LFBR

[DUNGEON - RANK C] - Goblins' Lair

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte


Descrição:
Era uma manhã calma em Seoul, o orvalho ainda descia das folhas das árvores e arbustos, por conta da chuva na noite do dia anterior. E nas calçadas molhadas da cidade, um grupo de jornalistas transmitiam um comunicado por meio de televisores, relatando o aparecimento de um portal Rank C em frente da N Seoul Tower. A Associação de Caçadores emite um chamado há alguns freelancers para que fechem o portal o mais rápido possível.

Local: Seoul, Coreia do Sul
Patrono: Associação de Caçadores
Rank/Patente: Rank C
Quantidade mínima de jogadores: 2
Quantidade máxima de jogadores: 5
Restrições: N/A

Narrador: Guilherme Oceani
Quadro de Narrador: Clique aqui!

Probabilidade de Portal Vermelho: 1%

Prazo de inscrição: Até 13/04/2021
Prazo pra postagem: 48h


Última edição por Guilherme Oceani em 7/4/2021, 21:46, editado 2 vez(es)
Guilherme Oceani
Guilherme Oceani
Créditos : 2
G$ 300
Localização : New York, EUA
Humor : Alegre

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Narrador

Havia saído pelas ruas para poder passear pelo centro, o ar fresco da manhã entrava por dentro da abertura do meu sobretudo e acertava meu peito nu, minhas calças eram simples, compridas, de tecido confortável, leve, de cor preta assim como as sandálias que faziam uma combinação bem incomum de roupas.

Eu sou essa figura… Trajes incomuns, tatuado, cabelo de comprimento médio sem um penteado coeso e ainda por cima magrelo, poucos olham para mim e imaginariam que eu pudesse matar monstros, mas ainda assim eu posso, porém não agora.

Entrava numa cafeteria, o cheiro dos grãos frescos moídos e cozidos invadia minhas narinas de forma aconchegante. Minha boca se enchia de água ao ver o líquido borbulhante numa cafeteira especial, nesse horário não haviam muitos clientes, então cheguei logo ao balcão onde pedi um café au lait e um sanduíche de peito de peru dos que estavam no balcão.

Me sentava numa mesa com o sanduíche e esperando o café, uma perna em cima do banco do outro lado da mesa e os olhos focados na leitura do poema sorteado no sumário para o dia.

“Nunca será livre… Uma ovelhinha indo pro açougue… O que você fará quando tiver sangue na água?... O preço de sua ganância… Seus filhos e filhas… Se você ouvir direito… Estão batendo na sua parte… Já tem sangue na água…”

Humm… Meio pesado um poema sobre escolhas perante perigo logo no início do meu dia, mas é uma boa filosofia.

Pensava até ouvir uma fala que me chamou atenção para a tv que estava ligada num programa de culinária.

-Interrompemos nossa programação para um informe urgente…

Jornalistas prosseguiram a falar sobre um novo portal aberto, acabou que meu café atrasou devido a garçonete também estar prestando atenção na notícia, isso fez meu café chegar já no final da notícia.

A garçonete colocava o café num copo plástico parecido com os de milk shake e pedia desculpas pelo atraso.

-Tudo bem minha cara, aqui está o pagamento, irei tomar ele no caminho.

Vendo que eu falava de sair enquanto olhava para a notícia de dungeon, a garçonete me dizia sorrindo que não era necessário sair, a dungeon da notícia estava longe. Aparentemente ela entendeu que eu queria pegar o café e sair dali por medo da dungeon, não é um pensamento incomum para uma pessoa comum ter, mas não era o meu.

-Exato, ele está longe, vai demorar para eu chegar lá… Então é melhor eu ir indo… Aqui o dinheiro…

Colocava o pagamento na mesa e saia com o café numa mão e o sanduíche na outra. Materializei uma mãozinha de terra com minha mana para segurar meu café enquanto eu puxava meu celular e chamava um motorista pelo aplicativo. Continuava a comer enquanto andava em direção ao ponto de encontro com o motorista, avistava ele pouco depois de comer e já adentrava o carro com cheiro de limão e cigarro, provavelmente algum produto cítrico para tirar o cheiro do cigarro do carro de um motorista fumante… Me incomodava o cheiro, mas não tinha tempo a perder, iniciei a “corrida” e fui até ao local do portal, paguei e desci do carro.

Caminhei alguns metros e adentrei a área do portal, apenas mostrava minha identificação de caçador a quem pedisse a mesma e fosse da associação, adentraria a área do portal e o admiraria um pouco enquanto esperava os caçadores se juntarem para fazer a invasão.
Deep Stats::


HP:1800
MP:10200
Status:N/A

Deep
Deep
Créditos : 0
G$ 5,300

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Narrador


_________________
[DUNGEON - RANK C] - Goblins' Lair M7ELFaF



POST

01


[DUNGEON - RANK C] - GOBLINS' LAIR
Capítulo 2




O CHAMADO


Hana havia chegado em Seoul à poucos dias, mal havia se estabelecido direito e ainda procurava um lugar mais fixo para morar, também não se acostumou a cidade muito bem ainda se sentindo meio perdida apesar de ter aproveitado seu tempo livre para explorar um pouco, principalmente a região do centro comercial, quem sabe arranjaria um otário rico para tirar proveito.

Ela também andava pela cidade com o máximo de cuidado e atenção, sabia que a Yakusa havia enviado homens atras dela pelo que pôde notar no avião pra cá, afinal eles não largariam o osso tão facilmente. Enquanto estava em uma loja de eletrônicos viu o jornal em um dos televisores, parece que um portal havia sido aberto a algumas quadras de onde estava, logo depois seu celular toca e a associação de caçadores local oferecendo o trabalho para caçadores freelancers.

- Parece que o ele estava certo sobre esse país, as oportunidades veem até você por aqui. – Diz a jovem em referência a um certo barman que conheceu no Japão e é meio que responsável por sua empreitada na Coreia.

Um leve sorriso surgi no rosto da bela Reaper, finalmente teria a oportunidade de trabalhar como uma legitima caçadora e ganhar um pouco de grana em cima disso, pelo seu medo de ser atacada pelos Yakusa a qualquer momento a jovem estava carregando sua adaga para se defender e cortar algumas gargantas, mas graças a esse portal que acabou de abrir ela terá um novo proposito.

Ao sair da loja ela chama por um taxi e indica ao motorista o local a ser levada, Seoul Tower, ao chegar caminha em direção aos agentes no local e mostra sua identificação como caçadora -Sou Hana Takeda. – Ela se apresenta de forma sorridente e carismática e assim que obtivesse a permissão entraria na área designada. La já nota a presença de outro caçador, alguém que assim como ela atendeu ao chamado da associação, ele era um sujeito de aparência bem estranha e creep, usava roupas totalmente pretas em especial um sobretudo que deixava seu peito a mostra, Hana rapidamente o ignora afinal não era lá o tipo de homem que lhe agradava.





------------


ADICIONAIS : --





CRÉDITOS Roevs
Tanaka
Tanaka
Créditos : 0
G$ 8.192

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Designer

ROLL DO PORTAL VERMELHO


Última edição por Guilherme Oceani em 11/4/2021, 21:49, editado 1 vez(es)
Guilherme Oceani
Guilherme Oceani
Créditos : 2
G$ 300
Localização : New York, EUA
Humor : Alegre

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Narrador


_________________
[DUNGEON - RANK C] - Goblins' Lair 3avYIX1
O membro 'Guilherme Oceani' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'Portal Vermelho' : 95
ADM.Roevs
ADM.Roevs
Créditos : 8
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Admin

Enquanto fazia um passeio pela manhã em um parque perto de minha casa acabei me deparando com uma moça e uma pequena criança que estava carregando o que parecia um pote de balas mas tinha uma que se destacava parecia ser uma bala branca e rosa parecendo um guarda chuva desenhado nela com isso acabou despertando a minha curiosidade. “Será que eles podem me falar onde compraram?” com uma extrema vontade de saber o gosto que tinha fui em direção deles para perguntar o local que eles compraram aquelas balas, depois de comprimentos fui direto ao assunto que era onde eles haviam comprados aquelas balas e com muita simpatia ela me falou o local, depois de agradecer os dois me virei para ir até lá e foi quando senti alguma coisa puxando a minha calça como se estivesse tentando me chamar, quando me virei vi que era a criança estendendo a mão com uma bala ficando impressionado com aquilo e abriria um grande sorriso no rosto enquanto pegava a bala, como forma de agradecimento fiz um carinho no cabelo da criança e depois continuava meu caminho.

Uma esquina antes da loja em que a moça indicou meu celular começou a tocar uma pouco surpreso por não receber tantas ligações ainda mais em uma hora como aquela, quando atendi o telefone era a associação de caçadores me chamando para uma Dungeon de Rank C que abriu na frente da Seoul Tower, sem pensar muito já aceitei o pedido “Tomara que quando eu voltar ainda tenha aquela bala”.

Iria até um ponto de ônibus mais perto para me dirigir até a Seoul Tower, chegando no local me apresentaria para os caçadores da associação e depois me posicionaria um pouco mais afastado dos outros caçadores para fazer um alongamento antes de entrar.


"" Pensamento
Teppei
Teppei
Créditos : 0
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Rank B


_________________
[DUNGEON - RANK C] - Goblins' Lair 03302112
Deep já descia daquele carro que fedia a nicotina abafada por um odor cítrico, indo em direção à área restrita aos caçadores, já apresentando sua identificação, assim podendo entrar no local. O jovem então se sentou em uma das cadeiras que haviam no recinto, já observando a presença de outro caçador, um Fighter com uma espada. O jovem então esperava os outros que se juntariam a ele, admirando o intenso brilho daquele vórtice azul-anil, sentindo a forte energia que ele emanava.

Enquanto isso, Hana já desembarcava do táxi e ia em direção a localização do portal, onde logo mostrava aos guardas sua identificação como Caçadora e chegava ao recinto, onde encontrava um jovem gótico e um espadachim silencioso.

Logo com todos ali, um oficial da ACC pedia para que todos se apresentassem, obrigando a todos uma partilha de informações. O espadachim logo se apresentava, como se quisesse acabar com aquilo logo, dizendo:

— Me chamo Seok Kwon. Sou alguém simples: vim somente pelo dinheiro, então só não me distraia.

Hana e Deep também se apresentavam, assim tendo conhecimentos sobre o básico de cada um, conseguindo ter uma leve aproximação para que possam trabalhar em simbiose.

Quando se aproximavam do portal, um jovem levando uma bala branca com rosa na mão chegava correndo de um ponto de ônibus a todo vapor. Vendo aquela estranha figura se aproximando, o guarda retomou sua posição e ordenou que os caçadores aguardassem.

Quando a figura chegou mais perto, pode se ver que era um jovem, que chegava alegando ser um Healer que viria para esse portal. Ele rapidamente sacava sua identificação como Caçador, assim podendo adentrar ao portal com o resto da equipe, se apresentando brevemente para os outros.

Enfim, ao entrarem no vórtice, a equipe percebe que o local parecia uma caverna, mas ao contrário das demais, haviam diversas lamparinas medievais pendentes ao teto e paredes da caverna, a ponto de parecerem estruturas próprias da caverna.

O mais surpreendente, além do tamanho da caverna, que chegava até aproximadamente  50m de largura, 75m de comprimento e 12m de altura, era uma espécie de "sociedade" de monstros, com várias criaturas verdes e pequenas trocando objetos entre si, mas parecendo que nem sequer sabiam o que estavam fazendo. O estranho é que muito estavam com tiaras de coelhinho feitas de madeiras mal esculpida em suas cabeças, outra com elas no braço, como um bracelete gigante, ou na barriga, como um cinto, algumas das criaturas segurando até... ovos de páscoa? Pelo cheiro definitivamente não eram chocolate, mas tinha o mesmo formato de um ovo de páscoa convencional, como se os monstros também celebrassem a páscoa.

Ao notar a presença dos caçadores, os goblins ignoraram a eles por alguns segundos, até que, finalmente seu único neurônio raciocinaria em atacar o grupo, como se quisessem saqueá-los, com um olhar e sorriso mesquinhos. Então, um monte de goblins com adagas afiadas bloqueava o único túnel a frente, que serviria como passagem. De repente, junto deles, aparecem vindo daquele túnel goblins com adagas montados em... coelhos gigantes? Definitivamente estavam fazendo uma festa de páscoa ali, mas isso não importava agora que o grupo teria que derrotar aquela horda inteira de inimigos para poder avançar até seus objetivos. (OFF: São 120 goblins.)

Mapa da Dungeon:
[DUNGEON - RANK C] - Goblins' Lair Sala_116

Imagem dos Goblins:
[DUNGEON - RANK C] - Goblins' Lair Goblin10

Seok Kwon:
[DUNGEON - RANK C] - Goblins' Lair Npc_110


Última edição por Guilherme Oceani em 23/4/2021, 15:40, editado 1 vez(es)
Guilherme Oceani
Guilherme Oceani
Créditos : 2
G$ 300
Localização : New York, EUA
Humor : Alegre

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Narrador


_________________
[DUNGEON - RANK C] - Goblins' Lair 3avYIX1
Enquanto nos apresentamos, fazia questão de falar meu nome claramente, afinal, no caso de ser morto em combate, gostaria de ser enterrado corretamente ao invés de talvez um nome do tipo “Dip Quaker”.

-Meu nome é Deep Quake, mago elementalista de terra de rank C, especializado em controle de grandes grupos de inimigos e batalhas longas… Hein Alguns de vocês recebeu ovos do Kaa-jhun? Foi dito que devíamos trocar eles para podermos comer eles em troca de talvez ficarmos mais fortes… Acho eu…

Estenderia meu ovo da caca show pro Teppei e indicaria com o dedo para ele dar o dele pra Hana, enquanto esperaria receber o dela, para então comer ele.

Uma vez que adentramos a dungeon, reparava que ela parecia ser algum tipo de sociedade bem primitiva e comemorando algo feito uma páscoa.

-Parece que os monstros também crucificaram algum messias pelo visto… Bem… Grande quantidade de inimigos… Peguem os que se aproximarem demais, me deixem limpar a maioria…

Daria alguns passos tirando a arma de cenoura ganha no evento de páscoa e a usando como uma bengala com a mão direita, andaria até uns oito metros a frente de aonde eu estava, então mini-tentáculos de pedra surgiriam do chão agarrando minhas pernas, ao mesmo tempo que minha mana vibrava ao meu redor sendo canalizada atrás do cenourão para o chão. Então trincos irromperiam no chão indo em direção aos goblins, eram os arautos de meus ataques.

Usaria meu Hexcraft:Crush para fazer um tentáculo surgir tão próximo dos goblins quanto possível e este estando comandado para girar ao seu redor golpeando em seu alcance, continuaria reutilizando o crush nesse tentáculo para fazer ele atacar tudo ao seu redor, enquanto houvessem goblins vivos no seu alcance.

Faria dardos de terra serem disparados de meu cenourão mirando o peito de todos os goblins que saíssem de perto do tentáculo já criado.

Se eu fosse atacado criaria um tentáculo entre eu e o ataque, comandando também o tentáculo a golpear o atacante em uma “estocada” para empurrar ele pra longe conforme o tentáculo se estica para fora da terra no ataque.


Deep
Deep
Créditos : 0
G$ 5,300

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Narrador


_________________
[DUNGEON - RANK C] - Goblins' Lair M7ELFaF



POST

02


[DUNGEON - RANK C] - GOBLINS' LAIR
Capítulo 2




CAÇA AOS...COELHOS???


Além do sujeito um pouco esquisito havia mais um espadachim no local, ele se apresenta em um tom arrogante que irrita um pouco Hana, mas ela não deixa transparecer. Estando lá de frente para a entrada da Dungeon a jovem sente um certo nervosismo, seu coração acelera e ela respira fundo para manter a compostura, é a primeira vez dela em uma dungeon e não sabe exatamente o que encontraria do outro lado, ninguém sabe na verdade, seu nervosismo só passa quando ela percebe um convidado de última hora que chegava no local correndo, agora o grupo eram de 4 caçadores, talvez fosse o suficiente para completar a caçada, Hana simplesmente acena para o novo caçador com a mão enquanto sorria.

Nesse meio tempo um dos caçadores, o esquisito gótico, parece disposto a trocar presentes, ovos de chocolate que Hana também havia recebido a um tempo atras então aceita trocar com os outros e depois come o presente.

- Meu nome é Hana Takeda, já devem perceber que sou japonesa, sou Reaper classe C, é um prazer participar dessa caçada com vocês, é a minha primeira vez então espero a cooperação de todos. – Diz a jovem com um sorriso simpático no rosto.

Prontamente todos começam a caminha em direção ao portal, a jovem respira fundo novamente e segue os outros, quando estava prestes a passar pelo vórtice segura sua respiração, ela não sabe exatamente porque fez isso, foi simplesmente uma reação instintiva. Depois que passa vem a hora de respirar fundo e então aquele fedor entra em suas narinas e ela começa a tossir compulsoriamente.

- Ohh Deus, que raios de lugar é esse? E esse cheiro horroroso? – Reclama a jovem apanhando o ar a frente do rosto com a mão.

A caverna era até espaçosa e daria para se movimentar muito bem, mas o que chama mesmo a atenção da Reaper é o comportamento doas criaturinhas verdes que estavam no local, eles estavam comemorando...A Páscoa???? O que diabos estava acontecendo ali se pergunta a Reaper, eles estavam até meio que fantasiados e segurando algo que parecia ovos de pascoa e imediatamente a jovem percebe de onde vinha o cheiro insuportável que sentiu.

Não demora muito até que eles finalmente notam a presença de Hana e seus companheiros e imediatamente tentam atacar o grupo, todos com adagas afiadas e sorrisos maliciosos na cara passando a bloquear o túnel impedindo o avanço do grupo, o carinha gótico estranho toma a frente da situação e passa a ditar a estratégia, ele parece confiante que consegue dar conta da maioria dos monstros deixando os outros somente com os desgarrados que se aproximavam, como é a primeira vez de Hana em uma caçada ela não questiona afinal ele deve ser mais experiente e sabe o que está fazendo, não era hora para atitudes arrogantes, pelo menos não até ela entender tudo a respeito desse assunto.

Ela então saca sua adaga e passa a se movimentar em volta do Mago usando toda sua velocidade e agilidade, procura tomar cuidado com os tentáculos de terra que o mago fazia para atacar os goblins enquanto usava de seus movimentos furtivos e velocidade para atacar aqueles desgarrados e os que vinham contra ela, procura acertar seus golpes em pontos mais críticos como pescoço e coração e usando seus sentidos para ficar atenta a ataques que vinham contra ela para assim poder esquivar.

Seus alvos prioritários eram aqueles mais distraídos ou que estariam focados em atacar outro companheiro e assim potencializar seus ataques, inimigos desprevenidos são um alvo fácil para a jovem. Ela corre passando pelo alvo e gira para aproveitar quando ele a buscasse com os olhos e no movimento de giro tenta cravar sua adaga na parte de trás do pescoço ou nas costelas dos Goblins mirando atingir o coração com esse golpe traiçoeiro pelas costas.



------------




ADICIONAIS :

Pericias
• Lábia
• Sedução
• Furtividade
• Armas brancas leves







CRÉDITOS Roevs
Tanaka
Tanaka
Créditos : 0
G$ 8.192

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Designer

Chegando ali com uma certa pressa depois de mostrar a identificação para o responsável pelo local me apresentava enquanto observava os outros.

“Esse pessoal parece interessante, bem diferente do pessoal da dungeon passada”

Me aproximando um pouco mais do grupo falaria enquanto olhava para eles enquanto me curvava para cumprimentar todos ali.

-- Sou Teppei Kiyooshi um Healer rank B, não me importo de seguir ordens para tentar manter um ambiente mais "confortável" onde se sintam seguros.

Falaria isso tentando passar uma confiança para o grupo para manter eles confortáveis apesar de estar entrando em uma dungeon. Quando ouvisse Deep Quake falando sobre os ovos do Kaa-Jhun prestaria um pouco mais de atenção curiosa sobre oque iria propor, depois dele completar a frase responderia.  

--Sim eu recebi um também!.

Estenderia a mão para aceitar o ovo que ele havia me dado e pegando o outro em minha bolça para dar ele para Hana,  fazendo uma expressão curiosa enquanto olhava para o ovo tentando imaginar o gosto parecendo até estar admirando ele e depois de alguns segundos comeria.

Entrando no portal via aqueles seres esverdeados e ainda por cima estavam com um tipo de fantasia um pouco primitiva e ainda tinha aquelas  lamparinas medievais chegando a ficar surpreso com aquilo.

“Parece que eles comemoram a páscoa também chega até ser engraçado mas não é hora para isso”

Quando aquele grande grupo no único túnel estava vindo para cima da gente ouvia as palavras de Deep e logo me posicionando atrás do grupo para auxiliar eles no combate.

Caso algum dos monstros se aproximasse de mim iria desferir chutes laterais neles visando mandá-los para longe e sempre evitando os tentáculos de Deep, tentando ficar no centro do grupo continuaria com os mesmo movimentos para ajudar caso algum deles precisasse de ajuda para afastar alguns dos monstros.

Se por acaso alguém sofre qualquer tipo de ferimento tentaria me aproximar e afastar os monstro perto para que com um toque realizar uma cura no companheiro ou companheira e depois tentaria voltar para o centro do grupo.    

-- Fala
"" Pensamento


Skill de cura usada (Habilidade do Healer):

Healers podem gastar o valor de 1% de sua mana máxima para, ao toque, efetuar uma pequena cura de INT / 4.

Passiva:

Nome: Escudo Divino
Descrição: Sempre que cura uma criatura que não seja a si mesmo, o healer ganha para si um escudo de mana que o protege.
Condição: Curar alguém que não a si mesmo.
Bônus: Um escudo de mana que defende um único ataque, absorvendo o dano no valor equivalente à sua cura.
Teppei
Teppei
Créditos : 0
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Rank B


_________________
[DUNGEON - RANK C] - Goblins' Lair 03302112

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ir para o topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos
Layout desenvolvido por Roevs, Remenuf e Mizzu
SOLO LEVELING RPG (2018 - 2020)