LFBR

Hei Sun-Woong

16/3/2021, 15:01

 

Hei Sun-Woong
Masculino
16
1,82m
68 Kg
Seul - Coréia do Sul
Seul - Coréia do Sul

Tank
D
100
50
50
24
100

75/75
0


• Arte Marcial (Muay Thai)
• Intimidação
• Sobrevivência
• Rastreio
• Etiqueta


300
Reside em um apartamento de luxo em uma área menos movimentada de Daechi-Dong, todas as despesas comumente pagas pela família Sun-Woong. Fica potencialmente sozinho, com exceção de visitas familiares, ou situações onde é conveniente para a irmã mais nova dormir alguns dias no apartamento.
------------------------------
É alto o bastante para ser considerado acima da média, mas seus 182 centímetros são distribuídos em um corpo de postura firme, porém esguia. Os cabelos são de fios selvagens e azuis-claro, tom parecido com seus olhos azuis; a expressão de tédio ou sono é bastante comum, dando a impressão de pouca atençâo aos arredores. A pele pálida parece desafiar a própria possibilidade de ter algum bronzeado, mesmo sob sol forte, e os lábios finos geralmente têm expressões condizentes às dos olhos.

Apesar de sua silhueta esguia, possui um corpo equilibrado, denso. Os dedos são firmes e os nós das mãos mostram constante treinamento físico em sua arte marcial de preferência. Os cotovelos e joelhos são calejados, tanto quanto suas canelas. Sua preferência preguiçosa por qualquer falta de esforço desnecessário se faz irônica na maneira com que anda ou se porta, resultados de ter sido treinado em etiqueta por uma família de bastante status.

Suas vestes irão variar com sua própria paciência e humor. Desde ter seus cabelos amarrados, até roupas mais largas. Ou simplesmente optando pelo uniforme de maneira organizada em seu corpo, ainda que um tanto relaxado demais.

-----------------------------------
Pode-se descrever o garoto como insano. Não é desequilibrado, e não possui quebras de código de conduta que o colocariam em como risco para a sociedade. Talvez, o ponto que o descreva melhor seja simplesmente ser excêntrico demais. Seus gostos são estranhos, desde misturas estranhas em comida, até ter as ideias mais mirabolantes sobre como alcançar seus objetivos. Será constantemente encontrado fazendo algo aleatório, por motivos ainda mais obscuros, mesmo que suas feições sejam perfeitamente calmas e equilibradas. Não é incomum encontrá-lo experiemntando sorvete de creme, com ketchup.

Sempre foi o tipo de garoto que agiu pelo que achava correto. Nunca pregou seus valores como ideais que devessem ser seguidos por toda a sociedade ao redor, mas tem códigos fortes; como estudante, sempre fora relaxado o bastante para cochilar em algumas aulas, mas conhecido como aquele que "caçava bullies", pela maneira explosiva e ilegível que parecia agir.

Educado por uma família tradicionalista, não foi exatamente ditado como uma ovelha negra, por mais que fosse difícil de se controlar. Ainda conseguindo boas notas e demonstrando um bom intelecto para julgamento de situações, seu pai viu potencial futuro para com a empresa da família, dando-lhe liberdade o bastante para ser aleatório como era.

-----------------------------
Sua família nunca foi parte direta dos esforços vistos em todos os envolvidos contra aqueles monstros e aparições. Pelo contrário, sempre estivera em outros lados da sociedade, lidando com as partes mais estáveis dos negócios. Os Sun-Woong sempre foram vinculados com empresas de exploração, mineração, e investimentos no setor de esportes. Park Sun-Woong, o pai de Hei, orgulhosamente sendo a fronte da parte de exploração e minérios.

Não obstante, desde novo, o garoto teve seu berço de ouro. Tendo uma irmã mais velha, e uma irmã mais nova, sua experiência como filho do meio foi a de liberdade para crescer com sua própria personalidade, fosse pela curiosidade natural de simplesmente tentar as coisas mais malucas, ou pela velocidade com que parecia aprender. Os pais sabiam que ele seria excêntrico desde novo, do tipo que preferia inventar seus próprios brinquedos ou se aventurar, ao invés de aproveitar presentes caros. Sempre fora um tanto quanto simples, para alguém filho de uma família rica, ainda que não desgostasse das regalias. Teve facilmente contato com os materiais de geologia, vídeos de esportes radicais em natureza, e equipamentos de Park Sun-Woong, mostrando certa paixão pelas áreas de sobrevivência natural, esportes e geologia.

Talvez a parte mais turbulenta de sua infância fora sua pretenção de entrar em brigas que não eram problema seu. Não exatamente por uma bondade idealista ou por ser bonzinho demais, mas simplesmente porque lhe parecia certo e divertido que fosse aquele a lutar contra os mais malvados e grandões, defendendo alguém mais fraco simplesmente por pensar que, de todas as brigas que poderia conseguir, seria mais justo que fosse exatamente nas mais difíceis. Essa foi a razão principal para que seus pais lhe oferecessem lições de Muay Thai, considerando que um bom professor de tal arte marcial lhe ofereceria um maior equilíbrio mental.

O mundo dos Caçadores e das Guildas foi novo para si, considerando que não havia experiência óbvia em ninguém de seu círculo. Pensou que teria apenas que lidar com as próprias limitações de um humano comum. Seu Despertar foi um choque tanto para a sua família, quanto para si mesmo. Mas sabiam que conter o garoto era difícil, mesmo antes de obter tais capacidades. Mesmo que estivesse ciente de seu Rank baixo, não fora o bastante para impedir seu senso de oportunidade, aventura, e dever. Talvez não fosse ele, aquele a salvar o mundo, ou fazer com que a visão de todos mudasse do dia para a noite.

Tinha seu pequeno, mas importante círculo. Sendo visto sempre como o garoto largado, relaxado e aleatório da sala de aula, acabou por flutuar ao redor de outras três figuras que iriam acabar por compor um grupo inesperado, como todas as boas histórias começavam. Irritar Kwang Kim-Li para arrancar-lhe reações de drama ou energia que faltava ao garoto. Rir das reações das pessoas com a honestidade bruta de Kim Soo-Yun e do quão ela parecia mais esperta para aquele mundo de Caçadores e monstros. E a tranquilidade oposta à sua própria em Byun Min-seok, que apesar dos ares inicialmente intimidadores, tinha a cabeça mais centrada do que a maioria dos outros garotos ao redor. Todos os três com qualidades que compensavam a loucura e as falhas dele próprio, mas por quem estava disposto a arriscar-se.





Nenhuma
Freelancer
0
0
0
Desconhecido
0









Smarthphone

Descrição: Celular básico de númeo xxxx-xxxx com acesso à plano de internet e ligação ilimitada por 9,99 nos primeiros 3 meses.




- Double Class (Healer)

Recebe a passiva “Escudo Divino”, não pode ser usado duas vezes ao mesmo tempo.



ADM.Kekzy
ADM.Kekzy
Créditos : 6

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Admin


_________________
Hei Sun-Woong Chibis-naga-final2-Copia

Trinity

Hei Sun-Woong Akira_11

"Talento, Honra e Lealdade"

Ir para o topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos
Layout desenvolvido por Roevs, Remenuf e Mizzu
SOLO LEVELING RPG (2018 - 2020)