Solo Leveling RPG: Os grandes caçadores surgem aqui!
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.
Solo Leveling RPG: Os grandes caçadores surgem aqui!


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ficha - Shina Aratuza

2 participantes

Ir para baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1Ficha - Shina Aratuza Empty Ficha - Shina Aratuza 18/11/2019, 10:53

Nolat

Nolat
Nome: Shina Aratuza
Rank: C
Classe: Assassina
Sub-Classe: Ranger
Gênero: Feminino
Idade: 16
Altura: 1,60
Peso: 42
Tipo Sanguíneo: A+
Localização: Seul
Origem: Coreia

Imagem do Personagem:
Ficha - Shina Aratuza Black%E2%98%85Rock.Shooter.%28Character%29.full.283038
Imagem Secundaria:
Ficha - Shina Aratuza Latest?cb=20190503151829

Aparência:
Shina é dotada de uma pele alva como a neve, esta que dispensa qualquer vestígio ou impurezas como manchas, cicatrizes ou sinais de nascença. Seus cabelos são da mais intensa coloração do preto, os realçando estupendamente graças ao contraste com sua pele, sendo estes em twinstails levemente bagunçados e ouriçados. Seus traços do rosto são finos, assim como sua orelha e seu nariz, sendo este ultimo levemente empinado. Seus olhos são consideravelmente grandes, na coloração do mais belo azul, dando vida e cor ao branco predominante.

Sua feição quase sempre se é nula, sem muitas expressões, ainda que Shina seja uma tremenda pestinha e palhacinha quando em dialogo. Traja habitualmente uma capa negra com detalhes azuis que por pouco não se arrasta pelo chão. Shina dispensa o uso de uma camisa, usufruindo da parte de cima de um biquíni preto, fino e justo. Um pouco mais abaixo, utiliza de um short preto pequeno e em coloração negra. Por fim utiliza de uma bota preta longa, esta que chega até as proximidades de seu joelho.
Personalidade:
Embora não compactue com as regras e limitações do estilo de criação do seu pai, este militar rígido e ferrenho, Shina traz consigo vestígios do mesmo em suas ações ainda que se esforce para renegar. Em combate ou quando em função de atiradora, Shina tornasse uma verdadeira militar, cobrando severamente de si e de seus companheiros, não por ser arrogante ou para expor estes ao ridículo, mas por acreditar em uma possível evolução de desempenho baseado em cobrança. De forma semelhante, seu semblante e aura se alteram, tornando-se uma pessoa inapta a brincadeiras ou afins, diferentemente de sua real personalidade. Em resumo, estar em combate desperta uma especie de outra personalidade na pequena moça.

Contudo, fora de combate, Shina é uma genuína adolescente de dezesseis anos, animada, cômica e cheia de vida, não dispensando piadas ou um bom sarcasmo em momento algum. Por muitos, se é taxada de tagarela, por não limitar suas falas em frente a autoridades ou em situações tensas, sendo um tanto constrangedora para aqueles que a acompanham em seletas situações. Todavia, por mais que tenha traços lunáticos, Shina não é idiota, sabe se conter facilmente em casos realmente necessários.

Embora sua aparência e comportamento transpareçam ser uma menina boba e ingenua, esta fantasia serve apenas para mascarar suas reais intenções. Shina é uma pessoa extremamente gananciosa, buscando nada mais e nada menos que o lucro e angariar vantagens em quaisquer situação, sendo capaz de até mesmo simular coagir e ser cooperante. Acredita fielmente que os fins justificam os meios, podendo facilmente agir de má fé se assim achar necessário ou se acompanhar um bom pagamento. Ainda que peçonhenta, Shina é um amor de pessoa.  
História:
Se busca aqui uma história típica de herói, cheia de coisinha normal e bonitinhas, tá no lugar errado. Isso aqui é mais um desabafo do que qualquer outro capricho, então não reclame se eu perder o foco ou deixar passar algo, boa memoria nunca foi o meu forte. Vamos lá, por onde devo começar(...) certo, certo, vamos do nascimento. Estava chovendo em demasia no dia que me foi concebido a vida, sei disto porque minha mãe fazia questão de lembrar este minucioso detalhe sempre que contava a história, ela dizia que eu roubei o azul da chuva e dos céus naquele dia e por isso esta cor forte. Quando mais nova isso me deixava totalmente boba e feliz, mas puta merda, foi foda crescer e saber que a chuva não tem cor azul, mas bola pra frente, eu entendi o que minha mãe queria enfatizando isso, não a julgo. Minha mãe sempre foi o inverso do meu pai, sempre foi doce e gentil e parecia me entender como ninguém... Ainda me dói lembrar que... Deixa, mais pra frente eu conto, vamos continuar!

Em contra partida, meu pai, esse que por sua vez é um militar altamente respeitado até mesmo por aqueles que não compactuam com a corporação, sendo rígido e áspero com suas regras distorcidas e diretrizes de criação. Cara, sério, foda-se que é meu pai, esse cara é maluco da cabeça. Lembro que por muito tempo, fui chamada por todos como ‘’filha do militar’’, confesso que no começo era legal, eu era conhecida, famosa, mas com o passar do tempo aquilo se tornou a minha identidade, como a Shina em si nunca tivesse existido. Isso me consumia, me apertava o peito e não importava o quanto eu insistisse de apresentar meu novo, não mudava. Eu sempre acordava as seis e dormia as vinte e dois, segundo meu pai esse é o horário de gente correta, falava que se eu não cumprisse, morreria solteira e mal falada, porque ninguém iria me querer por perto. Lembro dos dias que chorava ao olhar o relógio e vê que as horas se aproximavam do limite, mas meu sono não chegava.

Minha infância, embora conturbada e cheia de problemas psicológicos criados pelo comportamento rígido e áspero de meu pai, ainda sim era ótima, eu não poderia questionar tanto, comida, roupas, brinquedos e qualquer outra coisa estava ao meu alcance com apenas um simples falar: “eu quero!” Contudo essa infância normal e perfeita durou até os meus oito anos de idade. Em meu aniversário fui presenteada com uma caixa, esta retangular e de tamanho mediano, meus olhos cresciam de curiosidade assim como meu sorriso se estampava no rosto ao segura-la, sua embalagem era de fato linda. Ao abrir e olhar a dentro, pude perceber uma pistola, juntamente de um pente e munição, me levando de imediato a largar aquilo em espanto, voltando-se para minha mãe como quem buscasse abrigo. Ela por sua vez era contra a atitude meu pai, reclamando e o corrigindo, levando este a agredi-la verbalmente como fisicamente, com socos e pontapés.

Aquela cena destruía totalmente meu psicológico, amassava e engolia toda a minha estrutura, consigo perfeitamente sentir aquela sensação ao deitar em minha cama e fechar os olhos, é como um pesadelo que se repete infinitamente. Meu pai a partir desse dia me levava toda manhã para praticar disparo, ensinando-me tudo sobre armas e seus truques, tanto de forma prática como de forma teórica. Aquilo a principio era como uma tortura, eu odiava escutar o barulho da arma, odiava segurar aquilo como também sentir o seu cheiro, porém com o passar dos anos aquilo se tornou uma verdadeira terapia. Com quatorze anos eu já era tão habilidosa quanto meu pai, atirando tão bem quanto ele e sendo considerada por muitos como superior. Ter essa habilidade e “poder” tão nova me levou a questionar se de fato eu deveria seguir as regras impostas por meu pai, aflorando em mim vontades e desejos de coisas que jamais tive quando mais nova. Respeita-lo parecia algo descartável, despertando seu ódio para comigo que resultou em minha expulsão prematura de casa com quinze anos.

Apesar de ser tão nova, abdicar de minha infância para aprender a malicia e maldade das armas, como também a malandragem da corporação militar, lugar onde eu treinava e era respeitada, me fez gerar precocemente uma cabeça adulta, gananciosa e peçonhenta, onde lucrar com essas habilidades eram o único e principal objetivo em minha vida. Esse pensamento me levou as entranhas da cidade de Seul com apenas quinze anos, sendo presenteada pela benção divina do despertar com só dezesseis anos, registrando-me na ACC como caçadora rank C e sendo presenteada com uma adorável Artic Warfare para auxilio de meus trabalhos futuros.

Força: 31
Inteligência: 200
Agilidade:  61
Sentidos: 101
Vitalidade: 7

Moradia: Flat
Perícias/Maestrias: Furtividade, Instinto, Sangue-frio, Leitura Corporal e Armas de Fogo (Fuzil)

Link Roll: Roll
Link da antiga ficha (Apenas se tiver resetado) Ficha antiga



Última edição por Nolat em 18/11/2019, 14:32, editado 2 vez(es)

2Ficha - Shina Aratuza Empty Re: Ficha - Shina Aratuza 18/11/2019, 10:57

Nolat

Nolat
Ficha - Shina Aratuza ZbFuk5k
Equipar Chapeu de assassino - Rank C - Vitalidade


Ficha - Shina Aratuza Z4032
Inventario: Espada - Rank D - Vitalidade - Penalidade: inteligência


ficha antiga - comprovação

3Ficha - Shina Aratuza Empty Re: Ficha - Shina Aratuza 18/11/2019, 13:15

Nolat

Nolat
@up

Ficha terminada!

4Ficha - Shina Aratuza Empty Re: Ficha - Shina Aratuza 18/11/2019, 23:19

Reme

Reme
Rank B


_________________



Ficha - Shina Aratuza TBO2FBd

Conteúdo patrocinado


Ir para o topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos