LFBR

Há luz na escuridão

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

17/7/2020, 12:33
Relembrando a primeira mensagem :





Aventura

Aqui ocorrerá a aventura do Caçador Deep Yorufubuki, a qual não possui narrador definido.

Reme
Reme
Créditos : 4
Localização : Seul

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Rank B


_________________



Há luz na escuridão - Página 2 TBO2FBd


Há comoção diante o inevitável conflito era o que aquecia as almas dos telespectadores que erguiam se de seus assentos aos berros diante cada pancada ou golpe desferido ao som de ossos se partindo em meio às diversas disputas que ali ocorriam, cada um apostando em seu favorito julgado pela aparência inicial ou habilidades postas a prova dado o início da partida. Como as lutas eram feitas simultaneamente era uma situação bastante inovadora e até mesmo gratificada, visto a possibilidade de averiguar as capacidades de outros despertos em primeira mão e entender onde se estenderia o alcance de seus poderes. Ao menos assim seria se não fosse um dos participantes tendo que se concentrar especificamente sua mente diante de seu adversário que ao badalar inicial emanava um brilho superficial em seus pés, impulsionando se de maneira veloz embora perceptível ao seu campo de visão aproveitando se da plataforma oferecida pelo seu braço esquerdo rotacionando a estrutura óssea de seu corpo para um chute giratório diretamente ao nariz, colidindo sobre a almofada macia de sua esponja estourando um vaso de sangue ao mesmo tempo que o impulsionava para trás.

Há luz na escuridão - Página 2 34c81e10
Era esse o triste desfecho de Deep Yurufubuki enquanto caía suavemente pela extremidade da arena diante o impacto certeiro em seu rosto, sua mente parecia turfa embora sua determinação permanente, sua magia continuava a ser produzida e em meio a sombras de suas costas indo em direção ao chão um aspecto sombrio e intimidador dava se frutos alongando se  de forma desvirtuada em direção ao seu alvo que já comemorava com ambos os braços estendidos para cima instigando a plateia a uma saraivada de aplausos , quando a figura de escuridão alojara se em sua perna já era tarde demais sofrendo com o temido ataque de uma serpente virtuosa mordiscando seu pescoço com suas presas espectrais.

Há luz na escuridão - Página 2 Ezgif.com-gif-maker_1

~~

A colisão emanava um estalo audível, era esse o fim  de uma batalha com a derrota de um jovem aspirante ao sucesso que sonhou muito alto a ponto de queimar se ao brilho do sol tal como icarus e suas asas gloriosas nos contos mitológicos. - Uma salva de palmas para o vencedor Hayato Ichika.Eleva o coro da multidão assobiando com os pulmões aos brandos, alguém tão novo que servirá apenas como salvaguarda para Deep quando seu corpo era arremessado do ringue H impulsionando o mago de volta para o combate sofrendo levemente com a queda. Seria isso um ato da roda do destino operando ou apenas um momento de sorte inesperado? Seu corpo ainda estava incapaz de se mexer após realizado a técnica Deathspring, o adversário parecia ter aguentado o tranco proporcionado pelo réptil encarando com ódio estampado e sangue escorrendo pelo tórax e pingando abaixo.- Pensar que um mago se atreveria a  lutar em um espaço tão restrito com usuários habilidosos em combate corpo a corpo. Vou te ensinar seu devido lugar fedelho de merda!

Pressionando a sola dos pés para trás uma parte do piso era despedaçada com o impacto que impulsiona o lutador para frente apoiando seu pé direito a dois passos de distância rotacionando seu corpo como um capoeirista profissional preparado para chutar o lombo do garoto que se defendia com um contra ataque fazendo sombras colidirem contra a aura subvertente azul do praticante de artes marciais dividindo o aspecto da escuridão em dois que mantém se firme segurando a pisada como uma parede sólida, recuando instintivamente com os braços bloqueando a região do peito em forma de ‘’X’’ para reduzir a estocada que veio logo em seguida deixando a sua pele danificada de forma a causar certa irritação em pessoas de estômago fraco.- Você tem colhões garoto, meu nome é Kouji é a partir desse momento eu juro derrotá-lo.
Código:

Deep Yorufubuki
HP: 437 (500)
MP: 10590 (10650)
Histórico
Post 5
Ganhos: Par de chaves(Moradia);uma latinha de chá verde gelado, duas barrinhas de cereal sabor chocolate e uma lata grande de energético
Perdas: 10 Keks - Consertando Porta; 200 keks + Smartphone - Entregues para Hanako; 5 Keks - Compras na loja de conveniencia; 2 Keks - Transporte Publico; 1 Barra de cereal  
Rim
Rim
Créditos : 0
G$ 300

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Rank C

Eu era muito bom de percepção, mas embora toda essa capacidade, eu era incapaz de acompanhar a velocidade do meu oponente quando o sinal de início da luta soava, eu podia ver ele perfeitamente, pra mim era até lento, mas meu corpo era ainda mais lento, o golpe foi certeiro, um combo giratório de chute em minha face que me fazia sentir o gosto de sangue e a sensação de como seria voar, em um ato de desespero tentando mostrar minhas habilidades mesmo enquanto perdendo, mandei meus deathsprings atacarem, talvez se eu mostrasse minha capacidade, mesmo perdendo poderia ser contratado pela capacidade, o oponente não tinha muita chance de escapar perante. Teria sido o fim da luta ai,mas outro corpo voador se chocava com o meu em pleno ar, me fazendo voltar para a arena, uma coincidência que vinha em boa hora, mas mesmo assim, eu sabia que seria difícil para mim lutar aqui, não imaginei que seria tanto, meu nariz sangrava profusamente, o gosto de sangue na minha boca era forte, conseguia sentir todos os impactos que ocorreram contra meu corpo e provavelmente os sentiria um bom tempo, até mesmo minha visão estava um pouco estranha por ter sido jogado de um lado pro outro.

Sou tão frágil como um rank E, obviamente estaria muito ferido dos golpes e babava sangue no chão enquanto tentava me sentar sem conseguir me levantar.

- Pensar que um mago se atreveria a lutar em um espaço tão restrito com usuários habilidosos em combate corpo a corpo. Vou te ensinar seu devido lugar fedelho de merda!

O homem bravejava contra minha ousadia, demonstrando que os deathsprings não causaram dano o suficiente para amedrontar ele, apanhar em troca de acertar alguns me causaria a derrota e eu sou tão fraco quanto um rank E, então não conseguiria brigar nem em força ou velocidade contra meu aquele lutador hábil.

O homem se jogava contra mim em um movimento que destruiu até o chão de onde ele se deslocou, mas eu já estava pronto e dessa vez consegui reagir com uma esfera de trevas que se chocou contra seu golpe, parando este e causando dano a um nível interessante.

- Você tem colhões garoto, meu nome é Kouji é a partir desse momento eu juro derrotá-lo.

Ah sim Kouji, jure o quanto quiser, sou fraco, então não tem porque eu brigar em força e velocidade, sou frágil então não tem porque eu querer competir na porrada demorada, mas eu já soltei três magias nessa luta, estou sobrecarregado em mana, assim como meu sangue pingando nas minhas sombras chama algo que se esconde nelas e está sedento…
Ahhh Kouji… Você devia ter perdido quando tomou os meus deathsprings, pois eu não vou perder essa luta sem antes mostrar meu trunfo, sem antes mostrar o porque de eu ser rank C mesmo tendo tudo a nível E… Ahh Kouji, apenas tente não morrer…

Minha sombra se expandiria abaixo de mim virando uma piscina de sombras da qual emergiriam ao meu redor dez gigantescas cobras de dois metros de largura por cinquenta de comprimento, todas ainda conectadas a minha sombra, mostrando que ainda haveria mais a sair dali de dentro, meu ataque mais forte, fortalecido com a mana residual, um ataque que exige minha própria força vital para ser usado, um monstro mítico japonês o qual Kouji não é o deus que segundo os mitos foi capaz de vencer aquele monstro, um ataque poderoso de dez direções diferentes visando fechar os caminhos do lutador e o arremessar pra fora com a poderosa investida reptiliana.
Há luz na escuridão - Página 2 Giphy
E se ainda assim Kouji conseguisse vir se aproximar para mais um ataque, eu usaria novamente meu Yamata no Orochi lançando mais força vital nas sombras para que mais dez cobras gigantescas viessem a emergir da minha sombra, bloqueando e fechando o caminho do oponente em um abraço avassalador.
skill usada:
Nome da Skill: Yamata no Orochi
Tipo:Ataque 25 pp
Rank / Valor:C/ +180 dano(20pp)
Alvo:10 alvos 35 pp
Distância:Dobro da distância de ataque da Classe (50m /10 PP’s)
Efeito:N/A
Condição:
Link Skill (-10 PP’s) (Deathspring)
-Condição Pesada(-20 pps)
Perde 10% do hp atual a cada uso desta habilidade. Esse valor dobra a cada uso sem pelo menos dois posts de descanço absoluto ou cinco sem usar o está skill
PP's60 pp
Consumo:240 mana
Descrição:Enquanto concentrado sem sair do lugar, Deep envia sua própria energia vital e projeta sua sombra fortalecida com esta como dez enormes cobras de 2m de largura que se erguem do chão, se movimentam na direção comandada e se chocam causando dano a seus alvos, no entanto estas cobras conseguem apenas mirar alvos que tenham tomado dano da skill Deathspring nesse post ou no anterior. Múltiplos yamatas podem mirar o mesmo alvo, mas o dano não muda com isso
Deep
Deep
Créditos : 0
G$ 5,300

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Narrador


_________________
Há luz na escuridão - Página 2 M7ELFaF

Um simples conjunto de palavras era o suficiente para alavancar a atenção dos presentes para um único ponto de toda a estrutura como se um calafrio receoso percorresse as espinhas, a multidão se calava e até mesmo participantes se distraiam sendo eliminados em pequenos momentos de descuido, um tabu havia  sido mencionado deixando suas mentes inquietas com exceção dos juízes e organizadores que mantiveram se neutros e atuando seus papéis. Afinal o que fazia um mago participando em um torneio  representando a força? Seria ele tão poderoso a ponto de competir frente a frente em desigualdade contra combatentes ou apenas lunático para entrar em uma luta com nenhuma possibilidade de vencer? Os murmúrios percorriam  as paredes e todos pareciam querer saber o desfecho que se recairia sobre os participantes deste combate. Tanto Deep e Kouji estavam centrados demais para perceber a agitação que suas ações haviam causado com faíscas conflitantes de seus espíritos colidindo  para demonstrar sua superioridade.

Era chegada a hora de revelar o truque em suas mangas e diferente de um coelho sobre a cartola a atmosfera ficava menos acolhedora conforme sua sombra se expandia deixando um clima mais denso e caótico se formar  ao seu redor. Uma a uma seus corpos eram moldados emergindo da escuridão para a luz espantando alguns que viam a cena com o devido temor.Esse cara é maluco ele pretende matar a todos nós!Exclamava um adulto gorducho derrubando seus aperitivos contra a camisa enquanto escorregava do assento procurando correr para a saída. Era evidente o seu choque que gerava concordância a alguns e admiração para outros, afinal não era todo o dia que se via serpentes malignas emergindo do além, mesmo para caçadores um poder com uma aparência tão obscura poderia acarretar em uma fama prejudicial dependendo da forma que se comportar em conjunto a ele.

Um poder grandioso vinha com seu custo a se pagar e como se seu corpo eclodisse de dentro para fora pequenos estalos em seus músculos eram audíveis, abrindo cortes em diversas camadas da cabeça aos pés que expiravam partículas do seu sangue para fora. Kouji encarava com coragem e cuspindo saliva de encontro para o chão levantando seus punhos de maneira intimidadora gritando com o ar de seus pulmões a todo vapor: - E tudo que você tem pirralho? Pode vir com tudo seu pedaço de *****.Atendendo a seu pedido uma a uma elas davam o bote de maneira organizada, sendo capaz de desviar da primeira e da segunda  com o auxílio de sua velocidade aprimorada o fadado adversário sentia a verdadeira dor atingindo bem de frente para a região do sistema gástrico, recebendo outras sete investidas ao lado esquerdo:Cabeça;Pescoço;Ombro;Costela;Nádegas;Coxa e pés impulsionando o para fora do ringue de encontro com a parede abrindo uma cratera ao seu redor.

É o vencedor é Deep Yorufubuki!Pronunciava a Juíza responsável pelo bloco D subindo ao palco e erguendo os punhos do rapaz para o alto, ao momento ninguém parecia entusiasmado ou tão pouco chateado com expressões estáticas em seus rostos que penhoraram até a primeira salva de palmas que encadeia todas as outras. A responsável, sua irmã com todo seu charme e esplendor sobre a cadeira de rodas que apesar de possuir marcas remanescentes de lágrimas em seu rosto parecia estar um pouco feliz com sua conquista segurando seu celular as suas mãos e um bilhete que havia sido lhe entregue, sendo acompanhada da enfermeira que segurava o apoio ajeitando os óculos encarando o superficialmente como se penetrando sua alma com uma mensagem oculta. “Irei te pegar na saída”.Por favor dirija-se a sala de espera com os outros vencedores da primeira fase até que as demais lutas terminam, fique a vontade para se reabastecer, temos água e comida a disposição e uma equipe médica acessível, nenhum deles são healers visto que os machucados devem permanecer até o final do torneio, mas poderam estancar sangramentos impedindo que se adoente ou desmaie por falta de glóbulos vermelhos no corpo.Explicava a Juíza empurrando o sem cerimônias para fora para que não atrapalhasse o ritmo sendo recebido por duas beldades de corpos rígidos e musculosos que o escoltavam.
Código:

Deep Yorufubuki
HP: 393 (500)
MP: 10350 (10650)
Histórico
Post 6
Ganhos: Par de chaves(Moradia);uma latinha de chá verde gelado, duas barrinhas de cereal sabor chocolate e uma lata grande de energético
Perdas: 10 Keks - Consertando Porta; 200 keks + Smartphone - Entregues para Hanako; 5 Keks - Compras na loja de conveniencia; 2 Keks - Transporte Publico; 1 Barra de cereal  
[/quote]
Rim
Rim
Créditos : 0
G$ 300

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Rank C

Minha mana era absorvida pela minha sombra, junto com todo o sangue que cuspi e isso não foi o suficiente ainda, o poder voraz ansiava por mais e minha carne se rompia derramando sangue que escorria até pingar no breu que borbulhava como a superfície revolta de um mar tempestuoso ocultando temidos monstros marinhos, uma figura de linguagem esta que se mostrava muito próxima da realidade quando orochi surgia, um total de dez cobras gigantescas com tamanho suficiente para cada uma engolir um homem em uma bocada, escalavam alto no céu, um arranha-céu de répteis sombrios e vorazes que serpenteavam e desciam em seu bote, uma verdadeira chuva de demolição, mesmo os ataques esquivados levavam pedaços do chão consigo, o que fazia a plateia temer por sua própria segurança. Enquanto isso dentro do mar de corpos sombrios, tentava me levantar e me apoiar enquanto me mantinha controlando as cobras com minha mana ao mesmo tempo que sentia os efeitos de pagar o preço em sangue.

Já me preparava para mais magias, quando finalmente meu alvo foi acertado pelas cobras, sendo então jogado para fora da arena e contra uma pobre parede que era danificada seriamente. Com isso eu era declarado vencedor perante um ensurdecedor, desagradável e incômodo silêncio.
Um aplauso tímido se iniciava puxando a salva de palmas, meu olhar era atraído para essa parte da plateia, me dando a visão de um conhecido par de mulheres, a enfermeira e minha irmã assistiam, imaginei que teria problemas com essa ruiva, mas não que ela faria a minha irmã me ver assim, não só quebra a segurança ao ela ver o quão mal minha magia me trata, como ela ver a natureza de tal poder podia fazer ela sentir medo de mim… Essa… Essa... VADIA.

Meus dentes estavam cerrados, eu queria poder gritar com aquela enfermeira ali mesmo, eu podia me tornar um monstro na visão da minha irmã, ninguém me viu usar todo meu poder e não passou a me tratar como algo perigoso depois, não apenas pela força do Orochi, que quando se pensa em termos de caçadores, não é algo tão absurdo, mas sim a questão do que o orochi representa na cultura japonesa, um dos maiores males da existência, eu não quero que minha irmã ligue essa visão a mim de jeito algum.

Não apenas isso, a mulher ruiva me olhava com um olhar penetrante, agressivo, tenho certeza que meu olhar devia ser parecido e nossa troca de olhares estaria soltando faíscas se fosse um objeto, no entanto era tirado desse transe pela juíza, que me falava sobre o intervalo entre lutas antes de me empurrar para que eu fosse com duas beldades musculosas que me escoltavam para o local de preparo, a visão do corpo delas me mostrava que elas provavelmente seriam mais fortes que eu, assim como teriam um estilo de luta muito menos chamativo, autodestrutivo e vilanesco, principalmente com minha mente trabalhando a ideia de minha irmã passar a me temer, eu não conseguia deixar de sentir um pouco de inveja.

-Vocês parecem fortes, deve ser legal ser forte por si mesmo, no meu caso apenas abro caminho para as trevas fazerem o serviço sujo…

Agora que estava pensando nisso, comparando nossos poderes e supondo que elas eram mais fortes que eu, isso significa que provavelmente elas se igualavam ou superavam o orochi em poder, no entanto isso chegava a ser difícil de imaginar, elas eram belas e não monstruosidades, o que me trazia até a curiosidade de quanto peso elas aguentariam, inclusive elas possuem todo esse poder sem perderem sangue ou terem que tirar um monstro da escuridão.

-Se vocês não se importarem, queria uma opinião feminina, não sei o nome de vocês, mas, supondo que vocês não fossem caçadoras e tivessem alguém próximo de vocês… Se esse alguém viesse a te contar que é um caçador, sendo que o poder dele é tirar um monstro da própria sombra… Vocês teriam medo dele?

Eu falaria isso com um semblante cabisbaixo e um tanto quanto triste, uma estranha face pra quem acabara de vencer uma luta.

Se respondessem ouviria atentamente, agradecendo a opinião depois disso, em seguida buscaria os médicos para estancarem o que fosse possível de minhas feridas, antes de eu comer, beber e sentar para descansar enquanto observaria os outros competidores ao meu redor para ver como estavam física e mentalmente.
Deep
Deep
Créditos : 0
G$ 5,300

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Narrador


_________________
Há luz na escuridão - Página 2 M7ELFaF

Nenhuma delas parecia ser muito de conversa com semblantes sérios e rostos fechados,marchando como soldados escoltando o civil para longe das adversidades ambas uniformizadas e de cabelos curtos que iam até a altura do pescoço tentando manter se concentradas mordiscando os lábios com  as tentativas  de diálogo de um irmão preocupado. - Problemas com a namorada?Finalmente respondia uma recebendo olhares de desaprovação da outra que apenas dava de ombros acreditando que dessa maneira tornaria o silêncio posterior mais próximo e prático. - Se eu estivesse nesse tipo de situação não me importaria com asneiras contando que a pessoa seja legal comigo, agora se ela fosse um pé no saco eu usaria isso como desculpa para me distanciar ou levá-lo a corte judicial.Com a finalização de suas palavras satisfatórias o primeiro sorriso e ligeiramente rápido e passageiro era notado não levando muito tempo para se dispersar visto que chegaram ao espaço designado. O bloco era espaçoso e funcionava como um refeitório com várias mesas  com poucos candidatos sentados a espaçamentos controversos, havia aqueles que formavam uma roda se servindo enquanto vangloriava se de sua vitória tal como reclusos que se negavam até mesmo a comer ou se reunir aos outros. Deep reconheceu um desses isolados como Hayato, o vencedor do ringue ao lado que arremessará o participante possibilitando seu possível retorno à arena. Suas vestes eram bem fechadas sendo difícil observar diretamente a pessoa que se encontrava por debaixo daquela blusa com capuz, seu corpo era bem magro e a cintura fina dando a impressão que era alguém ágil.

- “Próximo por favor!” Gritava uma enfermeira de um quartinho onde saia seu primeiro paciente com o tórax completamente enfaixado resmungando da dor, parecia que a equipe médica era bem pequena  composta por uma enfermeira e uma doutora com idades bem distintas sendo uma bem nova e a outra já na flor das eras. - “Tsc...Uma grande guilda e um tratamento mixuruca…”Resmungava o recém tratado participante,arrastando os pés em direção a travessa de comida, pedindo para as encarregadas encheram lhe uma tigela com mingau. - “Se tiver qualquer queixa podemos retirar as bandagens e deixá-lo aos cuidados do próprio corpo senhor.”Comentava brincalhona a garota de vestes brancas como a neve tirando sarro do caçador sem nenhum medo ou pavor, arregalando os olhos ao avistar o jovem que acabara de entrar. - “Mas o que temos aqui, rapaz você lutou com porcos espinhos? Você tem cortes por todo o corpo, ficaria surpresa se conseguisse continuar. Vamos dar uma olhada nisso.

Apesar de machucado o puxão era impiedoso esticando lhe o braço fazendo a pulsação de seu coração acelerar e o sangue se expelir a fora com a adrenalina proporcionada. Forçado a se sentar em uma cadeira dura como pedra de asfalto enquanto suas vestes eram tiradas sem nenhum pudor. Com o uso de luvas hospitalares recentemente colocadas a frente de seus olhos, seu abdômen era pressionado assim como demais partes do corpo. A doutora tomava essa oportunidade para fechar a porta tentando manter a dignidade do rapaz se as coisas fossem mais além. - “Hmmm...nada parece ter se quebrado, seus ossos estão inteiros ao que se aparenta, você tem sorte, não temos permissão para colocar nenhum no lugar, sem contar que não restaram cicatrizes após se fecharem.”Com o auxílio de uma pinça e bolas de algodão a enfermeira apalpava a substância macia sobre cada uma de suas aberturas, sugando o excesso suficientemente até parar de vazar de forma gritante, despejando o lixo sobre um espaço propriamente designado, forçando um pedaço de madeira a sua boca aplicando álcool sem remorso para desinfestação, era difícil se segurar e um grito instintivo escapava de seus lábios e a enfermeira correspondia deslizando a palma de sua mão por debaixo de suas calças apertando lhe a serpente escondida nas sombras. “Oba Oba se vai mesmo gritar eu irei te dar um motivo para isso, já lhe digo que não sou nem um pouco passiva e implorarará pela sua liberdade. Continuando seu serviço, limpado cada ferida de seu corpo ataduras eram passadas de forma firme e pressionadas em sua pele obstruindo a formação de poças novas de sangue estacando os machucados. Suas roupas eram novamente colocadas de forma calma e nem um pouco apressada enquanto olhares sedentos de desejo de forma apavorante pareciam recair sobre seu corpo.

Quando finalmente era liberado suas nádegas eram alvos de um pelo tapa bem dado com uma piscadela bem firme do canto de sua visão.“Espero não te ver novamente porcelana ou irei te deixar internado meu bem, rsrs” Os outros participantes pareciam tentar desviar o olhar conforme ele passava, não querendo parecer que escutaram algumas coisas que aconteceram ali dentro tentando demonstrar simpatia. Diferente do grupo D para desordeiros os outros campeões das diferentes ramificações desse torneio pareciam menos encrenqueiros e mais respeitosos , seus corpos não pareciam feridos e suas mentes nem um pouco abaladas dividindo travessas de peixe cru ao molho shoyo enquanto prestavam atenção a televisão:

Cara você está vendo aquela luta no bloco A? Aquele parece ser um desafiante a altura! Nem me fala; eu acabei de passar da primeira fase de lá muito provavelmente serei designado contra ele. Mas e aquele cidadão ali do Bloco G ele parece ter experiência com artes marciais e está adaptando aos buffs de caçador. Estão dizendo que tem um mago no meio do torneio e que estava lutando simultaneamente conosco, cara queria poder ter prestado atenção aos arredores isso parece até mesmo mentira.

Seus comentários ficavam cada vez mais abrangentes conforme assistiam a tudo como telespectadores em casa, cada bloco era passado um a um para serem apreciados até que sucessivamente recai se sobre o Bloco D. A apresentadora parecia chocada e seu tom de voz era exclusivamente apavorante, conforme a visão de um brutamontes em aura branca como a luz esmurrava um arruaceiro comum de encontro ao piso esmagando sua cabeça fazendo dentes saírem para fora da boca. - “As coisas estão indo longe demais não estão porque ninguém chega a intervir!!!”A equipe designada para isso apenas acenava negativamente com a cabeça dando a impressão que apesar dos impactos ele não aparentava risco de vida ou fora de condições para continuar visto que ainda podia se movimentar. O Brutamontes puxava o oponente pela perna jogando o contra a outra extremidade do ringue como se usando seu corpo como um martelo, demonstrando que era capaz de arremessa-lo para fora quando bem entendesse, montando sobre as costas do pobre infeliz segurando lhe as mãos puxando as unhas para fora da carne uma a uma com gritos suspensos de lamentação recorrente. Com a mão livre o coitado conseguira bater três vezes pedindo suplicantemente pela desistência, sendo rapidamente resgatado e levado para o pronto socorro com healers qualificados reais. - O vencedor é Ansatsuken! Exclamava a Juiza sem chegar próximo demais do competidor que urrava contra a plateia como uma abominação, que retornava o grito com a força dos seus pulmões.UuUuuuuuuuoooohhhh! Ansatsuken!Ansatsuken!Ansatsuken!.

Meh...Ainda bem que não estou nesse bloco,sinto pena de quem vai ter que lutar com esse cara, acho que só permitem a participação de pessoas assim para atenderem todos os gostos públicos,pelo que eu sei a primeira luta deve ter sido igualmente apavorante.Dizia o participante vencedor do bloco A vendo com espanto o cenário proposto.
Código:

Deep Yorufubuki
HP: 393 (500)
MP: 10350 (10650)
Histórico
Post 7
Ganhos: Par de chaves(Moradia);uma latinha de chá verde gelado, duas barrinhas de cereal sabor chocolate e uma lata grande de energético
Perdas: 10 Keks - Consertando Porta; 200 keks + Smartphone - Entregues para Hanako; 5 Keks - Compras na loja de conveniencia; 2 Keks - Transporte Publico; 1 Barra de cereal  
[/quote]

Observações OFF:
Olá,Espero que esteja gostando da aventura, atualmente estou passando por uma rotina complicada devido ao trabalho e a pandemia, alguns dos funcionários deram positivo e estou tendo que cobrir as ponta soltas ao mesmo tempo que preparo as documentações para a auditoria. Estarei postando sempre que possível, se me ausentar por muito tempo e quiser trocar de narrador não me sentirei incomodado para não querer atrasa-lo no pior dos casos.
Rim
Rim
Créditos : 0
G$ 300

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Rank C

Eu estava um pouco entorpecido após a primeira luta, mesmo com a fala da mulher para me ajudar, continuava pensativo e para baixo, até que enfiaram álcool nas minhas feridas e uma mão em minhas partes, por um momento eu cheguei mandar mana para a minha sombra, mas preferi deixar essa passar, mesmo quando me vestia novamente sob olhares estranhos, apenas me calei e segui adiante, fingindo que nada ocorreu, afinal de contas não era como se fosse ser me dado crédito o suficiente para acusar de uma mulher de me molestar, numa guilda de mulheres, sendo eu um homem.

Com isso em mente, apenas aturei o tratamento e segui para área comum onde alguns comentavam as lutas, inclusive a minha, todos pareciam ter ouvido sobre a presença de um mago, mas nem acreditavam muito na questão, numa tv passava outra luta do meu bloco, o cara era bem cruel e com certeza ia além do necessário para vencer. Sei muito bem que a guilda com certeza não contrataria apenas os vencedores finais, afinal vencer um combate não significa que a pessoa é melhor para a guilda, mas perder para aquele cara significaria muitos danos fora a humilhação, com certeza impediria a contratação, fora que tenho certeza que ele pode muito bem matar sem se importar com a desclassificação, sabia que havia grandes chances de eu lutar com ele em breve, não estava acostumado com lutas mano a mano, a luta anterior me mostrou isso, precisava pensar e rápido.

A luta terminava e ouvia um homem comentar sobre o lutador e minha luta, sobre ele ser apavorante e a minha luta ter sido também, estava tão pensativo sobre como lutar melhor nessa competição que acabava comentando em resposta sem nem perceber.

-Ele não é tão amedrontador assim, é apenas grandão e violento, isso apenas o faz mais perigoso, não melhor lutador… Assim como caso eu lute com ele por também ser do bloco D, posso acabar tendo alguma vantagem, afinal como mago, um alvo maior pode ser melhor pra mim… Fora que medo por medo, eu também não sou flor que se cheire...
Deep
Deep
Créditos : 0
G$ 5,300

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Narrador


_________________
Há luz na escuridão - Página 2 M7ELFaF

-Phhfff, você?O mago? Ta mais pra gigolô americano, olha garoto não criticando seu potencial mas me parece muito diferente do que podemos imaginar de um participante do grupo D. Agora tá vendo aquele anti-social ali atrás? Aquele sim eu iria pensar ser o arcano, larga a mão disso, não tem que se mostrar pra nenhum de nós não estamos aqui pra te avaliar apenas para competir então fique tranquilo com essas desculpas de ego para levantar a reputação que não vão colar não. Comentava o participante do bloco A, batendo suavemente em suas costas como se o consolando piedosamente com uma expressão solene em seus olhos que o encaravam com modéstia e compaixão, voltando se para a mesa deixando a televisão de lado para encarar o caminho onde os novos ganhadores estariam adentrando. Um a um eles cruzavam a linha do refeitório passando pela enfermeira questionável e a doutora observadora que apenas analisava os serviços de sua encarregada com atenção, sendo perceptível gemidos e gritos de dor ou pavor dentro da porta fechada a qual todos passaram a ignorar como se um contrato silencioso tivesse sido assinado entre todos presentes.

Um silêncio que era arrebatado com  a chegada da ovelha negra do recinto, um homem corpulento que causou repercussão entre os participantes assistindo ele sobre a projeção apresentada na tela.Ansatsuken que segurava as garotas que eram responsáveis pela sua escolta pela cintura enquanto recebia olhares de fuzilamento que ignorava completamente, era perceptível que qualquer uma delas era forte o suficiente para arrebentá-lo contra o chão, mas alguma força maior quem sabe ordens superiores a respeito de como tratar os participantes as impediam, tendo que suportar a cena com o ódio aflorando deixando-o assim que estava no seu lugar designado, saindo reclamando uma com a outra da falta de tato e pudor do homem repugnante. Ansatsuken parecia receber atenção demais e olhares impertinentes que passavam pelos seus ombros enquanto enchia pratos e mais pratos de comida que colocava sobre uma mesa vaga até estar completamente cheia até a borda, causando inveja até mesmo em personagens fictícios da hannah barbera:

Muuuaaaahhaaahaaahaaa! Vejam lacaios! contemplem seu rei todo poderoso se vangloriando demais uma de suas vitórias com uma refeição gratuita cheia de nutrientes para sua recuperação, participem comigo junto a mesa, não vejo motivos para quebrar suas colunas, a não ser que seja meu próximo obstáculo para subir na escalação, muaaahaaahaahaaa!

Desgosto e nojo estampava os olhares críticos que analisaram ele se alimentar com a comida de boca aberta como se fosse um animal, derrubando travessas de carne sobre o chão enquanto destroça até mesmo os ossos e articulações de suas refeições.O que foi? Estão me achando bonito? Obrigado mas a menos que estejam interessados em me servir melhor cuidarem de suas próprias vidas, a última pessoa que teve que me alimentar teve seu braço arrancado e tenho que dizer, carne humana não chega a ser apetitosa mas é uma iguaria que não se deixa a oportunidade passar. Após esse comentario devidamente animador suas atenções se voltavam sobre a televisão mais uma vez passando a ignorar a presença da besta como se isso fosse mais seguro do que cutuca-la como um garoto extrovertido, para a surpresa de todos nenhuma outra luta estava acontecendo e apenas a juiza e um participante ao seu lado estavam de pé, com um pronunciamento um tanto quanto inusitado:

Escutem com atenção parece que houve alguns imprevistos não calculados e sessenta e sete participantes que estavam aguardando sobre as tendas foram nocauteados sem aviso prévio, o responsável ainda não foi oficialmente anunciado, porém Shin Tatsuo, participante do grupo “D” que estava no banheiro quando toda a confusão aconteceu foi o único remanescente das rodadas seguintes passando com carta branca para a próxima etapa.

Uma garrafa de plástico era arremasada da plateia acertando Shin exatamente no rosto que mantinha uma expressão neutra não mostrado se afetar, a plateia se mostrava indignada e ovasionava o acontecimento e o participante com fúria em seus tons de voz. “Você está brincando com nossa cara? Pagamos caro por esse ingresso, queremos ver mais lutas! Heey está na cara que o culpado é esse cara, ele deve ter eliminado os outros enquanto não estavam olhando, isso de ir no banheiro e conversa furada. Queremos uma solução! Adiem o torneio, queremos participações justas! A ovação era tremenda o caos parecia reinar, a ruiva encarregada de cuidar  de Hanako parecia estar tendo dificuldade de separá-los dela empurrando para cima e para baixo quase que invadindo os ringues.

Silêncio! Uma única voz estrondosa como se um chicote estalando contra o piso e energia suficiente para empurrar todos os precursores de problemas ao chão adentrava recinto, seus cabelos eram longos e brancos como o brilho da lua cheia e sobre a face uma máscara que condizia com a energia de demônio que era emitida de seu poder avassalador, embora não se demonstrasse muito ao mundo posterior, suas habilidades eram mundialmente reconhecidas assim como sua reputação o que deixava todos os presentes congelados em êxtase lamentando suas ações e pedindo por misericórdia perante a figura majestosa que era Hana Yotsubari a guild master.


Ao seu lado acompanhando seus passos em sincronia, mantendo se enfileirados lado a lado demonstrando sua igualdade de posição e logo atrás de Hana representando sua superioridade seus membros mais fortes “ O conselho dos sete” os representantes de cada divisão e os pilares da administração da Draw Shield, participantes vitais que mexiam as engrenagens e tornavam um dos grupos de caçadores de maior prestígio em toda a região japonesa. Seguindo em ordem numérica:

Primeira Divisão - Rankers A - Encarregada: Zelkova
Segunda Divisão - Rankers B - Encarregada: Kaede
Terceira Divisão - Guerreiras - Encarregada: Sakaki
Quarta Divisão - Magas - Encarregada: Nala
Quinta Divisão - Suporte - Encarregada: Hiiragi
Sexta Divisão - Assassinas - Encarregada: Sophora
Sétima Divisão - Masculina - Encarregado: Matsu

Hana paraiva a frente da multidão com sua aura assassina vazando para fora deixando as pessoas tontas e apavoradas, mas para alivio das pessoas julgando as como inferiores para ouvirem mais de uma de suas palavras até por ter membros masculinos que não se daria ao trabalho de se dirigir em meio a plateia, a líder dava espaço para Zelkova se manifestar em seu lugar:

Bom dia a todos espero que estejam tendo um agradável entretenimento. Primeiramente, mesmo que o participante possa ter sido o responsável pela eliminação dos demais nenhuma regra imposta fora infligida  para acarretar em sua desclassificação, agora como forma de corrigir os acontecimentos não planejados e tornar as seguintes lutas igualmente interessantes nós do conselho chegamos a um consenso. Conforme terminava sua frase os dezesseis ringues que encontravam se as suas costas foram completamente obliterados dando espaço apenas ao chão azul indigo.Os trinta e três participantes restantes terão que lutar entre si para competirem pelas oito vagas atuais, devido a redução de mão de obra a abertura de dezesseis posições fora reduzida para se igualar a demanda atual, a maneira como eles irão definir como irão se candidatar será exclusivamente deles, Agora se nos permite, iremos fazer um pequeno intervalo de trinta minutos para acertar os preparativos finais. Ahhh antes que eu me esqueça teremos duas regras especiais para deixar os jogos mais excitantes, a primeira é que o encarregado da sétima divisão Matsu para receber os novos participantes homens da guilda estará encarregado de atacar um único indivíduo da arena, levando isso em conta todos os participantes irão realizar um sorteio, caso o participante sobreviva até ter nove participantes ele poderá adentrar como candidato extra. A segunda regra, como todos sabem um mago decidiu participar do torneio, caso eliminem o mesmo o participante irá ganhar passe livre.

Os participantes do refeitório começavam a se agitar, olhando um entre os outros com desdém, o que antes era um ambiente amigável agora parecia ser um novo campo de batalha se formando.
Código:

Deep Yorufubuki
HP: 393 (500)
MP: 10350 (10650)
Histórico
Post 8
Ganhos: Par de chaves(Moradia);uma latinha de chá verde gelado, duas barrinhas de cereal sabor chocolate e uma lata grande de energético
Perdas: 10 Keks - Consertando Porta; 200 keks + Smartphone - Entregues para Hanako; 5 Keks - Compras na loja de conveniencia; 2 Keks - Transporte Público; 1 Barra de cereal  
Rim
Rim
Créditos : 0
G$ 300

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Rank C

O homem ouvia minha fala e não acreditava nela, aparentemente minha sorte era que em um torneio de lutadores, não apenas a magia era escassa, como aparentemente a inteligência também, mas eu não tinha nada a provar a ninguém e estava falando mais para mim mesmo que para ele.

Em seguida chegava o brutamontes Ansatsuken, ele comia, agia e tinha toda uma presença nojenta e desconfortável, mas com certeza ele falava demais, gostava da atenção, gostava daquele circo que promovia, ele se achava a grande diva do suvaco cabeludo. Não conseguia segurar a vontade e revirava os olhos enquanto me distanciava daquela besteira, se essa galera acha ele perigoso, teriam se cagado se me conhecessem antes de ter alguém para cuidar… Esse cara com certeza é perigoso, mas não tão perigoso assim, ele apenas gosta de show, algo fácil de manipular, desde que ele seja meu único problema, estou tranquilo.

Como que chamados pelos meus pensamentos, a juíza e seu ajudante davam a notícia do desfalque, aparentemente nocautearam diversos participantes, enquanto um estava no banheiro, obviamente ele era o culpado, já que dificilmente seria um de nós… Tsc… Tatsuo? Esses problemáticos continuam aparecendo sem parar, no fim das contas, entrar pelo torneio pode acabar sendo uma dificuldade até próxima demais da dungeon.

Uma confusão se dava na plateia devido ao desfalque de competidores e minha preocupação com a Hanako subia rapidamente, mas uma voz conhecida minha se erguia, era a líder e fundadora da guilda… Puta que pariu, eu espero que ela não tenha me reconhecido, espero até que nem se lembre de mim, quando nos vimos eu não medi minhas palavras e acabei fazendo ela prometer que se eu viesse a entrar na guilda dela, ela faria da minha vida um caos… Não seria de se espantar se ela quisesse me fuder mesmo durante a seleção.

O pronunciamento prosseguia e acabavam por explodir os ringues, ação a qual me fazia soltar um assobio baixinho, pois se eu não duvidasse um pouco, acreditaria que estava tudo já planejado para essa cena.

Eles então anunciavam duas novas regras e a segunda me trazia ainda mais problemas do que parecia, esta era um enorme alvo nas minhas costas, me tirar da competição significaria passar, obviamente era uma regra para me atrapalhar, aparentemente a tal Hana estava mexendo os pauzinhos para me fuder até mesmo antes de entrar na guilda, isso sem pagar jantar e sem lubrificante.

Pelo que entendi, o torneio vai se tornar um battle royale até sobrar só o número de vagas de pessoas, assim como quem me tirar do torneio ganha passe livre, o ideal seria os oito mais forte se unirem contra a rapa, assim sobraria facilmente só eles, com mais poder e organização que o resto, mas seria impossível juntar tal grupo aqui, já que creio que eles incluem o Ansutsuken e o Tatsuo nesse grupo. Talvez eu pudesse até fazer um acordo com o Ansatsuken, afinal de contas geral vai correr atrás de mim, então se ele me proteger vai conseguir encher muitos de porrada, mas sinceramente, acreditar nesse cara para minha proteção, poderia vir a ser um erro enorme. Vai ser um saco isso, terei que bolar algo novo para continuar na luta com toda a certeza.

Iria para um canto do local, onde me encostava na parede avaliando os competidores e sua nova reação as regras recém mudadas, sabia que podiam me ter como alvo se já soubessem que eu sou o mago, então precisava saber quem viria mais sedento atrás de mim.

Caso nos chamassem para o evento, seguiria nossos guias e em caso de poder me colocar livremente pelo local, buscaria uma posição mais central na arena, onde poderia ficar igualmente longe de todos, para ter o máximo de tempo de reação para qualquer ataque.
Deep
Deep
Créditos : 0
G$ 5,300

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Narrador


_________________
Há luz na escuridão - Página 2 M7ELFaF

Lentamente cada um dos participantes presentes, sem nenhum pudor ou indiferença levantavam se de seus assentos rejeitando a companhia do que em poucos minutos atrás  foram pessoas a quais compartilharam uma deliciosa refeição ao vilustre dos resultados na televisão desejando sorte e fartura para os membros de outras divisões visto que não haveriam de entrar em conflito um com o outro, um impasse que por reviravolta da roda do destino mudará completamente e olhares traiçoeiros que percorriam apenas para seus adversários se espreitavam agora por todos os presentes com total desconfiança pois qualquer um poderia ser o responsável pela sua classificação como também fracasso mundano.  Entre todos que apenas pairavam para observar a decisão e o fluxo que essa inesperada correnteza iria os levar, somente um permanecia indiferente com sua risada a circular:

-Muuuaaaahhaaahaaahaaa!O que foi? Desistiram de brincar de família feliz? Vejam só a expressões de vocês! É simplesmente hilária, parecem um bando de palhaços de circo esperando o primeiro a pagar o pato que diferença faz a maneira que iremos ser qualificados, apenas os fracassados têm medo ou incerteza de seus resultados, não sei vocês mas eu me garanto entre os oito cargos.

Ansatsuken terminava de comer jogando o remanescente do seu prato goela abaixo arremessando o prato de vidro sobre a testa de um desavisado, o impacto era forte e sua cabeça era flexionada sobre a parede abrindo um buraco ao seu redor com os cacos de vidro alojados sobre sua testa e com sua respiração ofegante jorrando sangue pelas suas feridas que o levam ao desmaio. A maioria sem exceção sacaram suas armas para se defender enquanto o brutamontes apenas levantava a mão tendo algo para dizer:

-Agora somos trinta e dois, acredito que com isso tenha resolvido o pequeno problema que afligem suas cabeças, posso não ser muito bom de matemática mas significa que podem montar quatro grupos e retornar com esse teatrinho.

Depois de acalmado os ânimos em torno de duas equipes foram formadas, o restante parecia ou não achava viável se agrupar com receio de serem esfaqueados pelas costas ou atacados sem aviso prévio, acreditando que a melhor tática seria a de operar sozinho em meio às desigualdades sociais. Tatsuo encontrava esse momento como uma brecha para aparecer, escoltado pelas mesmas garotas que trouxeram os outros membros da divisão D, junto com uma urna com papéis picados às pressas. Cada um por ordem de chegada( do primeiro a concluir o combate nas primeiras etapas) dando a vantagem dos adiantados  terem uma quantidade maior para se escolher, o número que estivesse no papel obviamente poderia decidir suas chances em vista que um dos pilares da própria Draw Shield estaria atrás de um dos participantes:

Muito bem, muito bem chega de moleza seus galos de briga, já tiveram descanso demais se deixaram de resolver algo ou se tem preparativos pendentes espero que seja capaz de satisfazer suas necessidade em meio ao clima do conflito, desejo a todos uma boa sorte.

Com este último suspiro de agrado e espírito em pé seus passos ecoavam novamente pelos corredores que levavam novamente ao local onde ringues se disponham lado a lado, agora um campo completamente limpo de qualquer obstáculo sem nem ao menos vestígios do que antes havia por ali. “O poder deles está em um patamar completamente diferente do meu...tenho que descobrir quem é o mago, só terei essa chance.'' Pessoas concordavam com essa voz avulsa no meio de cada um deles, se a situação apertasse apenas uma exceção rara como essa era capaz de livrá-los do sufoco. Matsu por outro lado parecia entediado segurando um pedaço de papel bem ao lado da juíza com o número a mostra. Quando todos tivessem geograficamente posicionados a uma distância que julgassem aceitável para um dos envolvidos, com um simples aceno de mãos a locutora dava início ao battle royale.

Código:

Deep Yorufubuki
HP: 393 (500)
MP: 10350 (10650)
Histórico
Post 9
Ganhos: Par de chaves(Moradia);uma latinha de chá verde gelado, duas barrinhas de cereal sabor chocolate e uma lata grande de energético
Perdas: 10 Keks - Consertando Porta; 200 keks + Smartphone - Entregues para Hanako; 5 Keks - Compras na loja de conveniencia; 2 Keks - Transporte Público; 1 Barra de cereal  


NºSorteado Deep:
Quantidade aleatória (1,32) : 6
NºSorteado Matsu:
Quantidade aleatória (1,32) : 13
Rim
Rim
Créditos : 0
G$ 300

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Rank C

Não importava muito fazer grupo no meio daqueles competidores e com aquelas regras, apesar de Ansatsuken ser um tanto quanto fora da realidade, o que ele disse sobre estarem fingindo uma amizade era real, mesmo meu grupo se viraria contra mim na pior hora devido a regra de poderem passar por me ferrarem, o que significa que minha melhor opção era eliminar vinte e quatro antes sequer que os mais perigosos oponentes viessem atrás de mim e sendo eu um caçador de puro dano, possuo apenas uma maneira de fazer isso… Esmagar a oposição.

Mostraria meu número e entraria na área designada, me posicionando bem ao centro.

Podia ouvir o desespero dos mais fracos da competição em encontrar o mago para ter uma forma fácil de passar no exame. Sim, essa era a visão que tinham de mim ali, alguém perdido e sem chances, assim como a própria líder não gostava de mim pela minha falta de objetivo e desejo de lutar, pois ela acredita que eu não tenho chances de ser alguém, até mesmo acredita que eu não queira ser alguém… O mais triste é que quando a conheci, realmente não eu não tinha vontade de nada, muito menos determinação, mas hoje a questão é outra, não estou aqui só por mim, estou pra tornar realidade o sonho de minha irmã morta e pra cuidar de minha irmã que ainda vive, não me é permitido nada menos que o alistamento hoje.

Conforme os últimos integrantes fossem se posicionando, começaria a respirar profundamente e juntar minha mana… Perdão Hanako, usarei algo muito inconsequente nessa luta hoje, mas será a prova de minha determinação, eu vou mostrar a essa guilda que tanto meu poder quanto minha vontade, são mais do que o suficiente para entrar.

Assim que dado sinal de início, liberaria o máximo de meu poder atual, algo que fazia com que todas minhas magias passassem a me ferir ainda mais gravemente do que já feriam, até o ar ao meu redor gelaria sob efeito de minha mana e meu poder sombrio seria tão que escaparia pelo meu olho direito se tornando um jato de sombras, Yata no kami, minha habilidade de melhoria, baseada nos deuses genocidas maléficos da mitologia, com esse poder eu sou forte até mesmo entre caçadores de rank superior ao meu.

Há luz na escuridão - Página 2 1S8insy

Rapidamente faria bolas de sombras em minhas mãos que jogaria contra os competidores próximos mais fracos, minha ideia era eliminar eles com um único golpe, talvez até mesmo jogando seus corpos voando com meu poder de forma a se chocarem com outros competidores para os nocautear.

Ao mesmo tempo, mandaria um Deathspring ao inimigo mais próximo, mirando seu peito para tentar derrubar ele também e preparar a nova habilidade que planejei.

Continuaria a disparar bolas de poder sombrio pelos arredores enquanto presto atenção nos competidores, minhas habilidades me mantinham parado, frágil, me feriam e me faziam sangrar, apenas minhas bolas de sombras não me causavam mal, eu era um alvo certo e frágil, mas não fácil, eu tinha a determinação suficiente para não hesitar em usar uma magia, mesmo que ela me fira.
Qualquer ataque que me lançassem ou tentativa de aproximação, tentaria impedir com um bola de sombras jogada de encontro, mas se isso falhasse usaria minha habilidade Tenko para explodir tudo ao meu redor com uma explosão de sombras que saía de mim e cobria dez metros ao meu redor.

Se arremessado para longe, também usaria a habilidade Tenko, para tentar parar a força do arremesso com a força expelente da explosão.
yata no kami:
Tipo:Buff 50 pp
Rank / Valor:B / +180 Intel (30 pp)
Alvo:pessoal 0 pp
Distância: N/A
Efeito:
inteligência 0 pp
fabuloso(afinidade com água) 0 pp
Condição:
Condição pesada (-20 PP’s)
5% de todo custo de mana pago, é causado em dano mágico no mago(arredondado pra cima em caso de fração), cada dano desses aplica um stack de DoT 1 por friagem, esses danos e DoT duram enquanto a skill estiver ativa e param quando ela acaba.
PP's60 pp
Consumo:300 mana
Descrição:O usuário começa a liberar mana de forma de forma excedente aumentando seu dano mágico, essa mana gela o ar ao seu redor fazendo uma fina camada de “névoa” ao redor de sua pele, como se fosse um freezer, seu olho direito como a emanar uma energia sombria. O mago pode cancelar esse buff em qualquer momento.

tenko:
Nome da Skill: Tenko
Tipo:Dano(25pp)
Rank / Valor: D/+100 Dano(15pp)
Alvo:10 m de raio (10 PP)
Distância:Distância de classe-25m(0 PP)
Efeito:N/A
Condição:
Link Skill(deathspring)-10pp
Condição Pesada(Curse of darkness: Após o uso dessa skill o usuário fica impregnado em mana das sombras, a mana paga no custo da skill, esta é exalada por seus poros, tal mana bruta e hostil, é demais pro corpo do mago frágil e acaba o fragilizando, fazendo com que qualquer dano tomado de inimigos por 3 posts seja aumentado em 15%, usar essa skill novamente faz as maldições se somarem e continuarem até o fim do tempo da última maldição recebida.)
PP's20
Consumo:60 mana
Descrição:Após ter usado Deathspring nesse post ou no anterior, as sombras do mago já estão com mana embutida, de forma que ele rapidamente se cobre com estas e as expulsa numa esfera de 10m de raio ao seu redor, gerando uma força expelente e danificante que se assemelha a uma explosão para quem sente, porém parte do mago e não o fere diretamente.

deathspring:
Tipo:Ataque
Rank / Valor: D/+100 Dano
Alvo: 1 alvo
Distância: distância da classe(25 m)
Efeito:N/A
Condição:

-Condição Pesada(-20 pps)
Não pode se se locomover no post que usa a skill e todo dano tomado nesse post aumenta em 50%
PP's20 pp
Consumo:60 mana
Descrição:Enquanto concentrado sem andar, o mago projeta sua sombra que se alonga e rasteja pelo chão tentando atingir a sombra do alvos, então destas sombras surge uma cobra naja feita de sombras para dar o bote no alvo causando dano. O ataque apesar de sair das sombras do alvo, ainda pode se evitar a skill normalmente. O uso dessa magia causa uma fragilidade da força vital do mago, deixando essa exposta como um fio desencapado, aumentando dano a ele no post que a magia ocorreu.
Deep
Deep
Créditos : 0
G$ 5,300

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Narrador


_________________
Há luz na escuridão - Página 2 M7ELFaF

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ir para o topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos
Layout desenvolvido por Roevs, Remenuf e Mizzu
SOLO LEVELING RPG (2018 - 2020)