - Infeliz do banheiro
Wander - O grande salvador de calças
Tidus - Pitéu de costas
Ganhos: cueca rasgada


Última edição por Blum em 28/7/2020, 19:54, editado 2 vez(es) (Motivo da edição : a razão e cumer o #$#$Q de quem tá lendo)
Blum
Blum
Créditos : 0
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Rank D


_________________
[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 20 UlXqh8d
[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 20 26cbd746059d3b0a511cb79a8cda71c757ae0d24_00

No bar, Mustafá teve uma curta e parada conversa com seu irmão jurado Jetsun. Ele continuava tomando sua bebida e já conhecendo parte da personalidade do irmão jurado, não se surpreendia com os ocorridos.

Observou o diálogo entre Mizzu e Jetsun por algum tempo, sem interferir em muita coisa e não deixou de avaliar o primeiro, afinal, o rumo que a conversa proposta tomava era claro, Jetsun havia encontrado um novo irmão jurado e provavelmente iria lhe empurrar também.

A oferta feita por Jetsun foi até mais rápida do que o esperado
Ele ponderou por alguns instantes, até levantar o copo com a bebida e concordar com a cabeça.

_ Irmãos, então...

Aquele funeral poderia ser uma homenagem ao fim de muitos caçadores. Mas ao mesmo tempo era o começo de novas amizades e um grande futuro.

Posts: 01 (Página 1) 02 (Página 4) 03 (Página 5) 04 (Página 11) 05 (Página 13) 06 (Página 20)
Localização: Hall
Interação NPC: Nenhum diretamente nesse post
Interação players: Jetsun (Magma/X), Mizzu.
Relações: Jetsun (Magma), uma pessoa interessante e misteriosamente carismático. Aceitou sua pessoa como um irmão mais novo a quem deveria cuidar em sua alcatéia.

Mizzu, um rapaz simpático e engraçado também irmão jurado aos moldes de sua amizade com Jetsun.
Ganhos:
Van
Van
Créditos : 1
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Narrador


_________________
[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 20 LEBI9vH

[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 20 FJRmanF
Always and forever!


Hasegawa Risa — 008


Continuei escondida nas costas da minha prima até nos aproximarmos dos outros, quando pulei para o lado dela, agarrando-a pelo pescoço com o braço esquerdo e brindando os demais com o outro, a taça vazia apontando para o céu. — Yay~ — Tentei os assustar, com um largo sorriso no rosto, antes de puxar Mika para ainda mais próxima ao passo que assumia uma expressão mais séria. — Se eu estou bem? — A encarei por uns segundos, antes de voltar a olhar para os outros, toda sorridente. — Estou ótima! Fufufu!

Percebendo o desconhecido com Sarah e Hanayama, gesticulei com a taça em sua direção, num movimento quase como um soco no ar, perdendo momentaneamente o equilíbrio. — Yo~! Gostei da franjinha! — Comentaria, ainda sorridente, buscando ao redor por algum garçom desatento para que eu pudesse surrupiar mais uma daquelas bebidas para mim.

[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 20 Id151u0zir7z

Posts: 01 (Página 3); 02 (Página 6); 03 (Página 12); 04 (Página 13); 05 (Página 14); 06 (Página 15); 07 (Página 18); 8 (Página 20)
Localização: Hall
Interação NPC: - x -
Interação players: Mikaela Silverstone - Vincent, Sarah Lazo - Pepe, Evgeny Hanayama Ivanovich - Mirutsu, Raegar Godheim - Blindão
Relações: Kensei “Hiken” Sakuraba - GM da Draw Axe Guild, moço super simpático e de postura exuberante; Hana “Kunoichi” Yotsubari - GM da Draw Shield Guild, uma linda mulher, simpática e engraçada.
Ganhos: - x -
Noskire
Noskire
Créditos : 0
G$ 1,000
Localização : Sapporo, Hokkaido, Japão

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________




[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 20 5XMYfts [Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 20 TBkrTBK [Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 20 VCrRNtn



H. Risa

H. Risa









"Kimigayo"
NIPP[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 20 1f534N, 日本
東京, Tōkyō


—— [ O BAILE ]

—— Com licença, Carl. Preciso encontrar uma pessoa. —— ele disse, entornando o copo de uísque.

ㅤA passos largos, Hamano encurtou a distância entre ele e o renomado presidente da Força de Estratégia Defensiva do Japão. O homem de cabelos grisalhos tragava um cigarro amassado, como se o fumo estivesse perdido em um dos bolsos do seu paletó há muito tempo. Ele estava sozinho com um sorriso no rosto. O jovem caçador imaginou o motivo. Ele deve estar desfrutando de um pouco de paz, Hamano pensou, ao hesitar entre se aproximar ou não. Assim, ele decidiu esperar o homem terminar o seu trago, mantendo uma distância razoável.

ㅤNo entanto, para a sua surpresa, Hamano ouviu o homem falar com ele.

ㅤ—— Precisa de algo, rapaz? —— Matsuda disse.

ㅤ—— Perdão, senhor, não queria incomodá-lo. —— Hamano hesitou antes de continuar o dialogo;—— Eu me chamo Hamano Kazuma, senhor. Estive procurando a noite toda por um conterrâneo e você é o primeiro que vejo. Pensei em cumprimentá-lo.

ㅤ—— Entendo. —— Matsuda deu um último trago, jogando o resto do cigarro no chão e o selou com a ponta do pé. —— Você parece forte mas inexperiente...

ㅤ—— O senhor tem ótimos olhos. Não faz muito tempo desde que despertei. —— enquanto falava, Hamano notou o homem desviar o olhar algumas vezes. —— Senhor, agradeço pela recepção, mas não quero continuar o incomodando. É melhor voltar ao bar. Tenha uma boa noite.

ㅤHamano curvou-se antes de virar-se para sair.

ㅤ—— Espere, garoto.


Adendos:

Considerações:
— [04|05]
Armas:
Utilizados:
Controle:
Posts: 01 (Página 18); 02 (Página 19); 03 (Página 20);  04 (Página 20);
Localização: Hall
Interação NPC: Matsuda “Taka” Koto - Presidente da JDSF
Interação players: com que players está interagindo
Relações: registrar os players e NPCs que interagiu e que irão para a ficha
Ganhos:


Honimaru
Honimaru
Créditos : 0
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO


Grande reunião dos cornos caçadores - Post 3


Ská? Ela é de algum país nórdico ou algo do tipo?

- S-Ská... - Batia os canecos e tentava virar a bebida na mesma velocidade que a sua.

*Gulp gulp... Gha! Cof cof cof!!!

- Que bebida forte é essa? - Dava uns tapinha na mesa enquanto o líquido descia a garganta queimando. Isso não era cerveja normal! - É... Com certeza muito diferente daquela... Porcaria. - sair do champanhe de leve amargor pra essa cevada pura era um choque e tanto, nos próximos goles ia devagar, até me acostumar com o gosto.

- Não mesmo... - Era claro seu descontentamento com a festa, ou ao menos a estranheza, bom, estávamos no mesmo barco. - Eu já fui em muitos eventos assim, mas agora... São tão chatos, não me trazem boas lembranças. - Sorria meio descontraída tentando não lembrar muito de passados. - Hoje eu só vim mesmo pra trazer minha amiga como acompanhante, é meio que um sonho dela ou coisa do tipo. - Apontava para minha colega de quarto Hazel, correndo de um grupo para o outro e... Ela começou a dançar aquela música do créu junto dos outros? What the fuck... - Pelo menos ela tá se divertindo... eu acho

Hazel:
[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 20 A003080bdab71a46a647ffa3463208ad

- Eu sou Rem a propósito, Maschenny Rem. - Erguia o copo novamente à ela, parecia ser um cumprimento melhor do que dar as mãos.



Posts: 03 (Página 18); 02 (página 19); 03 (página 20)
Localização: Hall
Interação NPC: N/a
Interação players: Ivar (Oda)
Relações: N/a
Ganhos:
Reme
Reme
Créditos : 4
Localização : Seul

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Rank B


_________________



[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 20 TBO2FBd


The Eleventh (and last)
- Dance to Your Hearts Content II


Quando Byul e Moon-Young pararam de dançar, as pessoas ao redor se forçaram a aplaudir e elogiar. Honestamente, eles estavam dançado estilo livre, sem qualquer preocupação com elegância e beleza, seus movimentos eram largos e cheios de vitalidade, mas, não seguiam um único padrão e faltavam em graça. Entretanto, a dança havia sido tão cativante que era difícil de descrever. Não que Byul ou Moon-Young se importassem ou tivessem notado os elogios alheios – um deles estava sem seu próprio mundo e o outro provavelmente não tinha nenhuma emoção em relação a todo esse evento. Pensando em algo, Byul se virou para analisar a face de sua parceira de dança raposa – a mesma realmente parecia feita de porcelana e não expressava um único sentimento. “Você se divertiu?” O rapaz perguntou, curioso. Porém, a resposta foi, como esperado, apenas silencio. Isso o fez ponderar. ‘Talvez isso signifique que invocações não tem sentimentos e emoções... ou será essa falta de reação uma característica particular de Moon-Young? Ou talvez… eles nem sequer tem uma vontade própria? Por fim, tudo que pode fazer foi chacoalhar sua cabeça e desistir da questão. Era um novato no mundo dos caçadores, e sempre teria mais tempo depois para descobrir os segredos escondidos pelo surgimento dos portais. Atualmente, seria muito melhor aproveitar o evento e ter alguma diversão. 


As pessoas ao redor já havia parado de prestar atenção nos dois quando Byul decidiu se mexer, e foi apenas então que o rapaz notou que estava suando levemente. Enquanto que dançar parecia fácil, notou, também usava muitos músculos – especialmente quando ele e Moon-Young estavam ajustando seus movimentos a cada momento. Enquanto caminhava, Byul prestava atenção aos seus arredores um pouco – enquanto Moon-Young meramente o seguia com passos lentos. Então, bem quando ia perguntar mais uma coisa para a raposa, Byul enxergou uma face familiar em meio à multidão presente. 


A senhorita de anteriormente, Gwon-ni, estava conversando com alguém. Estava preparado para conversar com pessoas aleatórias até o fim do evento, se enturmar e conseguir o contato de alguns caçadores, mas, com alguém conhecido por perto, por que não conversar com ela? Podia imaginar que a mesma tinha sua própria agenda a cumprir, e que conversar com alguém não era tão simples quanto uma distração e sim, possivelmente, negócios; porém, Byul nunca foi alguém de se controlar por causa dos outros. Era rude e irracional quase que por natureza, e invadir a conversa de alguém era uma habilidade que a muito havia dominado. “Senhorita Gwon-ni, a quanto tempo~~” Ainda estava a uns dez metros quando gritou em um tom alegre, completamente ignorando seus arredores. Então, gargalhou ao ver as pessoas lhe encararem com olhos furiosos e incomodados. 


Gwon-ni também se virou em surpresa ao escutar alguém gritar seu nome, e quando viu quem havia lhe chamado o rapaz podia jurar que podia ler seus pensamentos – algo como ‘a criança excêntrica apareceu novamente’. Porém, sua opinião sobre ele não parecia ruim, de forma que a mesma afagou sua cabeça quando se aproximou. “Hm! É bom te ver novamente.” Ela então pausou por um segundo, como se pensando em algo. Então, virando-se para sua parceira de conversa, falou, “está aqui é a Senhorita Yotsubari”, introduziu a mulher. Então, virando-se novamente em sua direção, fez o mesmo em relação a ele, “e deste lado, temos Byul. Ele é... uma criança peculiar, mas, não necessariamente ruim.” 


“Yo!” A mulher cumprimentou, e Byul fez o mesmo. Então, ignorando completamente a mulher, se virou para Chee Gwon-ni. “Oh! Isto de lado,” chegou mais perto e abraçou o braço da mulher loira, “Senhorita Gwon-ni, por favor dance comigo!” A atmosfera ao redor pareceu congelar por um instante, o que Byul achou realmente peculiar. O que o garoto não sabia é que se fosse qualquer outra caçadora, especialmente uma de Ranque S, ele provavelmente teria sido colocado em coma ao tão descaradamente a abraçar. Nem mesmo a gentil Gwon-ni ficaria sem fazer nada ao ser abraçada tão subitamente. Entretanto, sendo Byul a pessoa em questão... ele não tinha qualquer malicia, e seu coração era puro a um nível assustador. Seus olhos brilhantes, sua expressão inocente, e sua energia vivaz e interesse estritamente em diversão... resumidamente, seus interesses nunca estiveram em Gwon-ni como mulher. Até um cego seria capaz de ver isso. Bem, em primeiro lugar, Byul jamais seria capaz de a abraçar se a mulher não deixasse – a diferença de velocidade de ação e reação, e percepção, entre eles era grande demais para tal. 


“Eu vi você dançando antes, e não acho que consiga fazer aqueles movimentos...” A mulher iria recusar completamente, mas então, os olhos esperançosos de Byul se encontraram com os seus. “Tudo bem, mas! Somente se você me deixar guiar.” Tanto por ter visto Byul dançar muito bem e se divertir tanto, quanto por seus olhos de cachorro sem dono, a mulher decidiu aceitar. Ao mesmo tempo, Gwon-ni se perguntou se, mesmo com seu corpo melhorado pelo despertar, teria calos depois de dançar tantas vezes em uma única noite. Byul, por outro lado, estava animado. Após dizer para Moon-Young esperar por ele, prontamente se dirigiu para a área apropriada para dançar junto a mulher mais velha. 


Do que se tratar dançar? Diferentes pessoas podem dar diferentes respostas. Para Byul, dança era uma forma de expressão – portanto seus movimentos livres, desordenados, mas, absolutamente estonteantes e chamativos. Porém, quando o rapaz começou a dançar com Gwon-ni, e deixar-se ser guiado pela mesma, sentiu que para a mulher dança era um fluxo continuo – movimentos conectados e suaves que se complementavam, resultando em graça, beleza e um sentimento de paz. Isso não queria dizer que abandonaria seus meios, pois a diferença na forma que dançavam também representava uma diferença fundamental em suas personalidades. Entretanto, era interessante pensar no assunto. “Não pense, apenas dance.” Gwon-ni pareceu ser capaz de ler seus pensamentos, sorrindo conforme continuava a lhe guiar. 


Os passos dos dois eram lentos em certos momentos, então aumentavam de velocidade e seus movimentos se tornavam mais expressivos – mas, sempre, suaves e calmos. Por momentos, Byul acreditou que pisaria nos pés da loira, entretanto, a experiência com Moon-Young mais cedo foi o suficiente para absorver o básico e, portanto, conseguiu acompanhar a mulher. E assim eles continuaram por algum tempo, Gwon-ni guiando os movimentos dos dois, decidindo quando se mover, para qual direção e qual movimento – enquanto que Byul sorria o tempo todo, aproveitando o sentimento. 


Quando terminaram de dançar, as pessoas ao redor aplaudiram. Gwon-ni educadamente agradeceu os elogios, enquanto que Byul apenas abanava. 


Ao voltarem para o lado de Hana Yotsubari, a mulher imediatamente se manifestou. “Nice!” Byul gargalhou vendo a mesma falar inglês. “Mas, a sua dança com sua amiga aqui também foi incrível.” Byul não estava muito preocupado com isso, mas, aceitou o elogio mesmo assim. Foi então que... 


*Growl... 


O som de um estomago roncando ecoou nos seus ouvidos. Olhando para a culpada, Byul viu sua invocação parada, quita, com a mão sob seu estomago. Seus olhos revelavam sua surpresa, pois, jamais havia pensado que invocações sentissem fome. Para ser sincero, acreditou que elas se alimentavam da mana que consumiam para serem invocadas. “Ok, então... Senhorita Chee, Senhorita Yotsubari, bye bye~” Livre e desimpedido como sempre, Byul partiu como o vento – sem explicação e sem se importar se alguém queria dizer mais alguma coisa. Sua saída em direção aos comes e bebes foi tão natural que as duas mulheres só reagiram quando desapareceu em meio a multidão. 


“Parece que sua definição de excêntrico é certeira.” Escutando o comentário da outra mulher, Gwon-ni suspirou e massageou suas têmpora. “Mas, ele não é ruim... só... preocupante, eu diria.” Tendo deixado o local, Byul não sabia da conversa das mulheres e, mesmo que soubesse, não teria uma opinião sobre o assunto. Agora, tinha outra missão: alimentar sua invocação, cujo estomago continuava a roncar!



Controle:
Posts: 01 (Página 1); 02 (Página 2); 03 (Página 6); 04 (Página 6); 05 (Página 7); 06 (Página 8); 07 (Página 8); 08 (Página 9); 09 (Página 9); 10 (Página 19); 11 (Este)
Localização: Hall
Interação NPC: none at the moment
Interação players: x
Relações:

  • Gojo Saeun - Byul o desafiou durante o primeiro momento do evento e prestação de homenagens fúnebres, acabando com costelas quebradas e uma concussão. O Tigre Branco disse a Byul para o "desafiar quando ficar mais forte" (sic), e sua opinião do rapaz não parece ser negativa. Sua aura bestial atraiu a atenção de Byul, que o achou uma pessoa extremamente marcante.
  • Chee Gwon-ni - Byul conversou com a mulher durante a prestação de homenagens fúnebres e revelou sua história para a mesma, fazendo a mesma sentir pena do rapaz e o confundir com uma criança (o que Byul não esclareceu). Durante os momentos finais da reunião anual, Byul dançou com a loira. Gwon-ni tem alguma ciência da natureza um tanto deturpada de Byul e, conhecendo sua história, sente-se triste pelo mesmo e não acredita que ele seja propriamente ruim, mas, sim, preocupante. Byul gostou de conversar com a mesma, e se refere a ela como Senhorita Chee.
  • Haeseon Mwaan-Zuei - após Byul o interpretar como um chefe da mafia japonesa, e posteriormente atuar como o Tigre Branco, Haeseon desenvolveu certo interesse no rapaz e lhe deu seu número de contato pessoal. Sua opinião de Byul é que ele parece ser uma 'criança (não literalmente) interessante' e divertida. Byul tem dificuldade em lembrar de seu nome.
  • Swoo O-Jin - Byul o convidou para dançar e foi recusado.
  • Hana Yotsubari - Byul interagiu brevemente com a mulher nos momentos finais da reunião, pois a mesma estava conversando com Gwon-ni.

Ganhos:

  • Cartão da Guilda Knights - somente um cartão com o número do RH, não um convite ou aprovação!
  • Contato de Gwon-ni (A ser avaliado pela staff?)
  • Contato Haeseon Mwaan-Zuei (?)



Nue
Nue
Créditos : 0
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Designer


_________________
[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 20 FfRrSFc



[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 20 D78fECX



EVENTO SOLO LEVELING
Festa de Gala³+¹



O coreano formou um plano para conseguir uma calça para o loiro, eu não sabia que estava fazendo parte desta missão já que fui colocado ali por acaso e só por ouvir o plano e estar de pé em frente aos sujeitos, me consideravam como um membro daquilo tudo. Não falei nada nem questionei, apenas olhei para eles e percebi que deixar o rapaz sem as calças não era algo certo, porém também não estava disposto a deixar Inoue sozinha para arranjar a calça de um desconhecido. O plano era bolado com sutileza, concordei com a cabeça, porém não dançaria de verdade, apenas esperaria perto do banheiro impedindo as pessoas de entrar enquanto os dois sujeitos iam arranjar uma calça.

Ao sair do banheiro me deparei que o coreano era o dono do cachorro que se chamava Xaropinho. – Pai, fez xixi? – Passei meus olhos nela com uma feição doce, apenas afirmei uma mentira. – Sim. – Ela não poderia sequer saber o que diabos tinha acontecido, se era demais para mim imagine para uma garotinha de apenas seis anos? Era uma mentira para o bem, os pais sempre fazem isto para cuidar de seus filhos, só não pensei que o motivo da primeira mentira para o bem maior fosse tão bizarro. Fique de longe observando os sujeitos, chamavam um homem importante para um duelo de dança, os passes e os ritmos não eram tão usuais tanto que eu mal sabia o que estavam cantando, tinha um ritmo quente, era algo ocidental, uma música latina. Observei tamanho duelo e quando vi o primeiro competidor falhar, notei que a chance de ficar em pé perto do banheiro duraria para tempo que estimei. – Pai, a música ta tocando, vamos dançar? – Minha filha perguntou. – Sim, já, já, a gente dança. É que tem uns amigos do papai que estão dançando bem ali. – Apontei para os sujeitos, outro homem assumia ao ver que o coreano havia perdido.

Havia um estilo militar presente na dança do sujeito, ele também perdia perdendo a força das suas pernas e caindo enquanto o coreano gritava o que seria o nome do rapaz, Asura. -  Pera, isso não pode ser.. – Sussurrei cobrindo minha boca com a destra surpreso, o que eu estava vendo não era uma cena qualquer. – Tão.. Shonen. – Fiquei perplexo e tive que segurar o choro, pois nunca considerei ver isto na vida real, pensei que essa perspectiva não existisse na nossa realidade, por um instante vi Giorno Giovanna e Guido Mista naquela ocasião. Os olhos do dançarino perdedor estavam em fúria, ele usaria de todas suas forças para derrotar aquele que sempre foi o mais forte de todos. – Pai! Ta doendo?! – Inoue estava assustada, notei segurando o choro parecia que estava sofrendo. – Ah não! É que me assustei com a dança dos amigos do papai. – Ela observava o desfecho final e Xaropinho exercendo todo seu talento. – Os amigos do papai são estranhos.

Momentos Atuais


Tudo tinha se ajeitado, um homem havia recebido sua calça, o coreano havia dançado e Asura estava em pé. Não tinha feito nada demais, porém vi além do que jurei ver vindo a este evento e agora cumpriria com a promessa feita a minha pequena. – Vamos dançar Inoue.



Posts: 04 (Pag 3, 7, 10, 20)
Localização: Hall
Interação NPC: Inoue
Interação players: Wander, Blum e Masques
Relações: Minamoto Hayato (Tidus): Jovem educado que trajava vestes formais japonesas além de carregar consigo uma mascara de raposa.
Blum: Loiro japones que conseguiu calças.
Wanderley: Coreano streamer que possui traços shonen em sua pessoa além de parecer ser um bom dançarino.
Asura: Homem que sacrificou seu vigor para trazer uma calça a sua nação.
Ganhos:
Takamoto
Takamoto
Créditos : 0
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Rank C


_________________
[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 20 9o5cWo8


what does not kill you make you stronger.
Tank Rank-E
Legendas
FALAS SKILLL

O rapaz ao meu lado parecia contente com a exaltação por parte de Sarah, provavelmente feliz por ela se importar com ele e com a discriminação; não posso negar que também fiquei empolgado com atitude dela. Hanayama concordava comigo quando havia sugerido em primeiro lugar eles ganharem experiencia, para então vir a criar sua guilda sem rótulos e preconceitos.

Por outro lado, Sarah apesar de concordar com meus argumentos, era perceptível uma vontade de ignorar tudo e fundar sua guilda de qualquer forma. As palavras dela possuíam sentido e eram a realidade, de fato falar era fácil, já fazer? Bem mais complicado. No entanto, dizer que seria impossível? Isso sim eu discordaria. Já estive diante do impossível, e ainda mais impossível estou vivo apresar de tudo. Como posso dizer que é impossível almejar alto, mesmo sendo fraco. Claro que é possível, só requer mais esforço e dedicação.

~ Pois é né. Diria expressando um ar sem jeito e concordando com a opinião da caçadora; apesar de entender a indireta dela quanto a meu rank, não me sentia ofendido de forma alguma. Discutir com ela parecia ser irrelevante e não era meu objetivo. Havia sim dito algumas verdades, mas da mesma forma ela também havia respondido. “A realidade era nua e crua, mas aceitar ela não seria o mesmo que... desistir?” Pensava comigo por alguns instantes enquanto olhava nos olhos da Hunter.

Foi então que havia descoberto que a irmã mais nova de Sarah era uma caçadora rank-B, agora fazia sentido o motivo de Sarah achar o mundo injusto, afinal, sua irmã ascendeu num rank bastante superior. ~ Huuuh, sua irmã foi privilegiada em. Háhahaha. Diria de forma descontraída ao mesmo tempo que expressaria um sorriso carismático.

Por fim, o evento começava a tocar uma musica mais incentivadora, já que, era hora do baile. Hanayama estava disposto a dançar já se arrumando enquanto Sarah viria a se despedir de forma educada e amigável. ~ Ah! Eu que agradeço sua generosidade. Diria ao estender a mão e cumprimentar a mesma. ~ Boa caçada. Diria para ela de forma risonha e encorajadora, ela era persistente e eu respeitava isso.

Nem se quer havia prestado atenção em quem estaria dançando ou que musica estaria tocando, havia permanecido com a ideia da caçadora sobre criar uma guilda sem preconceitos, principalmente quando o sistema ressurgia informando que havia possuído êxito.
~Biip

Mensagem Sistema escreveu:Quest Finalizada
Faça amizade com algum caçador no evento.
Concluída.

“Só pode ser zoação.” Coçava a cabeça meio confuso, mas alegre por de certa forma ter sido obrigado a fazer algo que no fim havia valido a pena; bastante por sinal. “A Sarah é obstinada, isso é notável. Apesar de meu discurso e sugestões, no fim ela que veio alegrar minha noite.” Antes da caçadora ir embora, uma outra mulher havia chegado. “Cabelos brancos!? Deve ser a imrã da Sarah.” Pensava comigo ao perceber, pela forma de tratar da mulher para com Sarah, que poderia ser sua irmã.

A outra mulher de madeixas platinadas me cumprimentava, um pouco sem jeito responderia. ~ Olá, mas já estou de saída. Diria ao gesticular com a mão de forma a me despedir. No entanto, para minha surpresa uma outra garota surgia de trás da irmã de Sarah. Ela falava estar bem e em seguida viria a me cumprimentar também. ~ Háhaha, agradeço seu elogio. Diria de forma educada. “Isso foi elogio mesmo ou ela está me zoando?” O pensamento de quase sempre ser motivo de piada não saia da cabeça, apesar que no fim eu não ligaria.

~ Foi um prazer conhece-las, mas se me derem licença. Terminaria de falar ao virar de costa e enfim ir embora. Aquele pensamento parecia ter grudado em minha mente. “Criar uma guilda como se fosse uma casa para caçadores desafortunados.” Isso seria incrível demais! Mesmo que eles não fossem fortes, seria possível evitar muitas mortes ao passar conhecimento, dar equipamentos, distribuir grupos balanceados e ainda ajudar o país demasiadamente. “Será que existe alguma guilda assim? Não, se existisse já teria ouvido falar.” Soltaria um suspiro, mas carregando um esboço de sorriso agraciado. ~ Me pergunto... eu poderia tentar criar uma guilda assim? Falaria em um tom baixo enquanto viraria de costa observando todos ao redor e, sem delongas, caminhava até um dos cantos mais isolados do salão; como não era minha praia dançar, preferia permanecer com aquele sentimento e meus pensamentos.



Hp : 720
Mp : 240

Objetivos:
Puxar papo com alguém.
Evento:

Nome do Player ~ Raegar Godheim
Nº de Posts ~ 01 (pag 7); 2 (pag 15); 3 (pag 15); 4 (pag 16); 5 (pag 20)
Localização: Funeral/Hall/Externo
Interação NPC: ~x~
Interação players: @PEPE; @Miru; @Noskire
Relações: Sarah; caçadora rank-D. Após conversar com a mulher, Raegar sentiu respeito pela ambição da jovem como também ficou inspirado por ela.
Evgeny Hanayama; caçador. Não se sabe muito dele, mas que sua educação é impecável.
Ganhos: ~x~

Skills:

~x~


Blindão
Blindão
Créditos : 0
G$ 1,000
Localização : Los Angeles, Eua

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Rank E


_________________
[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 20 Va93oAq



»» Hunter's Bureau ««

- Llyz Chevalier -




Reeszith… - sussurrava o nome daquela mulher melancólica após uma breve conversa e apresentação, estava certa em um ponto, ela havia de fato perdido alguém importante e sua resposta possuía um peso muito singular que não me permitiu contestar com palavra alguma. - Sensação de culpa… - pensei ao ouvir sobre a dungeon e a vontade de Reeszith estar naquele momento fatídico. Por mais que bebesse junto da mulher, não conseguia acompanhar seu ritmo o que por si só já era algo preocupante, uma vez que me considerava alguém bem afeita a bebidas. Observava seus trejeitos, seu olhar perdido em meio aquele evento tão cheio, só havia sinal de vida naqueles olhos quando ela os colocava de encontro aos meus, como uma maneira de transmitir uma sensação de que ainda estava viva e lúcida. - Finalmente alguém triste neste local… - comentei de forma ácida, quase que como em tom de alívio antes de beber mais um pouco do vinho.

Você não precisa sair dessa. - inclinava-me sobre o balcão, chegando perto dela como se estivesse a contar um segredo. - Porque soldados nunca superam seus traumas? Por estarem mais preocupados em sair deles do que enfrentá-los. Você não estar lá, só significa que você não estava lá. - dava de ombros, como se tentasse remover o peso daquela culpa que a mulher carregava. - Esse tipo de coisa seria você? - a questionei, soltando uma risada irônica. - Olhe para onde estamos… quantos estão fingindo estar felizes, ou que tudo está bem. Até o momento é uma das pessoa mais autênticas que achei nesse local - não podia negar que Talbot também era autêntico em sua própria maneira. - Se você é um problema, só me provoca mais curiosidade, mas hoje eu pretendo respeitar o fundo do seu poço. - embora as palavras fossem frias, havia um certo carinho nelas. Por alguma razão buscava ser agradável com a mulher, mas talvez não tivesse as melhores ferramentas para a ocasião.

Pretende se afiliar a alguma guilda? Pois pretendo tentar a sorte em uma sediada em Chungju, na Coreia. -
comentei, deixando a taça de vinho vazia e sinalizando o garçom para que também trouxesse o copo de Whisky. - Loucos, depreciados, melancólicos, problemáticos...os que procuram problemas, os que criam, os que são um problema. Sempre gostei desse tipo de gente, sempre fui alguém assim. - pegava o copo de Whisky, bebendo um gole do mesmo. - Mas tenho grandes planos, então prefiro não ficar muito tempo no fundo de um poço. - olhava para Reeszith com seriedade e interesse. - O que acha de um acordo? Após esse evento, se nos encontrarmos outra vez e você ainda estiver presa a essa culpa… - beberia mais um gole de whisky. - … eu te ajudo a sair dessa e em troca você me ajuda em meus objetivos. O que acha? - sorria.



Posts: 06 (Página 2); 02 (Página 6); 03 (Página 13), 04 (Página 15), 05(Página 17), 06(Página 20)
Localização: Funeral/Hall/Externo
Interação NPC: Taek Monji
Interação players: Yami (Gwyn Talbot), Over (Kurono Bradley), Ryoma (Reeszith Vorthic)
Relações:
Ganhos:





Llyz
Llyz
Créditos : 0
G$ 1,000
Localização : Córsega - França

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Rank C


_________________
[Evento Global] - A Reunião Anual do Hunter's Bureau! - Página 20 48yZaoi

Página 20 de 22 Anterior  1 ... 11 ... 19, 20, 21, 22  Seguinte

Ir para o topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos
Layout desenvolvido por Roevs, Remenuf e Mizzu
SOLO LEVELING RPG (2018 - 2020)