LFBR

Brotherhood

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

16/7/2020, 19:26
Relembrando a primeira mensagem :





Aventura

Aqui ocorrerá a aventura do Caçador Jetsun Daehan, a qual não possui narrador definido.

ADM.Mizzu
ADM.Mizzu
Créditos : 6
G$ 1,000
Localização : Coreia

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Admin


_________________

5/8/2020, 13:50
NARRAÇÃO

Eram ainda seis horas da manhã, o Sol ainda não tinha ganhado força e o cenário agitado na favela coreana já estava agitado. Muitas pessoas foram despertas justamente com a briga e agora que os sons haviam cessado muitos curiosos, e porque não celulares, começaram a aparecer.

- Sua colaboração é muito importante. - Disse o homem da associação olhando para um luxuoso carro que chegava perto dos caçadores. - Por favor, vamos para a ACC de carro, um pouco mais civilizado e menos perturbador para as pessoas.

O homem de terno colocava o caçador desmaiado para dentro do carro e deixava a porta aberta para que todos pudessem entrar, ali se via que o carro era por dentro extremamente extravagante, com frigobar, TV e todo conforto que um humano poderia querer.

Brotherhood - Página 2 F1a462bb46067923407869377f10fc3f

-Fiquem a vontade. - Falava o internado entrando no carro. - Meu nome é Woo Jin-Chul e embora possam não me conhecer, sou o chefe da divisão de monitoramento da ACC. - Então ele pegava um saco de castanhas para comer. Havia também, algumas frutas secas, sucos, água e cereais em barra. - Como sabem não sou da migração, mas uma vez que se trata de Hunters o caso vamos pegar o depoimento e averiguar o caso. - Então Woo Jin-Chul se virava para Jetsun. - Se você colaborar conosco farei e sua inocência for provada, a ACC ajudará para que tenha sua situação regularizada.

Então Woo Jin-Chul nada mais disse, pegou apenas seu celular uma vez e escreveu uma mensagem, e com o trânsito leve em menos de dez minutos estavam diante do prédio da ACC onde um homem vinha abrir a porta para todos rapidamente.

Bem vindo senhor Woo Jin-Chul. - Dizia o homem dando espaço para que todos saíssem do veículo. - Sejam todos bem vindos.

Do lado de fora do carro havia uma equipe, logo dois deles tiraram o homem desmaiado do carro e o levavam para dentro da associação. Uma mulher se aproximava dos três homens e saudava o seu chefe.

- Bom dia senhor Woo Jin-Chul! - Disse a jovem com energia. Como posso ajuda-lo?

Senhorita Go-eun, bom te ver animada. - Então ele abria espaço para que ela pudesse ver Mustafá. - Este senhor é um hunter e se chama Mustafá al Van, por favor, leve ele a uma de nossas salas e obtenha dele um relato de tudo o que aconteceu nessa manhã sobre a luta que ele presenciou.

Sim senhor. - Disse a garota em resposta a ordem de seu superior e foi na direção de Mustafá. - Por favor, me acompanhe para que possamos pegar seu depoimento. Se quiser alguma coisa para beber ou comer, basta me pedir.

Mustafá seria levado a uma sala normal onde a senhorita Go-eun o lavaria. Ela não era nenhum tipo de ameaça, na verdade parecia muito com uma humana comum. Mas ali na sala ela faria perguntas do tipo: "Como chegou a luta? Conhece algum dos dois? Sabe como a luta começou? Qual o motivo da briga?"

- O senhor me acompanhe. - Dizia Woo Jin-Chul para Jetsun. - Como disse, eu não sou da migração, por isso você não esta formalmente preso, mas como o senhor é um caçador e foi trazido por outros, isso diz respeito a ACC.

Então Woo Jin-Chul e Jetsun entrariam em uma sala e lá começaria com a simples pergunta: "Como você entrou no país? Quais as motivações para vir para a Coreia? Chegando a um final, "Qual seu relacionament com o coiote que te trouxe?"
Bijin
Bijin
Créditos : 0
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________
Brotherhood - Página 2 Bijin_Kaze
5/8/2020, 15:31
O clima pesado do ambiente desapareceu com a chegada dos raios solares e o despertar dos moradores incomodados com o barulho, embora muitos já até estivessem de pé para ir aos seus trabalhos braçais e de pouca remuneração. A identificação do chefe de monitoramento assustou Mustafá que se viu em uma posição difícil. Ele já tinha notado a força do oponente, mas jamais imaginaria alguém tão influente e poderoso indo atrás de Hunters medianos.

"Talvez esse grupo de coiotes seus mais importante do que imaginei… ou a Associação está passando por problemas de pessoal. Não importa…"

Entrou no carro oficial e não se surpreendeu com o luxo devido a sua condição de vida. Sempre esteve na riqueza e esse tipo de conforto era no mínimo comum. A viagem não foi longa e ao chegarem na associação, uma jovem os recepcionou e o levou para uma sala onde iniciou um questionário longe de ser um interrogatório, mas ainda assim bastante incômodo.

_ Eu estava indo até a guilda White Tigers para me inscrever e no caminho senti duas auras se confrontando. Por coincidência, uma delas era um conhecido de um evento na América… Lá nós viramos irmãos jurados de copo. Ele parece ser uma boa pessoa e é isso…

Sentaria com as pernas espaçadas e os braços esticados em cima da cabeça do sofá/poltrona. Observaria o seu redor com desinteresse e despreocupação. Não tinha o menor pingo de receio ou insegurança. Estava apenas contando os minutos para serem liberados.

_ Não, eu não conheço ninguém, não sei do motivo da briga e nós estamos apenas perdendo tempo. A não ser que você tenha gostado da minha companhia… nesse caso… _ Olharia intensamente para a jovem menina, fitando-a diretamente em seus olhos, mostrando toda a sua intensidade. _… apenas eu estou perdendo meu tempo.

Voltaria a relaxar e esperar serem liberados. Na hipótese de acontecer, seguiria para a saída e esperaria pelo irmão jurado do lado de fora, encostado numa pilastra com os braços cruzados.

_ E aí?? Você me deve uma… O que acha de pagar me acompanhando até a White Tigers. De repente você se anima e se inscreve, também.
Van
Van
Créditos : 1
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Narrador


_________________
Brotherhood - Página 2 LEBI9vH

Brotherhood - Página 2 FJRmanF
Always and forever!
6/8/2020, 02:57
Interrogatório.



Jetsun se manteve em silêncio durante todo o período após o combate, por fora ele parecia relaxado, entretanto, por dentro sua mente girava em uma velocidade nunca antes vista, ele analisava as possíveis perguntas e como ele responderia a cada uma delas, não queria revelar sua identidade como membro da alta cúpula do Butão, isso poderia atrair as Doze Luas para a sua localização e acabar com o fim da sua vida, portanto, precisava manter esse assunto o tão secreto quanto possível.

Ele se sentaria confortavelmente e se manteria em silêncio durante a viagem até a associação, entreolhando ocasionalmente o coiote desacordado e pensando sobre o porquê daquilo estar acontecendo.

"Isso é estranho, estão sendo mortos, será que eles descobriram alguma coisa?"

Uma dúvida que permeou sua mente durante todo o caminho até a associação, afinal, era um perigo que ele estava correndo, e agora que foi descoberto tinham facas mirando-o de todos os lados, ele teria de ter um bom jogo de cintura para escapar da prisão, uma ideia já havia começado a se desenrolar em sua mente.

Quando ambos adentrassem a sala de interrogatório Jetsun sentaria calmamente na cadeira, ele esperaria pelas perguntas do agente e responderia com o máximo de calma possível, sem omitir.

- Eu entrei no país com a ajuda de um coiote, aparentemente se aproveitaram de uma brecha nas fronteiras com a Coreia do Norte, não entendi muito bem.

Esperaria a pergunta seguinte e continuaria.

- Me chamo Jetsun Daehan, sou Butanês, eu fugi pelo oriente de forma ilegal para manter minha vida, fui ameaçado de morte por uma organização e me mudei para a Coréia para começar uma nova vida, talvez trabalhar como caçador aqui.

E por fim.


- Não sei quem é aquele coiote, não lembro dele pertencer ao grupo que me trouxe.

Esperaria pela resposta do agente e se fosse positiva, diria.

- Obrigado por compreender senhor, poderia me auxiliar com meu registro de caçador aqui?

Esperaria, caso ele aceitasse seguiria suas indicações e iria até o local de realização do registro na associação coreana, preencheria papéis com Nome,Idade ou o que fosse e iria rapidamente até a avaliação de nível, estava apressado, depois de conseguir uma carteira, caso conseguisse devido a burocracia do processo, retornaria até a saída e encontraria com Mustafa, sorridente, concordaria com ele e o seguiria até a White Tigers.




Rushei...




Histórico Jetsun Daehan:

HP: 1000
MP: 10.080

Posts:04

Perícias:
Arte Marcial: Bojutsu
Sobrevivência
Rastreio
Estratégia

Ganhos:


Perdas:


Objetivos:
- Conseguir uma identidade e me registrar na associação coreana de caçadores.
- Entrar para a White Tigers.
- Conhecer o Van. CHECK
- Conseguir um Cajado que eu possa utilizar como Bojutsu também para lutar a curta distância.
- Fazer uma Dungeon.
X
X
Créditos : 0
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________
Brotherhood - Página 2 GkgIprt
10/8/2020, 17:59
NARRAÇÃO


Mustafa sem criar problemas logo colaborou com a situação logo sem criar nenhum tipo de problema, na verdade também ninguém quis causar problemas a ele já que Van era apenas uma testemunha, era mais dar uma visão do que aconteceu e a informação importante e sincera ele relatou, não viu quem iniciou e confirmou ser amigo de um dos envolvidos.

Por outro lado a situação de Jetsun era totalmente diferente, ele era um imigrante ilegal e nas melhores das hipóteses, poderia ser preso. Por isso ele sabia que deveria ter cuidado com o que falava e apesar da aparente calma seu corpo denunciaria algumas falhas para olhos treinados. Mas a princípio Woo Jin-Chul nada havia comentado de extraordinário.

- Senhor Jetsun, acredito que realmente tenha fugido de Butão, mas sua fuga foi acompanhada por uma organização da qual eu não conheço ainda. - Parecia que a aparição de Woo Jin-Chul não era uma mera coincidência. - Um membro dessa organização entrou na Coréia e começou a caçar alguns coiotes, mas uma foto foi encontrada entre os corpos. - Então o agente da associação joga uma foto sobre a mesa, era a foto de Daehan. - Conhece o conceito de exílio? Muitas pessoas perseguidas chegam em nosso país e pedem socorro. Entretanto nós precisamos saber exatamente contra o que estamos lutando, pois a sua segurança passa a ser responsabilidade do Estado. - Woo Jin-Chul fez uma pausa para que Jetsun pudesse assimilar. - Se você tiver alguma coisa para acrescentar ao que sabemos seria de grande ajuda.

Van que estava na porta sentia uma aura poderosa se aproximando, todos seus gatilhos mentais de sobrevivência foram acionados ao mesmo tempo, algo terrível, extremamente poderoso se aproximava da ACC, Mustafa suava frio. Foi nesse instante que ele viu um homem se aproximando de Associação, ele era alto e forte, proporcionalmente maior que Van. Seus cabelos brancos balançavam com o que parecia ser a emanação do poder, quando ele estava prestes a chegar a Associação a Go-eun aparecia na porta e logo saudava o visitante.

- Bem vindo a Associação senhor Gojo Saeun. - Van percebia que ela estava nervosa naquela situação. - - O senhor Woo Jin-Chul esta lhe aguardando. - Então ela se virava para Mustafá. - - O senhor também pode nos acompanhar, já que o assunto envolve seu amigo e os White Tigers.

Gojo nada disse a apenas seguiu a garota, ele nem mesmo chegou a dar uma olhada em Van, quase que ignorando totalmente o caçador. Mas Jetsun, que tinha tempo para se explicar sobre as colocações de Jin-Chul começava a sentir uma forte emanação de poder da porta, ela logo se abriu e um homem de cabelo branco e Mustafá (caso decida seguir) entravam na sala.
Bijin
Bijin
Créditos : 0
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________
Brotherhood - Página 2 Bijin_Kaze
10/8/2020, 23:29
Interrogatório²



A situação se desenrolou de uma forma que Jetsun não esperava muito, as palavras ditas por Woo Jin-Chul lhe deram uma súbita sensação de perigo, como se olhos estivessem o observando.

"Então eles realmente tem a minha localização, ou suspeitam que eu esteja vivo, não tem como fugir de um caçador de um nível tão alto com o meu nível, que risível." Seu pensamento ecoou nas profundezas da sua mente enquanto aquela sensação opressiva só crescia, o que o assustou um pouco foi que ela parecia ter passado para o plano terreno, quando na verdade era apenas a presença de um outro caçador.

Os olhos azuis cruzariam toda a sala fechada e procurariam pela porta, o medo intrínseco na expressão com as sobrancelhas erguidas e os olhos levemente arregalados, o elemento "surpresa" realmente abalou Jetsun, principalmente porque surgiu após a sua memória buscar informações sobre as capacidades de assassinato de seus antigos companheiros.

- As luas. Murmuraria com um suspiro, soltando todo o ar e relaxando o corpo, impotente.

Daehan se ajeitaria na cadeira com uma expressão derrotada e voltaria as atenções para Jin-Chul, a confusão que aos poucos se formava na sua cabeça só serviu para o deixar com um certo receio, capaz até mesmo de faze-lo ignorar a presença de Van e do Tigre Branco em pessoa, o que poderia parecer um pouco ofensivo, mas sem tais intenções de fato.

- Doze Luas, um grupo de assassinos butaneses, eu mexi com quem não deveria no meu país e por isso tive de fugir. Esse era o fim da linha, por mais que estivesse em perigo com facas sendo apontadas para ele dos dois lados ele ainda tinha seu limite patriótico para seguir e não revelaria mais do que o suficiente sobre as Doze Luas do Butão.

- Essa pessoa tinha conexões com esse grupo, uma ligação e minha vida estava valendo algum dinheiro, eu tive que usar alguns meios ilegais para fugir, mas parece que eles encontraram meus rastros.

Seus olhos alternariam entre Gojo e Jin-Chul, as duas figuras de maior autoridades presentes.

- Na verdade acho que os motivos pelos quais estão atacando esses homens inocentes é para encontrar alguma informação sobre meu paradeiro. Indagaria, com uma respiração profunda.

Colocaria dois dedos da mão esquerda na têmpora, massageando-a vagarosamente.

- Eu causei muitos problemas para vocês, sinto muito, mas minha vida corria perigo.

Caso fosse solicitado para Jetsun acompanhar alguém ele o faria, e ficaria atento as recomendações do agente da associação e das outras figurs que haviam chegado.



Narradora:
Bom post bijin, curti! o seu no caso.


Histórico Jetsun Daehan:

HP: 1000
MP: 10.080

Posts:05

Perícias:
Arte Marcial: Bojutsu
Sobrevivência
Rastreio
Estratégia

Ganhos:


Perdas:


Objetivos:
- Conseguir uma identidade e me registrar na associação coreana de caçadores.
- Entrar para a White Tigers.
- Conhecer o Van. CHECK
- Conseguir um Cajado que eu possa utilizar como Bojutsu também para lutar a curta distância.
- Fazer uma Dungeon.


Última edição por X em 11/8/2020, 16:48, editado 1 vez(es)
X
X
Créditos : 0
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________
Brotherhood - Página 2 GkgIprt
11/8/2020, 12:31
A entrevista terminou sem problemas. O espírito livre e sincero do Árabe sempre ajudou em situações difíceis. As pessoas costumam ser atraídas pelo seu jeito e simpatizar com sua personalidade. Poucas vezes precisava se esforçar para conquistar o que deseja.

"Hora de ver o loi… Espera… Esse poder…"

A aura esmagadora do visitante já era familiar desde o evento do funeral. Mustafá jamais esqueceria aquela presença. Sim, era ele. Pensou ao ver o líder da White Tigers passar por ele, imponente e disciplinado como de praxe.

"Droga… Vendo de perto me faz perceber que ainda estamos muito distantes."

A frustração tomava conta de seu ser ao ter sua presença ignorada pelo líder e pessoa de grande respeito. Cerrou os punhos até suas unhas adentrarem a própria carne e mordeu os dentes com tamanha força que parecia querer que eles afundassem. Van ainda não era forte o bastante para ser reconhecido por Gojo e isso mexia demais com seu ego.

Respirou fundo e tentou se acalmar. Já que não estava no nível daquele homem, pelo menos esforçar-se-ia para tentar chegar ao seu nível. Tentando manter a calma, seguiria o seu trajeto pois imaginou que ele iria até onde estava seu irmão jurado e observaria de longe tentando não chamar a atenção. Por hora, apenas assistiria o cenário.
Van
Van
Créditos : 1
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Narrador


_________________
Brotherhood - Página 2 LEBI9vH

Brotherhood - Página 2 FJRmanF
Always and forever!
12/8/2020, 17:36
NARRAÇÃO


Não se poderia dizer que a sala onde todos estavam era apertada, de jeito nenhum, mas a aura sufocadora que estava ali era muito pesada e a primeira a se retirar, antes mesmo de Jetsun falar tudo foi a pequena Go-Eun, que saia discretamente.

Mustafá estava mais quieto e melhor adaptado com a presença de Gojo, ele ficava calado e entendia o que estava acontecendo, seu irmão jurado havia tomado algumas decisões erradas e agora chegava o momento de acertar as contas.

- Doze Luas!? - Falava pensativamente enquanto olhava para o GM do White Tigers.  - Você não se encontrou com um membro deles, correto Gojo.

- Exato! - Então ele tirava uma foto e jogava na mesa, Jetsun pode ver o rosto do homem e era o terceiro na hierarquia dos doze, seu nome era Chan, também conhecido White Poison, um hunter Assassin. - - Ele escapou de mim por pouco, muito ferido, mas ele é perigoso, seus ataques são letais e usa um tipo de veneno que poderia derrubar 90% dos caçadores Rank S.

Todos fizeram um pouco de silêncio, olharam para Jetsun se tinha algo para acrescentar, mas indiferente do que falasse.

- Entendo. - Então ele se levantou e daria as ultimas orientações a todos ali. - Gojo, você assumiu o caso do assassinatos dos coiotes e acredito que ele é maior do que pensávamos no início, por isso vamos reavaliar o pagamento para a guilda. - Então se virava para Jetsun. - Não posso te dar documentação, sua história precisa ser confirmada também, mas você vai ficar provisóriamento com os White Tigers, já que eles estão cuidando do seu caso. - Então o agente olhava para Gozo que assinalava positivamente. - Lá você vai trabalhar com a equipe deles, mesmo que não seja um hunter oficial, vou enviar uma licença provisória. - Então ele passava uma folha para Jetsun que tinha campos básicos de preenchimento (nome, sexo, nascimento, pai, mãe...).

Então quando Jetsun terminasse de preencher a papelada poderia sair, assim todos poderiam se dirigir ao famoso QG do White Tigers.

White Poison:
Brotherhood - Página 2 Kei.(Ken.ga.Kimi).full.1647608

Woo Jin-Chul
Go-eun
Gojo
Bijin
Bijin
Créditos : 0
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________
Brotherhood - Página 2 Bijin_Kaze
13/8/2020, 11:41
A conversa continuou e Gojo mostrou o quão influente era na Coreia. Aparentemente ele estava em uma missão para ajudar a associação e parecia deveras importante. Aos poucos a história se desenrolava e finalmente tomava forma todo aquele mistério envolvendo o loiro.

"E pensar que esse loiro franzino foi parte de uma organização tão poderosa. Sabia que ele era interessante."

Enquanto Jet recebia um formulário, Mustafá fitava diretamente o líder da guilda que almejava entrar e desafiar futuramente. Estava ciente do quão sério e disciplinado era o Gojo e não queria atrapalhar sua atuação, mas não podia deixar passar essa oportunidade.

_ Ei… Também quero fazer parte. Eu estava indo até a guilda quando presenciei o confronto…

Diria sentindo-se como uma criança pequena de 10 anos falando com um adulto de 20. A diferença de poderes era colossal e mesmo que lutasse com 100% de suas capacidades não conseguia ver uma possibilidade de vitória em 500 mil cenários distintos. Apesar da diferença, não sentia frustração. A natureza era assim e sempre haveria algum cão mais brabo.

Após solicitar sua entrada, acompanharia o grupo caso fosse aceito. Na hipótese de ser negado ou ignorado, acompanharia assim mesmo e usaria sua aura intimidadora para mostrar que não estava brincando, inclusive para Gojo.

_ Hey, Jet… Quem diria que você era alguém tão interessante, hein… hahaha
Van
Van
Créditos : 1
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Narrador


_________________
Brotherhood - Página 2 LEBI9vH

Brotherhood - Página 2 FJRmanF
Always and forever!
13/8/2020, 22:10
...They say tiger means luck, let’s try that out, shall we?



Como de costume, logo após acordar Ivan lia as notícias em seu smartfone, apenas dedilhava pela tela sem muita empolgação, até ver um artigo sobre guilds que lhe chamou a atenção. “Guildas, huh? Deve ser melhor que brincar de enfermeira Joy pra sub mafioso coreano… Tsk. Tanta coisa pra você me dar, e vem logo essa porcaria de curandeiro, né, dona Sorte? Hah…” Suspirando sentado em sua cama, dava um breve sorriso e se erguia para mais um dia. Que horas eram? Não sabia. As cortinas do seu quarto impediam a luz exterior, o que dificultava ainda mais o processo. Enquanto caminhava para fora de casa, cumprimentaria seu senhorio caso o encontrasse no trajeto, mas não faria nenhum esforço para vê-lo caso não cruzassem caminho. Quando já estivesse do lado de fora, na rua, pensaria melhor sobre o tópico anterior. Sempre que pensava em guildas, alguns nomes vinham de imediato a mente e, um deles em específico atraiu a atenção do jovem adulto. -White Tiger… Dizem que tigre é sinal de boa sorte por aqui, não vejo porque não.- Invés de avaliar profundamente que tipo de guilda se enquadraria no seu perfil, como tudo em sua vida desde que veio para Coréia, se guiou pela sorte, mesmo que fosse apenas uma simbologia. Com rumo traçado, prosseguiria então até o local utilizando o gps do celular e, caso não fosse possível, questionaria a algum transeunte por perto. -Yo! Qual jeito mais rápido de chegar na White Tiger?- Caso fosse possível ir a pé, assim o faria, afinal, era mesquinho. Mas se fosse uma distância considerável, tomaria o meio de transporte mais barato até la, fosse por aplicativo de transporte, ônibus, metrô… O que fosse possível e barato.

“Mas porque um tigre branco? Esse pessoal é burro é? Animais albinos tem chances significativamente maiores de terem o sistema imunológico mais baixo que o normal…”

Durante o trajeto, pensaria consigo mesmo sobre a nomenclatura do grupo ao qual pretendia se unir. Só esquecia de pensar também que nem todo mundo tinha conhecimento como ele, que havia terminado uma faculdade de medicina e que não era lá muito comum as pessoas saberem sobre isso. Prosseguindo, caso chegasse até o local sem problemas, direcionar-se-ia até a recepção ou seja lá onde é que aparenta ser o local para os recém chegados irem. Falaria com a pessoa que estivesse por lá para atender. -Huh… Aqui é a White Tigers, né? Então, quero me inscrever. Só espero que não tenha nenhuma taxa, to meio quebrado no momento, hehe...he.- Daria um riso meio sem graça coçando a nuca. Caso lhe fosse perguntado informações pessoais como rank, classe, idade e coisas do gênero, responderia sem muitos problemas, fosse escrito ou falado e prosseguiria com os procedimentos requerido para o recrutamento, seguindo quem lhe atendeu caso fosse necessário ou indo até o local indicado. “Quem foi o imbecil que teve a ideia de fazer uma construção romana no meio da capital coreana? Sinceramente… Que mal gosto. Se é para fazer no estilo estrangeiro, os cassinos de Vegas me apetece muito mais.” Pensaria enquanto olhava ao redor o pomposo “coliseu” branco que era a sede da White Tigers. Apesar do pensamento, estava muito admirado com o poderio que o local exercia. Certamente quem quer que tenha construído isso tinha muito dinheiro, o que significava que o fato de Ivan estar por ali também poderia chegar nesse patamar um dia, ou assim pensava. “Se a sorte me sorri, um dia o dindin vai cair!” era seu lema toda vez que apostava em questões monetárias, o que acontecia com mais frequência do que deveria.

“Sinceramente, espero que o fato da base ser um coliseu não signifique que seus membros vão se vestir como gladiadores… Ver um bando de marmanjo de tanguinha de couro definitivamente não faz parte dos meus planos pro dia de hoje. Nem nunca, ha… Se bem que se as mulheres também se vestirem, ai são outros quinhetos… Pera, existia gladiadorAs nessa época? Tsk. Mas no que diabos eu to pensando agora?!”

Perdendo-se em seus próprios devaneios, chacoalhava a cabeça para voltar a realidade e focar no que acontecia à sua frente, prosseguindo com o que lhe fosse pedido para concluir seu ingresso na organização.

Observações e Off:

Citei o coliseu porque consta na própria descrição da guilda que a base é assim, só pra deixar claro e não parecer que to fazendo god mode

Histórico:

Posts: 01
Rank: C
Classe: Healer
HP: 6.800/6.800
SP: 6.800/6.800
Pericias: *Especialização Medicina, +10% Curas Efetuadas* Cirurgia/Diagnose/Tratamento/Venefício/Espec.Médica-Oftalmologia
Localização: Seoul - Coréia do Sul
Relação NPC/Players: -X-

Ganhos: -X-

Perdas: -X-



Última edição por Visastre em 13/8/2020, 22:12, editado 1 vez(es) (Motivo da edição : corrigindo codagem)
Visastre
Visastre
Créditos : 0
G$ 1,000
Localização : Seoul

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________
[quote=Legenda]
-Fala-
"Pensamento"

14/8/2020, 16:27
Liberado



Aparentemente essa Associação Coreana de Caçadores tinha mais informações do que o esperado sobre as Doze Luas, algo até certo ponto surpreendente, Jetsun sentia e sabia que deveria tomar mais cuidado ao lidar com aquelas pessoas, se por acaso chegassem a descobrir que ele era um ex membro do grupo sua situação poderia ficar um pouco mais complicada, mas nada impossível de se resolver depois de chegarem a tal ponto.

Ele permaneceu em silêncio e observou friamente a foto de Chan, um velho conhecido de certa forma.

"Eles enviaram ele para investigar e me procurar? Parece que querem garantir que o trabalho seja feito.. Para ser capaz de sair vivo depois de colidir com o Tigre Branco em pessoa, a força das Doze Luas se mostra verdadeira. Se tudo isso acontecesse antes de toda essa confusão de despertar, eu não temeria mesmo a primeira Lua, uma pena. A roda do Destino não girou para mim desta vez."

Se manteve em silêncio após os outros terminarem de falar, ele não tinha ou melhor, não queria contribuir com mais nada.

- As capacidades de assassinato dessas pessoas são altas... Murmuraria, pensativo, era o máximo que conseguiria liberar até o momento.

Pegaria a ficha que me fora passada pelo agente da associação, concordando com os termos indicados que trabalhar com a White Tiger com a cabeça, ele anotaria o que pedia nos campos, deixando bem claro na sessão parental que era órfão.

Logo após preencher a ficha Daehan solicitaria permissão para sair e finalmente, iniciaria sua jornada até o Quartel General da White Tigers, no caminho procuraria por alguma loja de artigos de artes marciais onde pudesse comprar um bastão de combate para utilizar, caso encontrasse pagaria o preço sugerido e seguiria caminho até a White Tigers, se não encontrasse continuaria o caminho na direção do QG.




Histórico Jetsun Daehan:

HP: 1000
MP: 10.080

Posts:06

Perícias:
Arte Marcial: Bojutsu
Sobrevivência
Rastreio
Estratégia

Ganhos:


Perdas:


Objetivos:
- Conseguir uma identidade e me registrar na associação coreana de caçadores.
- Entrar para a White Tigers.
- Conhecer o Van. CHECK
- Conseguir um Cajado que eu possa utilizar como Bojutsu também para lutar a curta distância.
- Fazer uma Dungeon.
X
X
Créditos : 0
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________
Brotherhood - Página 2 GkgIprt

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Layout desenvolvido por Roevs, Remenuf e Mizzu
SOLO LEVELING RPG (2018 - 2020)