LFBR

A Lenda do Herói!

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

22/7/2020, 15:13




Aventura

Aqui ocorrerá a aventura do Caçador Gwyn Talbot, a qual não possui narrador definido.

Reme
Reme
Créditos : 4
Localização : Seul

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Rank B


_________________



A Lenda do Herói! TBO2FBd
26/7/2020, 19:45







Gwyn Talbot

Gwyn Talbot








O sabor de sono ainda preenchia minha boca na medida em que os bocejos me despertavam. Os olhos pregados precisavam do dobro de esforço para se mover, deixando aos poucos a luminosidade do quarto contrair minhas pupilas. ~ Huh... Que horas são? ~ Pensava ainda sonolento, tateando a escrivaninha ao lado de minha cama em busca de meu celular. Os olhos cansados tentavam enxergar os números na tela luminosa, me fazendo notar que já eram 10 da manhã. — É, o dia não vai se fazer sozinho... — Me espreguiçava ouvindo os rangidos de meu braço metálico após tanto tempo imóvel. Por estar debaixo das cobertas por tanto tempo, o calor residual na prótese incomodava a pele de meu ombro, mas aos poucos ia se ajustando.

Olharia nos arredores para a bagunça de sempre, observando caixas empilhadas em um canto que eu estava enrolado para desfazer. Por ter me mudado faz tão pouco tempo, as coisas ainda estavam engatinhando para formar uma casa bem organizada, mas confesso que precisava ser mais proativo em relação à isso. — Faremos o seguinte, Sr. Talbot: a cada 5 bichos que matar, você vai ser obrigado a arrumar uma caixa hoje! — Falando para mim mesmo, me ergueria mais animado com um salto, esticando meu corpo por completo enquanto dava o último bocejo.

Percorreria a sala para alcançar a geladeira, pois como o apartamento era do tipo loft, todos os ambientes eram compartilhados num único maior, separado apenas por mobílias e organização da casa. Tentaria alcançar alguns cereais que seriam um jeito rápido de saciar a fome para quem tem pressa. Enquanto comia, abriria meu notebook e começaria a buscar algumas ofertas de grupos para Dungeons que eu pudesse ser capaz de lidar, esperando que a aventura e as novas pessoas pudessem ao menos ser tão gratificantes quanto quebrar alguns monstros no soco!



Objetivos!

  • Participar de uma Dungeon de rank C ou D (o que for equivalente ao meu nível junto a outro grupo);
  • Ganhar algum dinheiro com isso;
  • Desenvolver mais a personalidade do personagem.





Legendas:

  • Fala
  • Pensamentos

Spoiler:

Posts: 1
NPCs conhecidos: Nenhum
Ganhos: Nenhum
Perdas: Nenhum
Extras: Nenhum


Yami
Yami
Créditos : 0
G$ 1,000
Localização : Tokyo - Japão

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
30/7/2020, 20:05

~~ NARRAÇÃO ~~

A manhã estava como de costume em Tokyo; turbulenta, pessoas se amontoando por onde quer que vá e clima meia estação. Talbot, um jovem rapaz recém despertado, havia acordado num horário relativamente tarde, principalmente para uma cidade que já cedo o pessoal começava seus afazeres.

A casa estava bastante bagunçada, talvez não mais que os cabelos louros do rapaz, mas estava quase lá. Após tomar seu café da manhã, quase na hora do almoço, Gwyn conversava consigo mesmo para se motivar e assim buscar serviço como caçador, afinal, seria seu primeiro portal oficial como rank-C: warrior.

Havia algumas formas de ele buscar serviço, uma delas seria seu celular ao qual estaria vinculado a um site especifico que só caçadores possuíam acesso; sempre que um caçador desperta e faz sua avaliação, seus dados são postos no sistema da associação de caçadores e lá fica contido na base de dados. Por isso, caçadores com acesso especial podem ver toda ficha, mas todos em si podem ver os dados básicos.

A outra forma de conseguir serviço como Freelancer seria buscando nos jornais; apesar de ser algo meio ultrapassado ainda existem algumas guildas que recorrem a esse método arcaico. Supondo que o jovem seja modernizado, Talbot poderia ver na pagina dos caçadores alguns anúncios. Dentre eles: “Portal Rank-C, precisamos de freelancer suporte!” Já outros: “Portal Rank-B precisamos de 3 Healer’s, 2 Tank’s e 2 Mages; Urgente!” E por aí vai. Esses em si estariam em vermelho, mas se o rapaz prestasse atenção, logo no anuncio estaria algumas letras em menor tamanho: “com experiencia de preferência.” A maioria exigia ter experiencia como caçador, o que poderia dificultar a tentativa de o garoto tentar entrar no grupo, mas nada impediria de o caçador tentar.

Caso Gwyn olhasse mais abaixo, estaria alguns portais rank E e D, sendo um dos rank-D com o seguinte anuncio chamativo: “Precisasse de 1 Warrior, portal Rank-D está para se romper em 27 horas. Devido a falta de caçadores e urgência extrema, qualquer Freelancer até mesmo inexperiente será bem-vindo.” Postado por “Mamoru”. Talbot poderia optar em qual anuncio responder, talvez uns já estivessem sendo feito e não foram atualizados; apesar de isso não ocorrer com frequência. Por outro lado, o rapaz poderia pegar escolher um que fosse mais fácil e mais certo.




OFF:
Pegar notebook HAHAHAHAHAHAHAA vai sonhando rapá, tu é pobre! Notebook é so pra rico.
Blindão
Blindão
Créditos : 0
G$ 1,000
Localização : Los Angeles, Eua

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Rank E


_________________
A Lenda do Herói! Va93oAq
2/8/2020, 14:00







Gwyn Talbot

Gwyn Talbot








Com a preguiça que dominava o meu corpo naquele instante, dividir a atenção entre a vasilha de cereais e o celular era a coisa mais prática a se fazer. O dedo deslizava pela tela enquanto mastigava com calma meu café da manhã, ainda relaxado na cama para espreguiçar os músculos. — Droga... Tudo exige experiência. Se eu não tivesse negado a ajuda do meu velho, talvez tivesse algum tempo de prática agora. — Resmungava, mas não arrependido pelas escolhas que fiz. Meu pai havia sido grande inspiração e norteador para meu caminho como Caçador, assim como meu sensei Mamoru, que deveria estar ocupado em suas caçadas também.

Inspirado a dar um dia orgulho a todos esses que construíram meu caminho junto comigo, continuei a procurar até encontrar o nome de meu mestre, anunciando uma vaga de urgência para uma Dungeon de Rank-D. — O sensei fazendo uma de Rank-D?! É a oportunidade perfeita! — Não sentia-me privilegiado em conseguir tal vaga, uma vez que eu encaixava-me perfeitamente nos requisitos. Clicando rapidamente no anúncio, preencheria os formulários necessários com uma velocidade extra, enquanto me levantava e ia colocando minhas roupas. ~ Se só falta 27 horas até essa Dungeon ser aberta, será que é uma Dungeon de Rank falso? Talvez seja mais perigosa do que parece... ~ A linha de pensamento poderia amedrontar muitos da minha idade ou de meu Rank, mas isso era apenas um motivador extra para mim.

Caso fosse aprovado minha inscrição enquanto me arrumava, rapidamente sairia de casa trancando as portas atrás de mim. Se fosse próximo o suficiente, correria até o local indicado, mas me contentaria com o metrô caso estivesse numa área mais distante. Com o sorriso típico no rosto, ia cumprimentando os conhecidos na rua na medida em que corria, mas não tendo a calma do dia-a-dia de conversar com mais atenção. — Hoje será minha primeira Dungeon!! Torçam por mim!! — Diria, caso encontrasse alguns rostos familiares durante minha corrida rumo à minha estréia.





Legendas:

  • Fala
  • Pensamentos

Spoiler:

Posts: 2
NPCs conhecidos: Nenhum
Ganhos: Nenhum
Perdas: Nenhum
Extras: Nenhum


Yami
Yami
Créditos : 0
G$ 1,000
Localização : Tokyo - Japão

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________
A Lenda do Herói! QjpqXHv
5/8/2020, 21:17

~~ NARRAÇÃO ~~

O jovem rapaz Talbot havia se surpreendido ao ler o nome “Mamoru” supondo que era seu sensei. No entanto, esse em si não era o nome do criador do anuncio, mas sim a alcunha dele, já que, Mamoru tem como significado: “Proteger ou protegido”. Após enviar a resposta para o portador do comunicado sobre o portal, o mesmo responderia.

Mensagem escreveu:Aguardo sua chegada no Parque Tokyo Disney Sea.

Haveria um link para ser acessado na mensagem que faria o aplicativo do GPS ligar e sinalizar o local; que de fato seria no parque Tokyo Disney. A foto do homem estaria no anuncio e Talbot poderia confirmar que não era seu sensei, mas sim outro homem. Ele possuía cabelos espetados e barba por todo rosto; dava para dizer que era um homem vivido.

Após sair por volta das dez da manhã, Gwyn cumprimentava alguns vizinhos e recebia um “Boa Sorte”. Após chegar até a localização, havendo a escolha de ir a pé demorando aproximadamente 1 hora e 7 minutos ou de ônibus cerca de 35 minutos; caso optasse em chamar um Uber chegaria ainda mais rápido, 23 minutos. Custo da passagem seria em torno de 5 kek, enquanto o uber custaria 10 kek.

Ao chegar no enorme parque de diversos, veria o mesmo fechado. Era algo estranho, mesmo em uma manhã em plena semana. O motivo era obvio: um portal estaria aberto lá. Talbot ao andar pelas ruas do local, percebendo como era vasto a extensão do Tokyo Disney Sea, levaria alguns minutos até que percebesse a entrada fechada com dois seguranças da associação que viria a lhe abordar. – Boa tarde senhor. Sinto lhe dizer, mas o parque está fechado devido a um portal descoberto a poucas horas. Um grupo de caçadores fechará o portal. Por favor, retorne dentre alguns dias. Os funcionários da associação utilizam ternos e eram educados.

Após dar a informação, caso Gwyn viesse a informar que era caçador e seu nome, o outro viria a dizer. – Ah sim, já fui informado pelo Mamoru sobre sua vinda. Ele está próximo do lago. O sujeito apontava no final do parque onde haveria um lago. Após passar pelos seguranças, caminharia alguns minutos até notar um pequeno grupo de caçadores conversando; inclusive o sujeito que haveria posto anuncio.

- Parece que o último membro da equipe chegou. Diria Mamoru ao coçar sua barba e fintar o rapaz assim que o louro se aproximasse. – Bom dia garoto. Me chamo Kouki Ryohei e sou um Tank Rank C. Todos me chamam de Mamoru. Sinta-se a vontade em me chamar como quiser. Ele terminaria de falar ao apresentar o outro homem perto dele. – Esse é o Laz Fuyen; um mago Rank D. O homem possuía cabelos volumosos, porte magro e vestes largas. ele portava um tipo de corrente de pulso bastante chamativa, havia joias e parece ser um item especial. utilizava também uma capa semelhante a duas mantes sobre as costas que praticamente ficavam oscilando conforme o vento batia sobre elas. – Essa é Yuuma Ren Mya, uma lutadora Rank C. Havia uma mulher bastante bela próximo deles. – Olá, tudo bom? Ela diria com um sorriso amigável, possuía belos cabelos alaranjados, roupas que deixavam corpo mais amostra e um par de manoplas bastante peculiar, pois, possuíam um tipo de anexos em suas munhequeiras. – Fala aí moleque. Diria Laz com um sorriso empolgado. Os caçadores possuíam poucos itens, talvez por causa dos seus ranks ou quem sabe a despreocupação com rank do portal.– Vi seu histórico e não encontrei nenhuma Raid oficial. É sua primeira vez, caçador Talbot? Perguntaria Mamoru ao olhar para o louro com certa intensidade. Ele por sinal, era o único que parecia não utilizar nenhum item, exceto uma roupa tradicional de luta marcial; tipicas do karate.

Após Gwyn se apresentar e confirmar, o líder do grupo viria dizer. – De qualquer forma não tem problema. Seremos esse grupo aqui composto por nós quatro. A guilda que representamos é Dark Phoenix, ouviu falar? Era provável que Talbot não teria, pois, era uma guilda cujo guild master era rank B. – Já era de se imaginar. O mestre da guilda não é muito famoso e está hospitalizado devido aos ferimentos do último portal que foi, então estou liderando atualmente até sua volta. Kouki diria ainda prevalecendo sua face séria, ele era do tipo direto e franco.

]– Ei velhote, o cara não tem nada haver com isso, para com essa melancolia. Laz diria ao fazer um gesto com sua mão, sinalizando uma arma apontada para a lateral de seu rosto. – Esses jovens de hoje em dia não tem paciência... Mamoru diria ao soltar um suspiro e retornar a falar. – Vamos nos atentar ao que importa. Diria o homem ao caminhar até a beirada do rio que existia dentro do parque temático. – Veja bem, o portal foi visto recentemente por um dos funcionários do local que caiu durante a limpeza dentro do lago. O portal foi medido e sua força não é alta, como pronunciei no anuncio é um portal rank D. Porém, existe certa dificuldade em acessa-lo devido estar em baixo desse rio. Ele então apontaria para o lago, Gwyn poderia notar certa turbulência na água, mas nada muito exagerado. – Estávamos dialogando antes de sua chegada sobre a dificuldade em si que é de irmos até lá, pois, a entrada está bem no fundo do rio. O velho homem viria a coçar a barba enquanto retornaria a analisar o local.

Não demoraria muito para Laz se aproximar de Mamoru e falar. – Já falei seu velho gagá! É só prender a respiração e entrar, porra! Que dificuldade de entender você tem em tá caduco né. Após falar, a mulher atrás dele se aproximaria e com um tapa empurraria ele para dentro do lago. – Realmente é só isso, boa sorte. Laz cairia dentro do mar e espernearia, demonstrando estar irritado. – O problema é se a fenda interligar a outro rio, teríamos pouco tempo para subir. Ainda que o azar seja alto, talvez o local seja uma Dungeon aquática. Hum, que situação problemática. O velho homem faria uma observação inteligente, mesmo que improvável, ainda sim era uma possibilidade.

A mulher por sua vez viria a pegar de uma mochila próxima a eles uns sacos pretos. – Senhor Mamoru, podemos utilizar esses sacos de ar. Para fazer uma varredura, o que acha? Perguntaria ela. – Pode ser, mas ainda tenho minhas suspeitas. Diria o homem ainda mais sério. Talbot poderia perguntar sobre valores de sua participação, talvez dar sua opinião quanto a situação, mas agora ele havia entendido o motivo de não terem percebido um portal de rank baixo, isso era pelo fato de que sua entrada era bastante furtiva.




Guild Dark Phoenix; Grupo Atual:
Kouki "Mamoru" Ryohei; Tank Rank C
A Lenda do Herói! CJ0tgkO
Laz Fuyen; Mage Elementalist Rank-D / Yuuma Ren Mya; Warrior fighter Rank-C
A Lenda do Herói! TXWOvKX
Blindão
Blindão
Créditos : 0
G$ 1,000
Localização : Los Angeles, Eua

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Rank E


_________________
A Lenda do Herói! Va93oAq
8/8/2020, 14:44







Gwyn Talbot

Gwyn Talbot








No metrô, estava animado como uma criança indo ao parque de diversões. Não é como se eu fosse muito adulto, e eu estava de fato indo para um parque de diversões!! A animação mal cabia no peito, e o sorriso deslumbrante ficava estático em minha face, o que talvez justificasse algumas pessoas se afastando após um tempo perto de mim. Com os passos apressados pelas escadas da estação, iria seguindo a rota do GPS até o tal parque, refrescando em minha mente novamente o rosto do Caçador que tinha o mesmo nome do sensei. ~ Ok... O sensei nº 2 deve estar aqui por perto. O GPS indica que é para... ali! ~ Iria andando até ser barrado por um guarda, que explicava o motivo de tudo estar fechado.

Com o sorriso ainda no rosto, eu apontaria o dedo indicador para mim, com toda a confiança que me transbordava. — Sim, eu sou o caçador Gwyn DeWitt!! Irei cuidar disso tudo, não se preocupe! — Com a passagem agora livre, agradeceria a boa educação e aos serviços do bom homem e seguiria ao grupo que aguardava-me mais adiante. O enorme homem dizia que era Mamoru, e por um instante esquecia de que esse era o seu nome, confundindo-o novamente com meu mestre. — É um prazer, sensei!! — Apesar do termo usado poder ser facilmente confundido com seu uso corriqueiro de respeito à uma figura mais sábia, na verdade eu estava mesmo confundindo com o meu próprio sensei, afinal o nome "Mamoru" para mim já estava totalmente associado ao termo em questão.

A apresentação dos outros era breve, mas ainda assim daria uma saudação calorosa. Ao invés de simplesmente cumprimentá-los com uma reverência, apertaria suas mãos com firmeza, sorrindo e balançando enquanto dizia. — Vocês devem ser bem fortes!!! Espero que possamos ter boas batalhas lá dentro!! — E quando fui falar com a Lutadora, meus olhos brilhavam e, ao invés de apertar sua mão, esticaria o punho para um soquinho. — Ótimo saber que tem outra como eu por aqui!! Vamos deixar nossos punhos resolver esse portal em tempo recorde! Ghyahahahaha!

O papo continuava, ao mesmo tempo em que eu refletia e olhava aos arredores, buscando o portal que deveríamos entrar. ~ Três Warriors, sendo dois Fighters? Eles estavam buscando especificamente Fighters no anúncio... Então será que os monstros dessa Dungeon tem fraqueza à dano corpo à corpo? ~ Questionava, achando meio estranho o balanceamento que haviam feito, mas ainda assim não expressaria tal pensamento. — Ah, sim, é minha primeira Dungeon oficial. Já tive experiências com monstros antes... Mas digamos que cometi erros no incidente de Hokkaido que não pretendo repetir. — Mostraria o meu braço mecânico, juntamente com um pedaço de minha perna metálica também. Caso não soubessem do que se tratava tal incidente, explicaria que foi um caso de um portal de uma zona remota que acabou abrindo por não terem encontrado o portal a tempo... E exatamente por isso esse portal de agora me chamava tanta a atenção. Eu não podia deixar aquele fatídico dia se repetir com outros.

Referente à Guilda da Fênix Negra, eu colocava a mão no queixo, olhando para o ar por uns breves instantes tentando pescar algo da memória. — Hmm... Não, nunca ouvi. Mas pra falar a verdade, eu não conheço praticamente nenhuma. Meu pai trabalha numa bem grande e eu sempre esqueço o nome, Ghyahahahaha! — Comentava, esfregando a cabeça meio desconcertado, mas demonstrava uma expressão de tristeza quando soube que o líder deles estava ferido. — Que droga!! Espero que ele melhore logo... Um ranker B como ele não pode ficar muito tempo de fora! — Minha preocupação evidente retrucaria o comentário de Laz, mesmo que não fosse minha intenção.

E enfim acabavam explicando onde estava o portal, e o motivo da demora para entrarmos era de seu difícil acesso. — Bem, estamos no Parque Tokyo Disney Sea! Se algum lugar em Tokyo teria equipamento de mergulho, com certeza é aqui! — Comentava, meio animado e pensando nas possibilidades. Será que eu ficaria legal num daqueles capacetes de mergulhador das profundezas? — Não precisamos de nada muito complexo, apenas para a travessia! E você disse que o funcionário acabou caindo lá, certo? De repente ele tem as informações que precisamos. — Entretanto, se tal acesso não fosse possível, faria um bico de desapontamento, mas então ergueria o dedo com outra ideia. — Então me prendam uma corda e eu vou até lá! Se eu atravessar e ainda tiver muita água, eu irei puxar a corda e vocês me puxem de volta, vai ser divertido! — Apesar de parecer uma missão meio suicida, talvez apenas eu e Yuuma tivéssemos aptidões físicas para conseguir tal proeza, então acabava me colocando à disposição logo de cara.

E se mesmo assim todas as minhas ideias fossem inviáveis, daria de ombros e acabaria pulando na água eu mesmo. — Só há um jeito de descobrir então! Se quiserem, eu volto logo pra falar como tá lá dentro! — E mergulharia, usando de movimentos fluídos até o portal para conseguir atravessá-lo, rezando para que eu tivesse uma Dungeon incrível e, ao mesmo tempo, que não morresse logo na minha primeira.




Legendas:

  • Fala
  • Pensamentos

Spoiler:

Posts: 3
NPCs conhecidos: Kouki "Mamoru" Ryohei, Laz Fuyen e Yuuma Ren Mya
Ganhos: Nenhum
Perdas: 5 Keks (passagem metrô)
Extras: Nenhum


Yami
Yami
Créditos : 0
G$ 1,000
Localização : Tokyo - Japão

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________
A Lenda do Herói! QjpqXHv
17/8/2020, 23:14

   
 


A Lenda do Herói! Courage_title_outlined_3_3
A Lenda do Herói

Introdução
| Localização: ??? | Tempo dentro: 00:10| Clima: Muito frio |

Para você, caro leitor, o que é a coragem? Sim, coragem, isso mesmo! Pois bem, é comum para alguns defini-la da seguinte maneira: “Saber o que é certo e fazê-lo”. Com frequência, somos levados a acreditar que correr todo tipo de risco e agir de maneira imprudente é sinônimo de coragem. Mas esse não é exatamente o caso. Muitas pessoas confundem, também, coragem com a ausência de medo. Isso é um erro, porque é fácil agir quando a situação não te causa desconforto. Ter coragem, na verdade, é a decisão de enfrentar o medo ou tão somente desafia-lo.

Veremos nesse arco um jovem sonhador e repleto de otimismo, isso sem falar, claro, de seu humor e imensa bondade a qual se transparece com tamanha facilidade em suas ações. Se você está esperando aquele típico protagonista que derrota o vilão enquanto berra, vestido de capa vermelha e um grande sorriso ao rosto, você está no lugar certo! Pois bem, vamos começar, certo?! Lhe convido a puxar uma cadeira, pois hoje nosso querido Talbot embarcará de cabeça nesse grande mar de coragem. Literalmente! Estejam prontos!

A Lenda do Herói! 68747470733a2f2f73332e616d617a6f6e6177732e636f6d2f776174747061642d6d656469612d736572766963652f53746f7279496d6167652f6976437065524749566c4a4f6a773d3d2d3333342e313462613330346366353437306538313935343932333134373739392e676966
A Lenda do Herói

Narração
| Localização: ??? | Tempo dentro: 00:10| Clima: Muito frio |

As vezes envelhecer é um luxo, embora essa discordância seja facilmente debatida é notório os benefícios que envelhecer acarreta, seja pela experiência, cordialidade e até mesmo empatia?! Sim, isso mesmo! Todas essas características eram de grande destaque em Mamoru que, com eximia facilidade, apresentava os mais novos companheiros para Gwyn como também o primeiro desafio a ser enfrentado. Graças a sua idade, ser tão proativo não seria uma cobrança, uma vez que os problemas sinalizados de fato seriam preocupantes, restando para o senhor apenas o buscar de ideias e sugestões junto do pequeno grupo que, vejamos, parecia esnobar sua grande precaução e fala.

Entre ideias e sugestões de todos os presentes, talvez, em um surto de coragem, Gwyn decidia pular no rio e se dirigir até o portal em questão. - Se ao menos eu fosse alguns anos mais novo... Bem, vamos torcer para dar tudo certo com o jovem. – Dizia esperançoso. - Ei velhote, para com esse drama todo e pula de uma vez. Olha, ele está conseguindo, isso quer dizer que a passagem é tranquila... Ou... Vai me dizer que não sabe nadar?! - Ria esbugalhadamente, mergulhando ao termino. - Ignore ele e vamos, você certamente irá conseguir! - Proferia franca, esperando a ação do homem para então entrar. - Vamos! - Afirmava sua ação, pulando naquele rio enquanto tapava seu nariz com uma das mãos.

Nosso querido protagonista era o primeiro a vislumbrar aquele imenso azul pulsante que, imerso naquele cerúleo, parecia ainda mais brilhante e radiante. Até mesmo aqueles que já fitaram essa anomalia por diversas vezes eram capazes de se surpreender com tamanha plenitude, essa outrora vista apenas em filmes e séries era simplesmente surreal e enigmática, gerando calafrios para os mais sensíveis. Contudo, uma vez dentro daquele portal poderia ser visto de cara que aquilo não era Tokyo, não sendo loucura cogitar até mesmo não ser pertencente a terra. Após alguns segundos, todos adentravam aquele ambiente junto a Talbot, permanecendo estupefatos enquanto processavam aquilo que estava diante de seus olhos.

A Lenda do Herói! Giphy

Tratava-se de uma atmosfera totalmente diferente do habitual, sendo essa muito mais úmida e leve, assim como toda a água, essa anteriormente em abundância, era simplesmente transformada em uma poça a qual somente alcançava as canelas de nossos corajosos caçadores. Estavam agora em uma imensa caverna, essa com proporções indescritíveis de tão exageradas como também repleta de estatuas de felinos, essas que juntas demarcavam um percurso reto, longo e visualmente sem fim. - Isso... É simplesmente... Inacreditável... - Dizia pausadamente, enquanto se mantinha boquiaberto. Até mesmo Laz se rendia, seguindo o mesmo caminho do mais velho enquanto perambulava seus olhos por toda a parte. - Bem, é realmente inacreditável, mas vamos focar, estamos em território inimigo, certo?! Então atentos – Dizia firme. - Sim, você tem razão. Vamos procurar pistas ou qualquer coisa que sirva de ajuda, mas cuidado, foco! - Realçava.

O pequeno grupo então caminhava por aquela imensidão e, caso olhassem para a direita, poderiam ver imagens pintadas e marcas de garra sobre uma das estatuas. - Ei, que monstro é esse? Tenho quase certeza que já vi – Anunciava pensativo. Aquela criatura certamente se assemelhava a um felino, talvez um leão? Bem, certamente não era o leão a qual conhecemos. De toda forma, aquilo seria uma pista e, pelas garras e desenhos, não parecia ser uma pista das boas... Se é que me entende. O grupo poderia formular sua estratégia, assim como também prosseguir adiante, mas quem sabe procurar mais um pouco fosse interessante ou, talvez, perigoso? Vejamos no próximo capitulo!  


Guild Dark Phoenix; Grupo Atual:

Kouki "Mamoru" Ryohei; Tank Rank C
A Lenda do Herói! CJ0tgkO
Laz Fuyen; Mage Elementalist Rank-D / Yuuma Ren Mya; Warrior fighter Rank-C
A Lenda do Herói! TXWOvKX

Ilustração do ambiente:
A Lenda do Herói! Anime_anime_girls_redhead_trees_forest-53060




ADM.Nagashi
ADM.Nagashi
Créditos : 6
G$ 18,300
Localização : Japão

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Admin


_________________
A Lenda do Herói! Chibis-naga-final2-Copia
Trinity
17/8/2020, 23:50







Gwyn Talbot

Gwyn Talbot








Meu pai tinha um ditado que ele usava em todas as circunstâncias da vida dele. Ele sempre me dizia que as vezes tudo o que você precisa são de 20 segundos de coragem. De que seria, literalmente, 20 segundos de bravura que separaria você das maiores conquistas em sua vida. Ele dizia que havia sido assim que havia conquistado minha mãe e que também havia sido assim que foi capaz de salvar todo seu grupo em uma Dungeon perigosa. Os 20 segundos de bravura de meu pai me foi herdado de uma forma um pouco diferente... Se bastavam 20 segundos para conquistar o inimaginável, o quanto eu conquistaria com uma vida inteira de coragem? Aquela sensação me inundava junto com o toque no portal, que refrescava minha alma enquanto a água gélida me fazia sentir o calor de meu sangue.

Passando a mão nos cabelos molhados, observaria os arredores com um brilho no olhar. Um assobio surpreso era a única coisa que eu acabava expressando diante de toda aquela majestosidade. — Cara... Elas são ainda mais lindas do que nas histórias... — Embasbacado, ia ouvindo o vislumbre dos demais, que apesar de catatônicos, mantinham-se alertas para eventuais perigos. Mantendo o foco no lugar, começaria a relaxar os braços para aquecê-los devidamente, pois logo logo iria usar meus punhos para conquistar minha primeira Dungeon. Ao mesmo tempo, começaria a olhar as pinturas e gravuras, que demonstravam semelhança a um leão. — Hmmm... Apesar de não parecerem diferentes de leões comuns, eles devem ser uns dos fortes!! — A animação de criança me contagiava pelo desconhecido.

Caso cogitassem seguir em frente, eu pediria calma por um instante. — Teremos vantagem se desvendarmos que tipo de criatura iremos enfrentar. E se tem marcas aqui, com certeza terá marcas pelo caminho por onde ele foi. — Apesar de precisar conter um pouco meus ânimos para sair correndo pelos corredores daquele lugar, sabia as vidas que estavam em jogo ali. Deslizaria o dedo pelas marcas de garras, tentando verificar traços que me dessem mais informações do que tinham por ali, assim como o caminho pelo qual ele poderia ter seguido com seu tamanho e peso tão excedentes. — Bem, leões costumam ser fortes, mas não tem tanta energia. Se essa criatura se comportar parecido, tenham em mente que venceremos numa disputa de cansaço. — Isso me fazia também concluir do motivo de terem dois Fighters na equipe. Se a garota lutasse da mesma forma que eu, significava que ficávamos mais fortes na medida que o combate se estendia, sendo os predadores perfeitos para esses tipos de criatura.

Talvez com o auxílio do mago, teríamos um pouco mais de conhecimento acerca dos desenhos e das construções nos arredores. Caso já tivéssemos extraído tudo que fosse possível por ali, e tivéssemos o rastro da criatura para seguir, sugeriria aos outros que fôssemos logo atrás, afinal evitaria que nos perdêssemos desnecessariamente por aqueles corredores. Atento, me colocaria em meu papel de predador daquela masmorra, pois apesar de ter um gigantesco coração, não me faltavam forças e motivações para estourar toda a criatura que eu visse em minha frente na base dos punhos.





Legendas:

  • Fala
  • Pensamentos

Spoiler:

Posts: 4
NPCs conhecidos: Kouki "Mamoru" Ryohei, Laz Fuyen e Yuuma Ren Mya
Ganhos: Nenhum
Perdas: 5 Keks (passagem metrô)
Extras: Nenhum


Yami
Yami
Créditos : 0
G$ 1,000
Localização : Tokyo - Japão

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________
A Lenda do Herói! QjpqXHv
19/8/2020, 11:32

   
 


A Lenda do Herói! 52490027784c789956b118153c3df2f3
A Lenda do Herói

A caçada
| Localização: ??? | Tempo dentro: 00:30| Clima: Muito frio |

Um dia é da caça, o outro, bem, também é da caça. Esse velho ditado que nutre falsa esperança sem dúvidas já foi utilizado por você ou pelo menos ouvido, mas vamos pensar juntos. Alguma vez você já viu uma zebra andar com um leão morto na boca? Ou sei lá, um rato carregar um gato? Bom, imagino que não, e é exatamente esse o ponto que gostaria de trazer hoje. Uma vez caçador, sempre caçador e não é possível mudar isso até que se prove o contrário. A cadeia alimentar está aí como prova disso que, mesmo dentre anos, nós somos o topo! Nós, caçadores!  

Embora dentro do território inimigo, esse sentimento ainda que de modo inconsciente era consentido por Talbot, que sem dúvidas estava animado com tudo aquilo que contemplava, transparecendo facilmente isso em suas ações, uma vez que já se preparava com breves aquecimentos em seu punho. Após algumas passadas, os primeiros vestígios de seja lá o que for isso apareciam, esses em garras e estatuas que, como bem observado por Gwyn, se assemelhavam com leões, embora fossem mais robustos e nitidamente maiores. - Sim, certamente são parecidos, mas... Sem dúvidas não são leões... - Dizia receoso, adotando uma postura mais pensativa.  

A Lenda do Herói! 28e66-khr19

Embora avançar fosse o único caminho disponível naquela longa reta, prosseguir sem cogitar alguns pontos era inviável e no mínimo displicente e parecia que tanto Gwyn, quanto Mya, se alertavam quanto a isso, entonando sua voz para os demais. - Sim, o garoto está certo. - Dizia um pouco inquieta, talvez por ter esquecido o nome do rapaz. - Tenho um bom conhecimento em monstrologia e certamente essas coisas – Gesticulava aspas com as mãos - São bem diferentes de tudo que já vi. Imagino ser semelhantes a werewolfs ou algum tipo de Khajiit – Analisava. Entretanto, graças a grande maestria em rastreio, Gwyn ao passar sua mão sobre as marcas podia notar alguns detalhes importantes.

Aquela marca era recente e vinha da direita para a esquerda, indicando que o autor da marca seguia para a esquerda, mas possivelmente estava perto. Fora isso, a profundidade da marca mostrava dois indicativos, esse do poder e tamanho das garras que sem dúvidas eram afiadas, como também o peso do animal, esse mostrado mais nitidamente na profundidade alcançada pelo golpe. Era bem forte! - Vamos, não deve ser nada demais, para que medo ou receio? Estamos em quatro, seus molengas! HAHAHA! Vamos fazer isso de uma vez – Apressava bisonhamente. - Francamente – Suspirou desdém. O grupo seguia e após alguns minutos de caminhada a dentro uma estranha sensação de ser observado emergia.

A Lenda do Herói! 4a32e28910a6f278f446f1ed19ba205cf1ab5351_hq

A caminhada havia se estendido por um período de vinte minutos e, pelo menos a cinco minutos essa sensação era presente, se intensificando no atual momento. - Ei... Vocês estão sentindo isso, certo? - Indagava, cauteloso como sempre. - Sim... Mas, não consigo identificar de onde exatamente vem essa sensação... De cima? Aos lados? Percorremos o caminho inteiro e não encontramos nada, isso porque ficamos em alerta máximo logo depois das estatuas – Ponderava. - Ei, qual o problema de vocês, eu não to sentindo nada, deixem de bobagem! Nesse ritmo, vamos direto ao Boss! Ahahahha! - Proferia confiante.

Embora fosse uma situação alarmante, sem dúvidas aquela observação não ofertava nada, ao menos por agora, certamente seja lá quem for ou que for isso, estava cauteloso o bastante para observar antes de fazer qualquer coisa. Entretanto, após uma rápida observação, era possível avistar um tronco ao lado e bem a sua frente algumas espadas, essas em bom uso e afiadas, certamente serviriam de ajuda. Embora acampar ali fosse estranho, possuía até mesmo uma fogueira, embora quase apagada tinha gravetos e pedras suficientes para fazer um novo fogo, talvez algo ou alguém utilizou a pouco tempo. Curiosamente algumas cordas eram perceptíveis ao redor do tronco, meio que amarradas, presas ou sei lá, firmadas a algum outro local floresta a dentro, essa que parecia densa demais para ser adentrada.

A Lenda do Herói! 3f0bf59585461929b4e8c6eb098bcbf3844580f7_00

A situação ainda parecia confortável para nosso grupo, talvez alarde não fosse algo necessário, mas um provável cuidado, quem sabe?! Seguir caminho e ignorar era uma opção cabível, mas certamente estariam deixando de lado bons equipamentos e porque não, um bom descanso, embora nem tenham andado tanto assim serviria para reorganizar a estratégia e pontuar um ou outro fio solto. Descobriremos o que nosso herói fará a respeito no próximo capitulo de: A Lenda do Herói!


Guild Dark Phoenix; Grupo Atual:

Kouki "Mamoru" Ryohei; Tank Rank C
A Lenda do Herói! CJ0tgkO
Laz Fuyen; Mage Elementalist Rank-D / Yuuma Ren Mya; Warrior fighter Rank-C
A Lenda do Herói! TXWOvKX

Ilustração do ambiente:
A Lenda do Herói! Anime_anime_girls_redhead_trees_forest-53060




ADM.Nagashi
ADM.Nagashi
Créditos : 6
G$ 18,300
Localização : Japão

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Admin


_________________
A Lenda do Herói! Chibis-naga-final2-Copia
Trinity
23/8/2020, 15:24







Gwyn Talbot

Gwyn Talbot








Meus olhos vidrados naquelas marcas de garras me faziam desligar por alguns instantes do mundo exterior. A voz dos demais era abafada, enquanto os dedos deslizavam pela superfície irregular. Retornava para o presente com um estalo, ouvindo a suposição da lutadora que, assim como eu, parecia ter algum tipo de conhecimento sobre monstros. — Como um licantropo, huh? É, é uma boa suposição... Talvez parecidos com minotauros ou lobisomens mesmo. — Comentava, tentando imaginar com maior precisão que tipo de criatura iríamos enfrentar. O frio daquele lugar era de certa forma um incômodo a ser sentido, e os dedos sensíveis ansiavam por se aquecerem através de meus socos.

Tendo ao menos uma ideia de onde deveríamos seguir, assim como algumas características da criatura, prosseguimos viagem de maneira cautelosa. A sensação de algo respirando em meu cangote me deixava inquieto, e frequentemente ficava olhando para os lados, coisa que os outros acabavam disfarçando melhor. — EEEI!!! Se tiver por aí, venham pro pau!!! — Acabaria gritando para um ponto atrás de mim, onde havia jurado ter sentido algo próximo. Se eles já sabiam onde estávamos e estavam nos seguindo, éramos apenas presas fáceis até que tivessem a vantagem ideal, mas talvez desmoralizar a sensação de que estavam ocultos pudesse fazê-los se precipitar. Então, por mais que pudesse ter sido uma ação imprudente de minha parte, estava dando passos afrente para não nos prejudicarmos demais.

Caso não tivéssemos nenhuma resposta de retorno, seguiria receoso o caminho que nos era ofertado. Com os punhos já aquecidos, estava pronto para qualquer desavença, mas parecia que os nossos inimigos eram um pouco mais inteligentes do que eu imaginava. Caso notasse algum de meus companheiros se aproximando do fogo despretensiosamente, colocaria minha mão para impedir sua passagem, ao mesmo tempo que olhava para aquilo como uma morte certeira. — Vocês falaram que essa Dungeon foi descoberta faz pouco tempo pela difícil localização, e que precisavam de gente com urgência para fechá-la, certo? — Deixaria que o raciocínio fizesse com que pensassem também, antes que eu pudesse concluir. — Significa que somos os únicos caçadores por aqui. Além disso, Dungeons de Rank D não são tão difíceis de lidar, então se alguém tivesse vindo antes, já teriam fechado antes de chegarmos aqui.

Olhando em volta, conseguia imaginar as criaturas dando leves risadas, torcendo para que um de nós nos precipitássemos. — Isso é claramente uma armadilha. Nenhum acampamento teria essas cordas levando ao fundo da floresta... Vamos seguindo. Devemos estar perto. — Minha inteligência nunca foi a mais louvável, e sempre foi suprimida pelo meu senso de aventureiro, mas negar que eu era um bom estrategista era negar os fatos. Por mais que eu adorasse a ideia de ver para crer, ter vidas em risco não era algo para se brincar. — E fiquem juntos e atentos. Tenho certeza que só estão esperando o momento certo, NÉ SEUS ZÉ RUELAS?!?! — Gritaria novamente para as sombras, erguendo o punho em desafio. E, se mesmo assim, nenhuma movimentação nos alertasse novamente, continuaria seguindo junto aos demais, com o dobro de atenção agora que já sabia da existência de armadilhas por ali.





Legendas:

  • Fala
  • Pensamentos

Spoiler:

Posts: 5
NPCs conhecidos: Kouki "Mamoru" Ryohei, Laz Fuyen e Yuuma Ren Mya
Ganhos: Nenhum
Perdas: 5 Keks (passagem metrô)
Extras: Nenhum


Yami
Yami
Créditos : 0
G$ 1,000
Localização : Tokyo - Japão

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________
A Lenda do Herói! QjpqXHv

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Layout desenvolvido por Roevs, Remenuf e Mizzu
SOLO LEVELING RPG (2018 - 2020)