Solo Leveling RPG: Os grandes caçadores surgem aqui!
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.
Solo Leveling RPG: Os grandes caçadores surgem aqui!


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

[Ficha] Aelynth Rembrandt

2 participantes

Ir para baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1[Ficha] Aelynth Rembrandt Empty [Ficha] Aelynth Rembrandt 26/9/2019, 05:20

Ryoma

Ryoma
Agente | KHA
Nome: Aelynth Rembrandt
Rank: C
Classe: Guerreira
Sub-Classe: Cavaleira
Gênero: Feminino
Idade: 18
Altura: 1,70
Peso: 50
Tipo Sanguíneo: AB
Localização: Sokcho - Coreia
Origem: Tallinn - Estônia

Imagem do Personagem:
[Ficha] Aelynth Rembrandt DgjonY8
Imagem da Classe:
[Ficha] Aelynth Rembrandt 6VepOC3

Aparência:
Aelynth é uma jovem de baixa estatura com um corpo esbelto e curvas definidas e simples que encaixavam perfeitamente para alguém da sua idade a tornando bem atraente. Seus longos e lisos cabelos brancos destacam bastante sua aparência, sendo deixados em um rabo de cavalo lateral do lado direito, combinando bem com os olhos azuis que fazem dela uma jovem linda por completo. Aelynth possui a pele pálida, sendo obra do pouco contato com o sol, mas sua maciez e suavidade ao toque fazem dela bem especial. O único defeito evidente em seu corpo e rosto é uma cicatriz vertical em sua face que passa pelo olho esquerdo. Normalmente se veste com roupas mais leves, procurando algo que permita a movimentação fluída, mas gosta de todo tipo de roupa e adora testar coisas novas na questão de estilo seja em dungeons ou não.
Personalidade:
Aelynth é uma garota tranquila, protetora e dedicada. Há sempre uma solidão e tristeza misturada em seu sorriso gentil, que é normalmente mostrado para mascarar estes sentimentos profundos e perturbados que guarda em seu coração. Gosta muito de trabalhar independente do que seja, conseguindo se focar muito quando está realizando algo, mantendo-se calma até em situações de risco para pensar com cautela sobre tudo que deveria fazer. Mesmo isso não a impede de mostrar o quanto ama seus amigos, os colocando como prioridade sempre. Aelynth prefere que os companheiros estejam bem ao invés dela, fazendo de tudo para os proteger ou agradar os gostos pessoais de cada um. Sua vontade de ajudar os outros ao invés de si mesma é aquilo que sempre a fortalece, pois daria sua vida para proteger quem ama e até mesmo mataria friamente para proteger ou agradar os mais próximos.
História:
A história da pequena caçadora começa em Tallinn, na Estônia, onde nasceu e cresceu em uma família de caçadores poderosos, sendo ensinada desde criança a lutar e desenvolver seu corpo para um dia assumir o posto de caçadora principal da família Reyrie. Desde o início de sua vida, Aelynth teve que se esforçar ao máximo para atingir as expectativas que seus pais colocavam nela. Seja simplesmente ir bem nos estudos ou em treinamentos, focando ao máximo sua mente naquilo que os parentes esperavam dela. Os irmãos dela seguiam o mesmo caminho e já até tinham despertado em caçadores grandiosos, sempre superando o rank B, sendo a mãe dela a caçadora de rank mais baixo existente em toda a história da família, alcançando apenas o C. Aelynth sempre escutou que a obrigação dela era ser melhor do que os irmãos, se tornar uma caçadora de Rank A que poderia guiar a família e assumir o posto de seu pai. Infelizmente essa pressão não a ajudou em nada, somente se forçando ao extremo para ficar forte, tendo de sobreviver a situações de risco que a fizeram se distanciar da maioria das pessoas. Perdendo amizades, ferindo pessoas que gostava e até mesmo vendo alguém que amava morrer na sua frente. Tudo isto se acumulou em uma tristeza profunda que desenvolveu esta frieza (Sangue-frio) quando colocada em situações complicadas, sendo guiada para se manter sempre calma mesmo após ver uma pessoa querida morrer.

O sucesso dos irmãos era a forma dela ver como deveria ser, mas isso era mais destino. Aelynth não tinha como saber com certeza se despertaria e se ele seria bom o bastante para agradar sua família. Por isso ela se forçou ainda mais, descobrindo um dom natural que parecia a diferenciar dos outros, um instinto que a fazia entender melhor certas situações diferentes das pessoas normais. Além disso, sua audição (Escutar) era superior em muitas formas, assemelhando-se quase com a de um animal, algo que ela parecia ter conseguido de sua mãe. Com muitos anos de prática desde a sua infância, Aelynth aprendeu com um de seus irmãos como ser furtiva, movendo-se sem fazer barulho e conseguindo esconder sua presença (Furtividade).

Seu estilo de lutar com espadas foi algo que precisou desenvolver desde o começo, aprendendo de sua mãe. É claro que a família não apoiava a decisão da garota, pois estava querendo aprender com alguém de nível tão baixo somente pelo parentesco. A realidade era que sua mãe se mostrou a única pessoa que realmente importava-se com os sentimentos e o estado da garota, pois sabia o quanto forçavam a criança somente para continuar conhecidos no país, mantendo a família relevante e poderosa. Todo o treinamento esforço colocado em tudo era exatamente para o dia de seu despertar, algo que marcou sua vida para sempre. Perdendo qualquer chance de orgulhar sua família, Aelynth despertou como uma guerreira de rank C, algo muito abaixo do que todos esperavam, sendo comparada a "fracassada" que era sua mãe. Todos acabaram culpando-a por isto ao ponto onde ela decidiu se afastar de tudo e todos. Abandonando a filha no meio daquela família horrorosa.

A pressão era extrema para se tornar realmente poderosa, fazendo-a querer morrer nos meses que se passaram. Foi nessa época que a garota simplesmente desistiu de tudo, abandonando até mesmo os estudos e se excluindo em sua casa, recusando tudo e todos por alguns anos. Foi somente assim que ela entendeu o motivo de tudo aquilo estar acontecendo. O problema nunca foi ela ou sua mãe, mas sim aquela família podre e sem nenhum amor pelos outros. Aelynth resolveu fazer o mesmo que sua mãe, livrar-se de tudo e assumir um nome diferente do que seu pai usava. Rembrandt era seu novo sobrenome, por significar "Decreto da Espada", deixando para trás tudo que envolvia sua família para que assim pudesse viver feliz fora dali. A Coreia era um bom lugar para recomeçar como caçadora, imaginando que lá seria aceita mesmo com dificuldades.

O recomeço foi na Coreia, viajando para lá om economias o bastante para sobreviver alguns anos. Aelynth se adaptou bem ao lugar, aprendendo a língua local enquanto morava em um hotel para caçadores. Ela não trabalhou na área por um bom tempo, querendo primeiro se estabelecer lá antes de realmente começar a estudar e focar nas dungeons e todo o resto. Sua nova vida estava para começar, tinha finalmente alcançado o conhecimento necessário sobre o país onde morava e também se esforçado muito para voltar a lutar. A garota estava pronta, lutar, viver, conseguir amigos e buscar a felicidade longe de todo o seu passado, era assim que ela esperava começar a verdadeira jornada na Coreia do Sul.

Força: 61
Inteligência: 26
Agilidade: 251
Sentidos: 31
Vitalidade: 31

Moradia: Um quarto simples no Continental de Sokcho.
Perícias/Maestrias: Sangue-frio, Instinto, Escutar e Furtividade | Armas Brancas(Espadas)

Link Roll: Sorte k k k

Reme

Reme
Rank B


_________________



[Ficha] Aelynth Rembrandt TBO2FBd

Ir para o topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos