Solo Leveling RPG: Os grandes caçadores surgem aqui!
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.
Solo Leveling RPG: Os grandes caçadores surgem aqui!


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

[Ficha] Scáthach Ulster

3 participantes

Ir para baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1[Ficha] Scáthach Ulster Empty [Ficha] Scáthach Ulster 27/9/2019, 12:11

Scáthach Ulster

Scáthach Ulster
Rank C
Nome: Scáthach Ulster
Rank: C
Classe: Mago
Sub-Classe: Invocador
Gênero: Indefinido
Idade: 18
Altura: 1,50
Peso: 50KG
Tipo Sanguíneo: B+
Localização: Seoul, South Korea
Origem: Ulster, Irlanda.

Imagem do Personagem:
[Ficha] Scáthach Ulster Fate_Series_Fate_Apocrypha_anime_boys_Rider_of_Black_Astolfo_Fate_Apocrypha-1297317
Imagem Secundaria:
[Ficha] Scáthach Ulster PointlessAffectionateHeron-size_restricted

Aparência:
O corpo de Ulster cabe perfeitamente em qualquer manequim 36, afinal, o seu corpo pequeno dá a entender que nunca lutou na sua vida, sendo isto uma mentira. Seus olhos são rosados como um algodão doce, mas não, você não pode come-los. O tom de seu cabelo é semelhante aos de seus olhos, possuindo um belo e claro tom de rosa com apenas alguma variação de cores, sendo a parte traseira mais escura. Utilizando de uma longa franja que insisti em cair sob o seu olhar, dando uma enfase na sua fofura eminente. Deixa frequentemente o cabelo com o estilo de "trança”, que inicia na parte de trás do seu pescoço e vai até os seus quadris, ou seja, dependendo da ocasião, seu cabelo pode gerar uma distração nos olhares alheios. Ele não possui seios, sendo completamente reto nessa parte, principalmente por conta da vestimenta mais justa.

Com um sorriso lindo e encantador,  é o tipo de pessoa que engana a todos com sua aparência extremamente feminina e parcialmente “frágil”, contudo, não tente subestimá-lo.
Personalidade:
Eu definitivamente não sei definir a minha personalidade, afinal eu vivo dentro de uma personagem que eu inventei, ela é fofa, grandiosa e simpática, tendo como objetivo sempre agradar a todos.

Sabendo lidar com as mais diversas situações e sempre gesticulando  ao falar como uma garota de treze anos. Lidando sempre com o seu corpo minúsculo e a sua falta de noção, sua empatia pelas pessoas cresce a cada dia, tornando-o um verdadeiro amigo para todas as horas. Mas quando está bravo sai completamente do personagem Já que todo o foco de mantê-lo acaba indo para o ralo. Transformando-se em um ego bem mais sombrio, seu olhar penetra cada centímetro do corpo de quem o olha, parecendo ser uma pré-adolescente irritada por terem comido o seu pedaço de bolo de abacaxi.

Além de ter uma mania muito frequente de deixar o seu coração tomar conta das decisões, não utilizando o cérebro para pensar em algo e age totalmente em pró a vida. Se ele prometeu cuidar de você, é isso que ele fará. O garoto tem uma mania de sorrir quase o tempo todo, isso dá a entender que é uma pessoa feliz, mesmo em situações de risco, sorrir é um meio de defesa, falar algo ofensivo e sorrir, isso provoca muito mais as pessoas. Aliás, não é o tipo que gosta de ouvir muita baboseira e tenta ao máximo sair do local para não ouvir. Scáthach ama maça, banana e caqui, fazendo-o ser bem irritante quando passa um longo tempo sem comer um dos três. Odeia pessoas que falam alto e aquelas que falam com um tom de deboche, mas o que ele não gosta mesmo é de seres que contém mais de quatro patas, tendo um asco com isso, sendo que isto é somente um nojinho de tocar ou chegar perto.

Barulho de tiro é um gatilho a ativação de sua habilidade, claro que ele mantém controle, é apenas o som que o incomoda ao ponto de entrar em uma especie de defesa, como uma tartaruga escondendo-se no seu casco.

Ulster gesticula muito quando está preocupado com algo, mas ao ver isso as pessoas tem uma ideia de que a "garota" tem por volta de doze anos por aparentar não ter uma maturidade muito acima do físico, principalmente por ser tábua demais, o confundem facilmente com uma pré adolescente em 'evolução'.
História:
Ulster, este é o sobrenome da família do garoto, seus pais mudaram-se para a coreia do sul antes mesmo do mesmo nascer, já que o seu pai é um militar do exercito. Foi criado por sua mãe e criticamente treinado pelo seu pai, sofreu desde criança nas mãos daquele que deveria lhe trazer amor. Pouco tempo depois de completar dois anos de idade, a sua progenitora engravidou novamente e pariu um outro garoto, este sim representava a família , palavras ditas pelo seu próprio pai. Todos da família, seus tios, avós, voltaram a atenção para o caçula, sendo ele a projeção ideal. Sua mãe amando ambos com a mesma intensidade, nunca aturou o fato de outros julgarem, de alguma forma Juyiet era uma mulher a frente de seu tempo. sempre vendo mais qualidades do que defeito, sempre analisando e guiando cada filho em um caminho do qual o mesmo deseja.

Todos sabem que em uma família tradicional, tudo que desvia do caminho de seus costumes é considerado do mal, sendo assim, Scáthach era considerado a própria encarnação do mal. Mas foi salvo pela sua mãe , obviamente protegendo-o das maldades que via, mas há sempre algo por trás; Os treinamentos dado pelo seu pai exigia muito de seu físico, subir em cordas, pular muros quatro vezes mais alto ou escalar parede de pedras. Isso enrijece a musculatura do jovem, fazendo-o ter noção de queda, rolamento, entre outras coisas boas do Parkour, modalidade ensinada pelo seu pai.

O descaso de seu pai piorou quando Juyiet morreu devida a uma doença, hoje em dia intitulada como câncer no colo do útero. Uma briga entre os irmãos e adivinha quem saiu ganhando? Scáthach foi expulso de casa aos 16 anos, não sabendo lidar com o mundo afora, se escondeu em uma personagem que ele mesmo criou, utilizando de seu nome real, fingiu ser uma garota para se dar bem, mas a realidade é bem diferente quando se vive, humilhações, desprezo , por incrível que pareça em um mundo tão evoluído, onde há pessoas tão poderosas... O machismo ainda é visível.

Não acreditavam no seu potencial e a atuação se tornou um dos seus meios para ganhar dinheiro, entregando panfletos pelas ruas e seduzindo clientes para ganhar uma comissão mais alta devido a clientela nova.

Scáthach se moldava para se adaptar no ambiente, portando se tornou um garoto rude para sobreviver em algumas situações arriscadas ou extremamente fofo em outras para ganhar a atenção de alguém. Começou a trabalhar em um zoológico da cidade, por mais que fosse para lavar banheiros, acabou aprendendo sobre o mundo animal, neste momento surgiu a facilidade em montar já que por paquerar um dos funcionários conseguia acesso a cavalos de raças especiais, fazendo-o ter uma aptidão nesta habilidade. Inclusive, tendo um relacionamento com este funcionário, adquiriu o conhecimento sobre os animais, tendo noção veterinária, mesmo nunca tendo entrado numa faculdade.

O despertar aconteceu em um pequeno bar no centro comercial, onde Scáthach foi contratado para cantar, sua voz é incrivelmente bela, sem muita definição de masculina ou feminina, o que causa uma confusão na cabeça de quem escuta, pensam literalmente que é uma garota por conta disso. Uma confusão foi formada por conta de uma mulher que não gostou do marido estar tão concentrado na cantora, um copo de bebida jogado na cara e uma agressão que generalizou o bar inteiro, todos ali brigavam enquanto o garoto saia sorrateiramente do banco quando foi atingido por uma garrafada na cabeça, não chegou a desmaiar, levou uma das mãos atrás da cabeça e sentiu uma quentura, vendo o seu sangue ficou assustado e com medo.

O seu despertar surgiu quando escutou um barulho de disparo, lembrando de sua infância e seu desprazer de ter um pai daqueles, vê-lo atingir pássaros com o rifle em mãos não é algo bom, não para ele.

Seu corpo tremeu... Na sua mente imagens de animais navegavam infinitas vezes, criaturas  e seres  insistiam em aparecer diante de seus olhos e sentia que poderia lhes chamar se fosse forte o suficiente. Retornou para o seu pequeno apartamento depois que fora medicado e enfaixado a cabeça.
Instigado com a dúvida se realmente poderia invocar algo, fixou isso na sua mente como uma postagem em uma rede social muito importante de se ler... A possibilidade de estar no meio de um grande conflito interno; ser útil na dungeon, descobertas recentemente  e aprimorar as habilidades, que, pode ou não serem reais, já que um desvaneio não é descartado ou continuar com a vida 'simples' que levava.

Força: 80
Inteligência: 190
Agilidade: 40
Sentidos: 40
Vitalidade: 50

Moradia: Mini Apartamento de 4m² no Centro de Seoul
Perícias/Maestrias:
Veterinária
Parkour
Canto
Atuação
Montaria

Link Roll: https://www.sololevelingrpg.com/t77p250-dados-de-despertar

2[Ficha] Scáthach Ulster Empty Re: [Ficha] Scáthach Ulster 27/9/2019, 18:13

Blindão

Blindão
Rank E
APROVADO

Aguarde o ADM implementar sua ficha e tenha um bom Jogo.

3[Ficha] Scáthach Ulster Empty Re: [Ficha] Scáthach Ulster 28/9/2019, 09:23

Reme

Reme
Rank B


_________________



[Ficha] Scáthach Ulster TBO2FBd

Conteúdo patrocinado


Ir para o topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos