LFBR

Top Caçadores Freelancer

SOLO LEVELING RPG


Top Caçadores Freelancer 1QTBcYM



Top Caçadores Freelancer CukinlQ

Caçadores Reconhecidos Nacionalmente

Top Caçadores Freelancer BXuH6JK

Nome: Taeyang Ryuk
Rank: S
Classe: Assassino
Subclasse: Atirador
Titulo: "Flecha Relâmpago" / "Tiro Letal"
Idade: 27 anos
Altura: 1,82cm
Peso: 84kg

Aparência: Várias e várias cicatrizes certamente ganham destaque sobre a face e corpo de Taeyang. Apenas significando que suas conquistas vieram com esforço, dedicação e persistência. Geralmente é visto com roupas mais folgadas, uma jaqueta de couro negra, um cacho de penas - que por sinal dizem ser um item que ele Dropou de um Boss A-Rank ao qual matou sozinho - e olhos da cor rubro. cabelo curto da cor castanho escuro e quase sempre uma expressão nada amigável.

Personalidade: Todas as tentativas de obter uma entrevista com o caçador Freelancer que ganhou fama em vários países, foram inúteis. Muitos acham que ele é arrogante, excêntrico e até mesmo egoísta. Mas a verdade é que ele ainda continua tímido, um tanto antissocial e rancoroso devido seu passado. Ele possui uma índole honesta, ajuda quando necessário, mas é só isso, não espere mais dele. Adquiriu astucia, experiência e atua de forma privada. Raramente se sabe por onde ele anda, pois, quando se ouve de seus feitos, ele já foi para outro lugar. Alguns companheiros de time, ainda quando ele fazia parte de grupos que focavam em portais A-Rank, comentavam que chegava a levar dias e mais dias até finalizar o Portal e durante esse tempo, Ryuk permaneceu calado, frio e determinado.

História: Nascido e criado no interior mais profundo de Busan, Taeyang é - ou pelo menos era - um nativo daqueles tradicionais, pois, levava ao pé da letra as tradições de sua tribo. Apesar da modernidade em diversas cidades da Coreia, ainda existem aqueles que prezam pelos seus ancestrais e abdicam de tais luxurias, exatamente em tal lugar Taeyang cresceu. Vinculado a tribo Ryuk, uma das últimas tribos fieis a seus costumes, o jovem rapaz atingiu a fase adulta e começou a ajudar com afazeres, na maioria se resumia a plantar, colher, caçar com seu arco desgastado, etc. a tribo Ryuk usufruía do que a montanha e florestas disponibilizavam para eles.

Taeyang raramente via alguém de fora, mas quando se deparava com alguns caçadores de animais silvestres, aventureiros, alpinistas e entre outros, acabava ouvindo historias de toda parte do mundo, fazendo-o imaginar o quão pequeno era nesse vasto planeta. A tribo Ryuk dividia território com outra tribo; os Yuk. De tempos em tempos, as tribos faziam uma enorme cerimônia para concretizar casamentos e assim pacificar e perpetuar a paz no território. Taeyang havia sido oferecido, pois, seu pai era o chefe da aldeia. Estava destinado a casar ainda com meros 19 anos com uma jovem de 17 da tribo Yuk.

Nada havia mudado durante centenas de anos, muito antes de existirem carros, construções e maquinas voadoras; os costumes permaneciam inabaláveis. Entretanto, as tribos jamais iriam imaginar que o mundo iria mudar de maneira drástica. Em um dia, próximo do casamento, Taeyang estava andando pela floresta em busca de algumas flores que pudessem a vir presentear sua amada ou talvez pudesse tentar matar algum felino de pele elegante, apesar de que era uma tarefa árdua e quase sempre ele fugia, já que, seu arco não era dos melhores. Apesar de o casamento ter sido definido, ele já amava a mulher desde jovem, mas sua timidez sempre foi seu ponto fraco. Se não fosse as pessoas que viessem a falar com ele, talvez ele ficaria parado olhando sem se comunicar.

Durante sua caminhada, ouviu um som que agitou toda a floresta, quase como se algo tivesse rompido. Diversos animais corriam assustados e, quase instintivamente, correu em direção a sua aldeia. Taeyang havia chegado e se deparado com um enorme portal, ficou tão pasmo que nem seus pensamentos faziam sentido. A confusão mental logo se dissipava, pois, percebia alguns de seus camaradas saírem do portal extremamente feridos. Nesse momento, ele tentou socorrer seu pai que logo viria a sair por último e em seu último suspiro disse ao filho: "ela achou que você estava lá". O fato era que, sua amada e outras pessoas haviam adentrado por curiosidade e isso havia sido erro fatal, mas compreensível. Afinal, ninguém jamais imaginaria que os portais viriam, num futuro próximo, ser as Dungeons que conectariam dois mundos; dos humanos e das bestas mágicas.

Decidido a ir atrás de sua futura esposa, Taeyang entrou no portal e logo ao passar sentiu sensações estranhas, mas tomado pela adrenalina, não se importou. Sua visão logo se deparou com sua amada sendo violentada, torturada e devorada por um enorme grupo de Goblins, tudo havia sido tão rápido que demorou para a raiva eclodir sobre sua mente. Dizem que algumas bestas têm dois tipos de reação ao se deparar com a morte; primeira fugir e a segunda atacar. Taeyang não era inteligente, forte ou experiente, mas seu corpo estava recebendo o que mais tarde seria chamado de “Despertar”, quase em conjunto de sua fúria perante aqueles seres incomuns para ele. Seu corpo emanava uma luz, seus músculos triplicavam e ao pegar seu arco, uma chuva de flechas quase tão rápido quanto um raio, atingia a horda de goblin despedaçando-os completamente.

Muitos dizem que o ancião sobrevivente, ao qual contou tal historia, só queria atenção enquanto proferia a história, além de reviver o nome da tribo. Mas todos os contratantes, inclusive a associação, aprovam que atualmente Taeyang Ryuk é um dos tops Freelancer mais poderosos, se não for o melhor. Seu histórico de exito em Dungeons fala por si só. O presidente da associação em uma entrevista alegou que o caçador Ryuk contraiu um ódio fervoroso para com todos os portais e se dedica a destruí-los. Ryuk atualmente é conhecido mundialmente, apesar de ser coreano quase sempre viaja pelo mundo em busca de sua vingança, que talvez não possua fim. Despertou como um dos raros S-Rank na classe Assassino e subclasse Atirador, possuindo atualmente o título de “Flecha Relâmpago”, pois, os poucos que obtiveram a oportunidade de fazer parte do time de Taeyang, acabavam dizendo que ele atirava tão rápido quanto um raio e jamais errava seu alvo, pelo menos aqueles de Rank inferior ao dele. Seu arco que possui características de um metal enegrecido e uma corda tão fina quanto fio de cabelo, certamente chamam a atenção.


Top Caçadores Freelancer N2LRpSc

Nome: Kumiko Huang
Rank: A
Classe: Curandeira
Subclasse: Suporte
Titulo: "A Esnobe Lótus"
Idade: 14
Altura: 1,49cm
Peso:  44kg

Aparência: Sua pequena estatura corporal não define nem um pouco seu poder físico e mágico, pois, ela certamente tem em abundância. Suas curvas são sinuosas e esbeltas para uma adolescente, mas nenhum atributo físico que possa ser exorbitante em sua idade, poderia se dizer que ela possui um corpo bem proporcional. Geralmente está usufruindo de vestidos charmosos e encantadores em conjunto de um sorriso voraz e malicioso. Seus olhos da cor esmeralda e cabelos esverdeados encaracolados, poderiam encantar qualquer um que não conhecesse sua asquerosa personalidade. Ela carrega consigo uma runa em um cajado que lhe permite flutuar durante algum tempo, sendo uma das poucas com tal item raríssimo mágico.

Personalidade: Nem dez homens em conjunto poderiam superar a arrogância e superioridade que Kumiko detêm. Depois de o Despertar, a garota de 9 anos acabou recebendo uma carga de esperanças monstruosa de sua família para com a prosperidade do clã, além disso, teve que lidar com larápios, sequestradores e entre outros que tentavam se aproveitar, em razão de Huang ser uma criança, mesmo que fosse extremamente forte. Era como se ela estivesse segurando uma Bazuca, mas não soubesse usa-la e ainda diversas pessoas tentavam lhe ensinar, ainda que não fizesse ideia de como. Muito disso acabou agregando a essa personalidade excêntrica, mimada, sagaz e rude, não que ela não tenha educação, apenas não gosta de usar. Ela odeia que lhe chamem de “a esnobe lótus”, não se sabe o motivo, e qualquer um que tentem intimida-la ou subestima-la, tende a sofrer consequências. Ainda que obedeça às leis, muitas acusações, multas e indenizações já foram para seu histórico, devido a isso ela não atua como caçadora em portais com muita consistência. Ainda que seja forte, seu papel é ajudar times equilibrados para terem sucesso em portais de rank elevados, o que é irônico, já que, sua função não encaixa nem um pouco com seu ego inflado. Boatos percorrem toda parte referente a ela ser cruel e impiedosa, pelo menos com aqueles que são mais fraco com ela, talvez os únicos que consigam seu respeito seriam os acima dela.  

História: Atualmente não há nenhum chines que não reconheça o sobrenome “Huang”, pois, é a família de maior prestígio da última era. Apesar de o clã Huang nunca ter sido tão famoso, pelo menos não em comparação com o clã Yuan, sua última descendente mudou completamente a história do clã. A china hoje em dia se encontra como uma das potências mundiais em termos de caçadores A e S-Rankers. Mas existe apenas um deles que ganhou fama mundialmente sem fazer parte de uma guilda.

Kumiko Huang uma jovem menina que se você passasse na rua se quer perceberia, é uma notória caçadora corajosa e destemida, um pouco sádica também. Kumiko, ou como gosta de se ser chamada de “Kumi”, é um dos caçadores mais jovem em toda década, apesar de haver alguns casos raros, mas ainda sim ela é a mais celebre dentre todos. Sua família já era rica, mas depois de o despertar, Kumi gerou milhares de dinheiro para seu clã, tornando-o com maior prestígio e poderio financeiro da china.

Kumi sempre foi filha única e mimada, erro de seus pais, mas sua beleza desde jovem a fez ganhar afeto rápido e por todos. Apesar de possuir uma rara beleza chinesa, sua personalidade se tornou algo difícil de lidar, principalmente depois que ela Despertou. Possuí a classe curandeira e a subclasse Suporte; uma das classes mais pedidas em serviços e raras de se ver. Não bastando isso, Kumi ainda Despertou A-Rank e logo ganhando fama e poder. Ela despertou quando tinha apenas 9 anos de idade; atuando há 5 anos como caçadora. Foi difícil para muitos homens tradicionais do país verem uma criança capaz de curar todo tipo de doença, membros feridos e feitos que jamais imaginariam, sem contar que seu poder faria qualquer homem honrado de borrar nas calças, pelo menos naquele tempo.

Muitos que não conhecem a jovem menina, se perguntam como ela sendo uma rara curandeira de alto Rank, não adentrou numa conceituada Guilda. A verdade é que, ela já entrou em mais de 12 Guildas, considerando seu histórico na associação, mas ninguém conseguiu suportar o gênio arrogante e mimado da garota. Alguns se perguntaria por qual motivo ela não abriu nenhuma Guilda e isso foi uma das perguntas mais frequentes, e ela foi feita em uma entrevista em um canal conceituado na china. A resposta de Kumiko foi bem direta e convicta: “Pra que vou me dar o trabalho de mandar em um bando de marmanjos? Hunf. Eu já tenho muito dinheiro, muitos itens bons e comando os negócios da família agora. Já é coisa demais, faço meus extras por pura diversão.”

Apesar de a resposta descarada, o maior motivo foi que a associação negou seu pedido. Alguns boatos indicam que Huang haveria massacrado alguns caçadores dentro de uma Dungeon. No entanto, nada pode ser confirmado devido à inexistência de testemunhas e provas. Para a associação Chinesa é muito mais conveniente vender os direitos dos portais e deixar ela lidar com um time provisório como quiser do que ter uma guilda com ela sendo uma suspeita de atos degenerados. Poderia haver consequências ainda piores. Kumi sempre nega as acusações, mas seu olhar em certas perguntas provam o contrário.

Atualmente a jovem é conhecida mundialmente como “A Esnobe Lótus”, pois, existem dois lados da garota. Um que indicam que ela é apenas mão firme devido sua idade de muitos subestimarem ela, e outra devido seus atos impiedosos dentro de uma Dungeon. Muitos caçadores e civis poderiam ter morrido com os ferimentos que ela causou por terem caçoado ou proferido seu apelido - ao qual ela repudia - porém, ela mesmo efetuou os procedimentos de cura, pois, é uma das mais capacitadas sobre sua classe. Volte e meia ela paga indenização e multas para a associação Chinesa, mas como ela possui muito prestígio, ainda que bom e ruim, a associação acaba fazendo vista grossa.

Top Caçadores Freelancer UED7pU3

Nome: Rurik Drakon
Rank: A
Classe: Mago
Subclasse: Druida
Titulo: "Dragão Negro" / "Progenitor do Caos"
Idade: 37 anos
Altura: 1,87cm
Peso: 80kg

Aparência: Apesar de seu tom de pele escuro ser incomum para um Russo, suas tatuagens com símbolos e marcas russas indicam claramente sua nacionalidade. Possui cabelos prateados longos até a cintura e pontiagudos no topo da sua cabeça. Seus olhos que emanam uma aura assassina quando ele quer, possuem uma cor de sangue incomum. Utiliza uma capa enorme, alguns especulam que seja algum tipo de item, que escondem o resto que sobrou de seu braço que fora desmenbrado. Suas roupas geralmente são simples, apesar de seus gostos serem caros. Utiliza seu colar no pescoço que possui um tom azul-celeste extremamente belo e sútil.

Personalidade: Apesar da aparência simples de Drakon, não se deixe enganar. Sua sede por dinheiro é ainda mais voraz que sua sede por vingança. Alguns boatos dizem que ele matou um cachorro só pelo fato de ter soltado um cocozinho próximo dele. É um homem leal a sua máfia, mas caso vier a trair, é melhor pedir para o Diabo vir te matar do que Rurik, pois, ele ira te causar todo tipo de dor que você jamais pensou r só quando você implorar muito pela morte, talvez ele lhe torture mais um pouco e ai conceda seu desejo. É extremamente astuto, malandro e estrategista quanto Presidente da associação; provavelmente por isso ainda esteja vivo. Poucos sabem que ele é o mandante do submundo, mas ele tenta manter as aparências como Freelancer, exatamente por isso ele não faz parte de nenhuma Guilda. É conhecido no mundo todo como um caçador vingativo, poderoso e centrado, apesar de possuir alguns ataques de fúria ao ser confrontado ou desafiado. É raro ver ele sozinho, geralmente anda com os mais leias de máfia, sempre que perguntam porque um caçador Freelancer está com guarda-cosas, ainda mais um A-Rank, ele responde - ou seus comparsas - que é por ele ser tutor de caçadores mais inexperientes, apesar de alguns nem se quer serem despertados. Todavia, é extremamente raro ver ele transitando pelas ruas da cidade de dia.

História: Logo quando eclodiu a era do Despertar, onde diversos portais começaram sucessivamente surgir em todos os países, como também há aparecer humanos evoluídos, chamados de caçadores, muitas guerras desabrocharam por quase toda parte, devido a essa onda nova de poderes sobre-humanos. Ainda sim, muitos não foram tentados a usarem suas capacidades aprimoradas para benefícios próprios, ainda teve aqueles que usaram para o bem, acima de tudo. Entretanto, não é o caso de Rurik. Entre diversos caçadores, ele pode ser considerado um dos mais perigosos e cruéis de toda a história.

Nascido na capital da Rússia, Drakon foi o irmão mais velho dentre todos os 5 de sua família e o único sobrevivente após a última guerra entre a Rússia e União Soviética, que destruir a cidade e deixou centenas de mortos, se quer existia algo relacionado aos portais na época. Após sofrer e entrar em uma onda de delitos, crimes e entre outros atos pavorosos, foi chamado para a irmandade Bratva; máfia. Lá floresceu e criou reputação, suas tatuagens por todo corpo indica facilmente sua ligação com a máfia Russa. Todavia, acabou sendo traído por um de seus irmãos de sangue, devido seu camarada estar roubando por baixo dos panos a própria irmandade - código feito entre a irmandade para criar um vínculo de fidelidade como irmãos - e como Rurik levava a lealdade ao extremo como também era devoto a causa, assassinou a sangue-frio por simples vingança e punição, não que seja algo raro matar, mas era raro membro da irmandade matando seus próprios irmãos. Nem se quer ele havia seguido o código que era levar o traidor e sobre as leis do líder, julgar o membro mafioso e decidir se seria culpado ou punido; com a morte ou a perda de algum membro; pagando pelo seu erro.

Após ser julgado e dispensado da irmandade, deixando todos os bens como forma de punição, acabou sendo exilado da Rússia e por um tempo peregrinou até parar na Coreia. Possuía apenas sua força de vontade e maestrias aprendidas e qualificadas. Não demorou nem dois anos quando o Despertar se manifestou pela primeira vez, estourando há anarquia por toda parte, logicamente, que Ruriki acabou se aproveitando do caos. Ele havia saqueado e roubado muitos locais durante algum tempo, mas logo quando o Gan criou em conjunto ao governo do país a Associação Coreana que tudo estabilizou. Rurik ainda era um ladrão qualquer e de certa forma havia alavancado de vida, pois, já possuía alguns patrimônios e uma empresa de fachada para lavagem de dinheiro, já que, havia criado uma rede clandestina e um submundo jamais visto crucificado na cidade da coreia, havendo venda e compra de coisas ilegais, tudo que possa imaginar. Ficou conhecido como “Progenitor do Caos”, ninguém saberia dizer quem ele era, pois, nunca aparecia diretamente. Seus anos como um membro da Bratva lhe ensinaram maestrias das mais variáveis como também uma astúcia e capacidades estratégicas visionarias impressionantes.

Drakon ainda não sabia que ele viria a ser um Despertado, pois, nem todos que despertaram surgiram junto do incio da era. De tempos em tempos, os humanos evoluem e se tornam caçadores. Durante um incidente onde havia ocorrido uma Quebra de Dungeon, afetando a cidade de Seul, Rurik estava em um de seus patrimônios quando foi atingido por um bando de Quimeras. Estava a beira da morte quando sentiu seu corpo emanar uma força latente e agoniante. Ele havia evoluído e não demorou muito para dizimar todos os monstros que estavam a destruir a cidade, não por heroísmo ou bondade, simplesmente por pura vontade de vingança, e uma pitada de êxtase daquela sensação de poder sem fim.

Acabou ganhando fama rapidamente e, para manter seus negócios por baixo dos panos devido à atenção recebida mesmo que preferisse ficar anonimo, se tornou um caçador Freelancer. Os dados da associação indicam que ele é A-Rank da classe Mago e subclasse Druida. Alguns caçadores que tiveram a oportunidade de ir em um portal junto de Drakon, afirmaram que ele possuía a capacidade de manifestar as características de um Dragão-de-Komodo e até mesmo se transformar completamente num hibrido humanoide.

Não demorou muito para Rurik perceber a fonte de renda que os portais forneciam, não pelas migalhas que a associação pagava, mas sim os itens, armas e minerais maravilhosos que os portais continham. Devido seu Rank ser alto, ele começou a expandir seu negócio do submundo para venda de itens roubados dentro das dungeons, possuindo caçadores membros de sua organização, infiltrados em times para reconhecimento de objetos valiosos e assim rouba-los, matando todos no processo. Mas na época o presidente Gan era ativo e quase sempre estava averiguando as situações das equipes até que se deparou com Rurik que havia assassinado uma equipe de trinta caçadores abaixo dele, apenas com objetivo de obter um colar mistico que um Boss havia dropado. Esse item permitia dobrar as capacidades de uma transformação, fazendo assim o Druida que se transformava em um dragão de Komodo se tornar um Dragão Ancestral extremamente poderoso. Gan havia interceptado a fuga de Drakon e uma batalha feroz e indescritível ocorrerá dentro da zona da Dungeon, que por sinal, faltavam poucos minutos para que o portal fosse destruído, referente o Boss ter sido morto. Se não fosse esse colar que permitia o Druida alcançar outro nível de poder, Gan certamente teria derrotado o caçador em pouco tempo. Apesar de Rurik drenar um esforço a tempos não exercido por parte de Woong, a transformação possuía um tempo precário e no processo esgotou a mana de Drakon que acabou pagando o preço de perder seu braço esquerdo, pois, a força de Gan era algo de outro nível.

Muitos denominaram Rurik como “Dragão Negro”, pelo seu poder e ousadia colidirem com presidente da associação, o que poucos ousaram fazer, não encheriam às duas mãos se contasse aqueles que tiveram a bravura em atacar Gan, mesmo sabendo quem ele era. Drakon foi preso, por pouco tempo, e atualmente está solto a um ano. Conseguiu sair pelo fato de seus advogados conseguirem diminuir sua pena, já que, haviam poucas provas, a não ser ter enfrentado o presidente da associação, o resto era a palavra dele contra o velho homem. Apesar dos tempos terem mudado, leis agregadas como também aquela batalha ter permitido Gan perceber a falha no sistema e elaborar todo uma nova estrutura regida por leis específicas para caçadores com intuito de evitar falhas como de Drakon.

Ainda que esteja solto, e mesmo que Gan não saiba que Rurik é o lider de toda mafia coreana, o presidente está sempre de olho no ex-caçador assassino. A licença que estava revogada, foi restaurada e durante esse um ano Rurik ganhou fama. Seu item mágico acabou voltando para suas mãos de forma legal, pelo menos é o que os papeis sugerem, mas sabemos que ele sempre da um jeito de resolver ou de querer algo. Apesar de boa parte da mídia ser influenciada por ele e/ou paga com dinheiro sujo, ele é mundialmente conhecido pela sua luta com presidente. É raro Drakon sair do país, mas volte e meia sua gangue mafiosa entra em conflito com a irmandade Bratva da sua terra natal.

STAFF SLRPG 2019



Blindão
Blindão
Créditos : 0
G$ 1,000
Localização : Los Angeles, Eua

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Rank E

Voltar ao Topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Layout desenvolvido por Roevs, Remenuf e Mizzu
SOLO LEVELING RPG (2018 - 2020)